Bom dia!

 

CBOT opera com fortes quedas nesta manhã de segunda-feira.
O petróleo em parte é o grande responsável pelas baixas, devido ao anuncio de novos lockdowns em partes da China e há o temor de que a demanda caia.

Na sexta-feira, os fundos foram compradores líquidos de 5.000 contratos de soja, 3.000 de milho, 1.000 de farelo de soja, 1.000 de óleo de soja e 9.000 de trigo.
Estima-se que estejam comprados em 181.000 contratos de soja, 391.000 de milho, 115.000 de farelo de soja e 82.000 de óleo de soja.

O posicionamento de final de mês e trimestre, bem como o relatório do USDA da próxima quinta-feira, serão fundamentais para os preços das commodities nesta semana.
Outros fatores como clima, insumos para os próximos plantios e sinais de demanda futura são monitorados pelo mercado.

Planícies dos EUA estão recebendo bons volumes de chuva, contribuindo para cultivo do trigo, relatórios sugerem que a Rússia estaria conseguindo realizar exportações de trigo, Índia e Austrália também estariam compensando a ausência a Ucrânia no mercado.

Destaque da agenda:
12h Dados da exportação semanal dos EUA;

Principais bolsas mundiais operam mistas neste início de segunda-feira, com um possível acordo a vista entre Rússia e Ucrânia.
Investidores monitoram as falas independentes dos dirigentes do FED durante a semana em buscas de novas pistas sobre o ciclo de altas de juros para combater a inflação nos EUA.
Mercado monitoram também durante a semana a divulgação dos PMI´s de importantes setores da economia que são um sinal claro se o mercado está aquecendo, parado ou ainda esfriando, no radar também dados do emprego.

Analistas chamam a atenção do mercado para a inversão da curva de rendimento do tesouro dos EUA de 5 e 30 anos, pela primeira vez desde 2006, e alertam para uma possível recessão na economia do Tio Sam.

Volatilidade extra garantida essa semana com a chegada do final do mês e do trimestre com o re-balanceamento das carteiras dos gestores de fundos.

Petróleo queda de 4%;
Minério de ferro alta de 4,5%;
DXY alta de 0,30%;

No BR destaque para a reta final de divulgação de resultados das grandes empresas.
Bastidores políticos com as eleições começam a ganhar destaque na mídia.

Boa semana, bons negócios.

Compartilhe nas redes sociais

Os comentários estão fechados.