Boa tarde, a Bolsa de Chicago opera em alta nos principais ativos com foco no clima dos EUA, que prevê tempo quente e seco nos próximos dias nas Dakotas e Minnesota.


A colheita de milho 2a safra 2019/20 no Paraná atingiu 3%, atrasado em relação aos anos anteriores, segundo a SEAB/Deral. As condições das lavouras tiveram leve piora durante a última semana, com as lavouras em boas condições caindo de 12% para 11% e as lavouras ruins subindo de 42% para 44%. A maturação atinge 47% das lavouras, contra 71% do mesmo período do ano passado.


O plantio de trigo 2019/20 no Paraná está praticamente finalizado, com 99,50% semeado. As lavouras seguem com 95% em boas condições e 5% em condições ruins.


A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 2,013 bilhões e corrente de comércio de US$ 9,139 bilhões na 2ª semana de Julho de 2021, resultado de exportações no valor de US$ 5,576 bilhões e importações de US$ 3,563 bilhões. No mês, as exportações somam US$ 8,269 bilhões e as importações, US$ 5,25 bilhões, com saldo positivo de US$ 3,018 bilhões e corrente de comércio de US$ 13,519 bilhões. No ano, as exportações totalizam US$ 144,156 bilhões e as importações, US$ 104,407 bilhões, com saldo positivo de US$ 39,75 bilhões e corrente de comércio de US$ 248,563 bilhões.


As exportações brasileiras de soja somam 2,73 milhões de toneladas em julho, até a segunda semana, contra 9,96 milhões de todo o mês de julho de 2020. A média diária de exportações está em 390 mil toneladas, contra 433 mil do mesmo período do ano passado. As exportações de milho somam 154 mil toneladas, contra 3,98 milhões de todo o mês de julho de 2020. A média diária de exportações está em 22 mil toneladas, contra 173 mil do ano anterior.


O número de mortos em todo o mundo causados pelo novo coronavírus (Covid-19) subiu para 4.052.742 hoje, de 4.043.774 até ontem, com 188.028.448 casos confirmados. Desde ontem são mais de 500.000 novos casos confirmados. Em todo o mundo já foram administradas 3.485.705.757 de vacinas contra a Covid-19, contra 3.481.828.573 do dia anterior.


No Brasil, o número de casos de COVID-19 subiu para 19.151.993 hoje, de 19.106.971 até ontem, segundo o consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde. O número de mortos chegou a 535.838, de 534.233 até ontem. O número de pacientes recuperados somam 17.770.617, de 17.666.654 do dia anterior.


O dólar opera em baixa frente a outras moedas. Após a forte alta da inflação nos EUA aumentar as especulações de que o Federal Reserve reduzirá seus estímulos e elevará os juros mais cedo do esperado, o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, disse hoje que a economia precisa melhorar mais antes que o banco central mude sua política monetária, mas que os dirigentes do Fed pelo menos estão falando em reduzir o ritmo de compras de ativos. Powell disse que a referência do Fed de “progresso adicional substancial” em direção ao pleno emprego e preços estáveis permanece “um pouco distante”.


A inflação ao produtor dos EUA medido pelo índice de preços ao produtor (PPI) subiu 1% em junho ante maio, após alta de 0,8% em maio, segundo o Departamento de Estatísticas Trabalhistas (BLS). Em uma base não ajustada, o índice de demanda final subiu 7,3% para os 12 meses encerrados em junho, o maior avanço desde que os dados de 12 meses foram calculados pela primeira vez, em novembro de 2010. Os preços da demanda final menos alimentos, energia e serviços comerciais aumentaram 0,5% em junho, após um aumento de 0,7% em maio. Para os 12 meses encerrados em junho, o índice de demanda final menos alimentos, energia e serviços comerciais subiu 5,5%, o maior avanço desde que os dados de 12 meses foram calculados pela primeira vez, em agosto de 2014.


No Brasil o dólar recua abaixo dos R$5,10. Ontem a moeda fechou praticamente estável, com alta de 0,09%, a R$ 5,1799. O Banco Central realizou hoje leilão de 15 mil contratos de swap cambial tradicional para rolagem de contratos com vencimento em janeiro e maio de 2022. Na reforma tributária, o relator do projeto de reforma do Imposto de Renda, deputado Celso Sabino (PSDB-PA), entregou ontem o relatório da reforma ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL). Entre as mudanças da proposta, para as empresas com lucro de até R$ 20 mil, a alíquota cairá de 15% para 5% em 2022, e de 5% para 2,5% no ano seguinte. Já as empresas que lucram acima desse valor, o corte será de 25% para 15% em 2022, e de 15% para 12,5% em 2023. O relator informou que 1,1 milhão de empresas serão beneficiadas, com redução de R$ 30 bilhões na carga tributária do Imposto de Renda. O relator manteve a proposta original do governo em taxar 20% dos dividendos e o fim da dedução dos Juros sobre Capital Próprio (JCP).


O Índice de Atividade Econômica (IBC-Br) do Banco Central, considerado uma prévia do PIB oficial, recuou 0,43% em maio, após alta de 0,85% em abril. O resultado contrariou a expectativa do mercado, que previa alta de 1,05%. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, o Índice de Atividade Econômica teve crescimento de 14,21% em maio. No acumulado dos cinco primeiros meses deste ano, o índice registra alta de 6,60%, e em 12 meses alta de 1,07%, dados sem ajuste sazonal.


As bolsas globais operam majoritariamente em baixa.


No Brasil o Ibovespa sobe com reforma tributária no radar.


Os futuros do petróleo recuam após a Reuters informar que a Arábia Saudita e os Emirados Árabes Unidos chegaram a um acordo que deve desbloquear um acordo OPEP+ para aumentar o fornecimento global de petróleo. O ministério de energia dos Emirados Árabes Unidos disse em um comunicado que nenhum acordo com a OPEP+ em sua linha de base foi alcançado e as deliberações continuam.


No Brasil, uma frente fria avança pelo Sul, com possibilidade de geadas nos próximos dias.

Previsão de Precipitação Brasil, 24 horas, em milímetros.



Na Argentina, tempo chuvoso na porção leste do país nos próximos dias.

Previsão de Precipitação Argentina, 7 dias, em milímetros.

Nos EUA, tempo chuvoso em parte do Meio-Oeste amanhã.

Previsão de Precipitação EUA, 24 horas, em polegadas.



Prêmios *referente ao dia anterior

Paranaguá

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

75

85

Ago

85

95

Set

125

140

Fev 22

10

20

FARELO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

80

85

ÓLEO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

130

140

Golfo do México – EUA

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

75

80

Ago

75

80

Set

97

105

MILHO

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

150

160

Ago

110

115

Set

64

70

Rússia quer instalar usina nuclear no planeta Marte

Por Eduardo Sorrentino, editado por Elias Silva, Olhar Digital


Engenheiros da Arsernal Design Bureau, especializada no desenvolvimento de naves espaciais e subsidiária da agência espacial russa Roscosmos, apontaram que vai ser possível levar uma usina nuclear para Marte para construir uma futura base da Rússia no planeta.

De acordo com um relatório publicado na agência de notícias russa Sputnik, os engenheiros afirmaram que a usina nuclear pode levada até Marte por meio do rebocador espacial interplanetário Zeus.

O Zeus foi projetado para distribuir cargas em todo o sistema solar e é movido por um sistema de propulsão elétrica movido a energia nuclear. Inclusive, a Roscosmos, afirmou que o rebocador pode até visitar outros planetas, como Vênus, para buscar vida alienígena.

Além disso também poderá ser utilizado como um componente da rede de defesa aérea da Rússia, detectando os alvos em órbita e transmitindo a informação para sistemas de mísseis na Terra.

Apesar das grandes possibilidades proporcionadas pelo rebocador, Zeus ainda está em desenvolvimento, e segundo a agência espacial russa, os testes devem começar só em 2030. O valor do design experimental do projeto está estimado em 56 milhões e meio de dólares, cerca de 306 milhões de reais.

Por enquanto, o rebocador espacial e a usina nuclear em Marte fazem parte apenas das ambições da Rússia, assim como as missões lunares tripuladas e a construção da estação espacial russa.


TRADINCOM CONSULTORIA EM NEGÓCIOS AGROPECUÁRIOS LTDA.®

+55 (41) 3434-5757

Al Dr Carlos de Carvalho, Wall Street Center, 771, Curitiba PR – Brasil, CEP 80.430-180.

www.tradincom.com

Esse é apenas um resumo de várias informações que recebemos, oferecemos oportunidades estratégicas particulares a cada necessidade de empresas ou operadores de mercado. Fiquem à vontade para requisitar opiniões estratégicas em posições ou mesmo sobre o processo de abertura de contas em Chicago.

Negociar futuros e opções envolve riscos substanciais e não é adequado para todos os investidores. O desempenho passado não é indicativo de resultados futuros. A Tradincom não distribui relatórios de pesquisa, empregam analistas, ou mantêm um departamento de pesquisa, tal como definido no Regulamento da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) 1.71, e portanto, este material não deve ser interpretado como uma solicitação para entrar em uma transação de derivativos.

Esse material é somente como base de informações e deve ser considerado como um comentário de mercado, meramente uma observação do cenário econômico, politico e de notícias atuais e históricas. Não há nenhuma intenção de solicitação de compra ou venda de ativos de commodities, mas somente uma visão geral de possíveis estratégias de mercado. Não sendo responsável por qualquer resultado de decisões de trading, mas sendo apenas mais uma fonte de informações para aqueles que acreditam na fonte de informações.

Compartilhe nas redes sociais

Os comentários estão fechados.