Bom dia!

 

CBOT trabalha com leves baixas no aguardo dos relatórios de hoje.

Analistas esperam ver estoques mais baixos e a maior atenção está na área de plantio.
O posicionamento dos fundos especuladores de mercado impulsionou as cotações nas últimas sessões e tem sido a principal fonte de pressão sobre os futuros.

Lembre-se, na próxima segunda-feira não haverá CBOT devido ao feriado de 04 de julho nos EUA, mercado pode levar em conta e já buscar um posicionamento.

Destaques da agenda:
9h30 exportações semanais de grãos dos EUA;
13h estoques trimestrais e relatório de área plantada dos EUA;

Principais bolsas mundiais operam em baixa, dia promete ser de grande volatilidade, com o fechamento do mês, do trimestre e do semestre.
Investidores aguardam dados do índice de gastos com consumo americano, base maio, que servem de base para tomada de decisão do FED na taxa de juros, pedidos de seguro desemprego e o PMI.
O temor com a recessão global segue, bancos centrais ao redor do globo precisarão tomar medidas mais agressivas para conter a escalada da inflação, somada a aversão ao risco com o conflito no leste europeu que pode continuar se estendendo com a adesão da Finlândia e Suécia a OTAN, uma vez que a Rússia teme a instalação de equipamentos militares em suas fronteiras.

Mercado monitora a reunião da OPEP+ e a cúpula da OTAN.

O PMI industrial da China para junho ficou em 50,2, ligeiramente abaixo dos 50,5 esperados pelo mercado.

Petróleo -1%;
Minério de ferro 2,2%
DXY 0,40%;

No BR, destaque fica com a possível votação da PEC das bondades (e seu impacto fiscal nas contas públicas), divulgação do relatório trimestral de inflação pelo Banco Central e a taxa de desemprego, PNAD continua que será divulgada pelo IBGE.
Volatilidade no dólar garantida com o fechamento da PTAX do mês.

Boa quinta-feira, bons negócios.

Compartilhe nas redes sociais

Os comentários estão fechados.