Bom dia, a Bolsa de Chicago opera próximo à estabilidade.

A soja opera com leve perda após chegar a cair mais de 5 pontos no início do pregão noturno. Tecnicamente espera-se uma correção mais forte até a próxima semana, com suporte nos US$10 no vencimento março. Já no lado fundamental, a escassez de chuvas na Argentina podem continuar impulsionando as altas. Algumas consultorias e analistas independentes já falam em produção entre 40 milhões a 46 milhões de toneladas, bem abaixo dos 50 milhões estimados pela Bolsa de Cereales de Buenos Aires e 54 milhões do USDA.

O 94º Anual Agricultural Outlook Forum do USDA, que deverá trazer as primeiras projeções de área e produtividade da safra 2018/19 dos EUA, acontece nesta quinta e sexta-feira em Washington D.C.

A Safras & Mercado elevou a estimativa de produção de soja 2017/18 do Brasil a 115,6 milhões de toneladas, acima do recorde de 114,2 milhões da safra anterior.

O dólar opera em alta frente a outras moedas após alta inesperada na taxa de desemprego no Reino Unido. O Federal Reserve divulga na tarde de hoje a ata da última reunião do FOMC, quando manteve inalterada a taxa básica de juros da economia dos EUA. O mercado aguarda pelo reforço do Fed em realizar a primeira alta de juros do ano na próxima reunião, que acontece em março.

No Brasil, a moeda abriu com leve baixa e agora vale R$ 3,2520, -0,12% (10h). Após o governo apresentar 15 projetos em substituição a reforma da previdência, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que a nova pauta do governo é um desrespeito ao Congresso e um abuso. “A apresentação de ontem foi um equívoco. Foi desrespeito ao parlamento, já que os projetos já estão aqui e nós vamos pautar aquilo que nós entendermos como relevante, no nosso tempo”, disse Maia. Após o governo desistir de votar a reforma da previdência, as agências de classificação de risco Moody’s e Fitch alertaram que tal decisão pesa sobre a nota do país. A diretora-sênior da Fitch, Shelly Shetty, afirmou que o fracasso em aprovar a reforma da Previdência é um dos pontos que pressionam para o rebaixamento do rating soberano do Brasil. “A pressão para baixo no rating soberano do Brasil continua refletindo os altos déficits fiscais, o elevado e crescente peso da dívida e o fracasso em aprovar a reforma da previdência, que contribuiria para reduzir as pressões estruturais sobre as despesas”, disse o comunicado da Fitch. Ontem a moeda acompanhou o mercado externo e subiu 0,67%, a R$3,2533.

As bolsas mundiais operam sem sentido definido enquanto o mercado aguarda a ata do Fed.

Os futuros do petróleo operam com leve baixa realizando a alta da última semana e com o fortalecimento do dólar.

O índice de gerentes de compras (PMI) composto da zona do euro, que mede a atividade nos setores industrial e de serviços, caiu de 58,8 em janeiro para 57,5 em fevereiro, atingindo o menor nível em três meses, segundo dados da IHS Markit. O PMI Industrial recuou de 59,6 para 58,5, e o PMI de serviços caiu de 58 para 56,7.

A taxa de desemprego no Reino Unido subiu a 4,4% no trimestre encerrado em dezembro, segundo o Escritório de Estatísticas Nacionais (ONS), enquanto os analistas esperavam que a taxa permanecesse inalterada em relação ao trimestre anterior, em 4,3%. O número de desempregados no Reino Unido cresceu 46 mil nos três meses até dezembro, marcando o maior aumento desde o início de 2013.


CLIMA

No Brasil, o sistema de baixa pressão sobre o Oceano deixa o tempo instável em boa parte da costa Sul e Sudeste. O tempo segue chuvoso no Centro-Norte do país.

Previsão de Precipitação Brasil, 24 horas, em milímetros.

Na Argentina, chuvas no centro-norte do país hoje.

Previsão de Precipitação Argentina, 24 horas, em milímetros.

Do dia 14 a 19 de fevereiro, parte da província de Buenos Aires recebeu bons volumes de chuva, ajudando na recuperação das condições hídricas. Boa parte das províncias de Córdoba, Santa Fé e Entre Rios não receberam chuvas.

Precipitação acumulada Argentina, em milímetros.


PRÊMIOS

 



Esse é apenas um resumo de várias informações que recebemos, oferecemos oportunidades estratégicas particulares a cada necessidade de empresas ou operadores de mercado. Fiquem à vontade para requisitar opiniões estratégicas em posições ou mesmo sobre o processo de abertura de contas em Chicago.
Negociar futuros e opções envolve riscos substanciais e não é adequado para todos os investidores. O desempenho passado não é indicativo de resultados futuros. A Tradincom não distribui relatórios de pesquisa, empregam analistas, ou mantêm um departamento de pesquisa, tal como definido no Regulamento da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) 1.71, e portanto, este material não deve ser interpretado como uma solicitação para entrar em uma transação de derivativos.
Esse material é somente como base de informações e deve ser considerado como um comentário de mercado, meramente uma observação do cenário econômico, politico e de notícias atuais e históricas. Não há nenhuma intenção de solicitação de compra ou venda de ativos de commodities, mas somente uma visão geral de possíveis estratégias de mercado. Não sendo responsável por qualquer resultado de decisões de trading, mas sendo apenas mais uma fonte de informações para aqueles que acreditam na fonte de informações.

Compartilhe nas redes sociais

Seja o primeiro à comentar.

Enviar comentário