Bom dia!!

 

CBOT inicia a semana com boas altas, recuperando parte das percas na véspera, comerciantes continuam especulando a demanda asiática crescente e os baixos estoques mundiais de commodities, observando os fundamentos básicos, como andamento da colheita, rendimento das lavouras e chuvas para o desenvolvimento do milho safrinha.
Traders começam a especular números para o WASDE da próxima semana.

O relatório dos fundos de investimento na CBOT aponta que os comerciantes, elevaram suas apostas na alta dos preços de soja na semana encerrada na última terça-feira (23).
De acordo com dados da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC), a posição líquida comprada aumentou 6,87% no período, de 149.633 para 159.915 lotes.
O saldo comprado em milho diminuiu 1% na semana encerrada na terça-feira, de 348.491 para 345.060 lotes, segundo números da CFTC. No período, fundos elevaram em 32,96% as apostas na alta dos preços de trigo. A posição líquida comprada passou de 15.389 para 20.461 lotes.

Bolsas trabalham em alta nos principais indicies mundiais, títulos do tesouro dos EUA (10 e 30 anos) perdendo rendimento, investidores voltar a tomar risco em bolsas.
Pacote de ajuda fiscal de US$1,9 trilhão passou pela Câmara dos deputados, deve seguir agora para discussão no Senado Americano.
Ritmo de vacinação acelerado nos EUA.

Bolsas Asiáticas fecharam em alta, mesmo após PMI´s abaixo do esperado, mas ainda acima de 50 pontos, o que indica aquecimento das economias.

BR, foco está na importante votação da PEC emergencial, que deve ser apreciada esta semana, investidores devem acompanhar notícias sobre empresas estatais, após o BB NÃO ter confirmado a saída de Brandão da presidência do Banco do Brasil.

Bolsonaro e Paulo Guedes receberam os presidentes da Câmara e do Senado ontem para reunião. Os temas foram vacina, coronavoucher, PEC emergencial, emprego, desestatização de empresas e pandemia.

Destaques da agenda brasileira, PMI manufatura, dados da balança comercial e PIB na próxima quarta-feira.

Boletim Focus nos trouxe a pouco:
Brasil, 2021/2022
PIB: +3,29%/+2,50%
Inflação: +3,87%/+3,50%
Selic: 4,00%/5,00%
Dólar: R$ 5,10/R$ 5,03

Bom mês de março a todos.

 

Compartilhe nas redes sociais

Os comentários estão fechados.