Bom dia!

 

A soja e o milho se recuperaram em Chicago, principalmente devido a uma nova revisão para baixo pela Bolsa de Grãos de Buenos Aires da produção Argentina de soja e milho para 25 Mt e 36 Mt, respectivamente com a persistência da seca.

– As discussões continuam sobre a extensão do corredor de exportação ucraniano. A Rússia ainda quer uma extensão de 60 dias, enquanto a Ucrânia, as Nações Unidas e a Turquia querem uma extensão de 120 dias.

– Foco no acordo do corredor de exportação de grãos do Mar Negro.

– Entrada da safra brasileira no mercado de exportação. Segundo Anec, o Brasil deve embarcar 14,893 mi tons de soja neste mês, ante 12,163 mi tons em março do ano passado.
A ausência de vendas avulsas de soja norte-americana para a China também pesou sobre os contratos.

– Incerteza sobre o crescimento econômico mundial e a atual crise bancária. O petróleo caiu antes de subir ligeiramente em torno de US$69/barril esta manhã em Nova York.

– Neste ambiente turbulento, o BCE elevou ontem as suas taxas de referência em 50 pontos. Na próxima semana, será a vez do Fed/Copom decidirem sobre a política monetária na super quarta-feira.

– O Conselho Internacional de Grãos prevê uma recuperação na produção de milho dos EUA na safra de 2023 para 377,7mt de 348,8mt no ano passado.

– O governo indonésio aprovou uma variedade de trigo transgênico para consumo humano projetado para resistir melhor à seca.

– A demanda chinesa por soja e milho continua forte, já que o governo chinês busca aumentar suas reservas.

– O IBGE divulga, às 9h, a PNAD Contínua referente a janeiro.

– As expectativas seguem voltadas para o detalhamento da nova regra fiscal, o arcabouço fiscal de Haddad será apresentado ao atual presidente da republica hoje.

– STF suspende parte da Lei das Estatais, criada no governo Temer, que proibia a indicação de pessoas ligadas ao governo para diretorias de empresas públicas.
Olho no lance povo, só estamos com 3 meses do atual governo.

Boa sexta-feira, bons negócios!

Compartilhe nas redes sociais

Os comentários estão fechados.