Bom dia!

 

CBOT trabalha majoritariamente em baixa neste início de sexta-feira.

As melhores condições climáticas para o avanço do plantio da nova safra norte americana somada a pressão da safra recorde brasileira corroboram para a realização de lucros por parte dos fundos especuladores e mercado.

Nova redução da safra da Argentina foi contrabalançada pela ausência de compras chinesas.

CONAB atualizou números e elevou sua estimativa de produção de soja para 153,6mi tons e de milho para 124,9 mi tons ambos em níveis recordes.

Principais bolsas mundiais trabalham mistas, a especulação sobre os próximos passos do FOMC e do BCE acerca da política monetária para tentar frear a inflação, dados recentes apontam o enfraquecimento da alta de preços.

Temporada de divulgação de resultados do Q1/23 começam hoje com os grandes bancos americanos. Investidores atentos para saber o impacto da crise bancaria nos resultados.

Petróleo estável;
Minério de ferro -0,8%;
DXY estável;

No BR todos atentos aos comunicados vindos de Pequim com a visita da comitiva presidencial brasileira, devem ser assinados cerca de 20 acordos de colaboração entre as duas economias que preveem captação de recursos para obras, cooperações em segurança alimentar, exploração espacial, saúde, e claro do agronegócio.

Comentários do presidente eleito acerca do comercio direto entre as economias, sem usar dólar, trouxeram calafrios as autoridades americanas.

Nesta manhã teremos declaração a imprensa da comitiva presidencial, diretamente de Pequim, mercado acompanha de perto.

A LDO/24 que estabelece metas e prioridades do governo levando em conta o novo arcabouço fiscal segue para o congresso para avaliação parlamentar.

Boa sexta-feira, bons negócios!

Compartilhe nas redes sociais

Os comentários estão fechados.