Bom dia!

 

CBOT trabalha em recuperação corretiva neste início de sexta-feira, encerrando a aversão ao risco observada nos dias anteriores.
Petróleo, minério de ferro, e novos rumores de reabertura/flexibilização das regras de covid zero na China, dão o tom positivo para todo o mercado.

Agentes de mercado acompanham o cenário fundamental, como a proximidade da finalização da colheita norte americana, avanço do plantio, condições de desenvolvimento das lavouras na américa do sul.
Destaque negativo para a Argentina que enfrenta grande estres hídrico atrasando o plantio na parte central do país.

A UbraBio, em nota à imprensa, pede previsibilidade ao novo governo e cobra a retomada do aumento da mistura de biodiesel ao diesel fóssil, hoje travada em 10% desde NOV/21, pedem a retomada do cronograma de aumentos com previsão de chegar a 20% em 2028, citando a capacidade ociosa das usinas em torno de 50%.

Mercado começa a voltar as atenções para o WASDE da próxima quarta-feira.

Principais bolsas mundiais trabalham com tom positivo após agentes de mercado digerirem as altas de juros do FED e do BOE, destaque de hoje fica com os dados do Payroll, as 9h30, dados do mercado de trabalho dos EUA, investidores buscarão mais piscas dos próximos passos do FED para com o ritmo de aperto monetário na terra do tio Sam.

A euforia nas bolsas vem também em meio a novos rumores de reabertura/flexibilização da política de covid zero na China, ações de tecnologia e de consumo puxaram o índice Hang Seng.

Petróleo 3,5%;
Minério de ferro 5%;
DXY -0,53%;

No BR com agenda econômica vazia, investidores monitoram a transição de governo atentos aos riscos fiscais envolvidos para cumprir promessas de campanha, fala-se em mudar a regra do teto de gastos via PEC.
O destaque fica com a temporada de balanços.

Boa sexta-feira, bons negócios!

Compartilhe nas redes sociais

Os comentários estão fechados.