Bom dia, a Bolsa de Chicago inicia a semana mista, com o trigo em alta em meio às tensões geopolíticas entre a Rússia e Ucrânia, enquanto a soja recua com movimento de realização de lucros das altas recentes.

Os fundos foram majoritariamente compradores de soja e farelo de soja, e vendedores de milho, trigo e óleo de soja na CBOT na semana encerrada no dia 8 de fevereiro, segundo o relatório de comprometimento de traders (COT). Na soja os fundos aumentaram as posições compradas em 11.827 contratos, para 166.315 contratos. No milho as posições compradas foram reduzidas em 35.219 contratos, para 337.332 contratos. No trigo os fundos venderam 3.100 contratos, aumentando as posições vendidas para 29.552 contratos.

A colheita de soja 2021/22 no Mato Grosso atingiu 60,47% até sexta-feira, contra 22,26% do mesmo período de 2021 e 48% da média dos últimos 5 anos, segundo o IMEA.

O plantio do milho 2021/22 no Mato Grosso atingiu 57,09%, contra 20,90% de 2021 e 46,39% da média.

O dólar opera com leve alta frente a outras moedas.

No Brasil a moeda fechou estável na sexta-feira a R$5,2414, acumulando baixa de 1,49% na semana. O senador Jean Paul Prates (PT-RN), relator no Senado de dois projetos que tratam da composição do preço dos combustíveis, deve apresentar hoje a líderes partidários uma nova versão dos textos com mudanças para tentar diminuir a oposição dos governadores. Entre as mudanças está a incidência do ICMS nos combustíveis, com corte menos drástico para facilitar a aprovação da medida. Prates afirmou que, se houver divergências, os projetos passarão por novas mudanças para levar as medidas ao plenário a partir de amanhã. O Índice de Atividade Econômica (IBC-Br) do Banco Central, considerado uma prévia do PIB oficial, registrou expansão de 0,33% em dezembro ante novembro, acumulando crescimento de 4,5% em 2021. Já no último trimestre de 2021 o indicador ficou estagnado, ao fechar em 0,01%. O resultado oficial do PIB será divulgado em 4 de março pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

As bolsas globais recuam entre 2 e 4% com o mercado buscando ativos mais seguros em com a iminência da invasão das tropas russas na Ucrânia. Ontem o presidente dos EUA, Joe Biden, disse na Casa Branca que “os EUA responderiam rápida e decisivamente, junto com seus aliados e parceiros, a qualquer nova agressão russa contra a Ucrânia”

No Brasil o Ibovespa fechou com alta de 0,18% na sexta-feira, aos 113.572 pontos, no maior patamar desde outubro do ano passado.

Os futuros do petróleo recuam com movimento de realização de lucros das altas recentes.

No Brasil, tempo chuvoso no Centro-Norte nesta semana.

Previsão de Precipitação Brasil, 7 dias, em milímetros.

Na Argentina, tempo predominantemente estável nesta semana.

Previsão de Precipitação Argentina, 7 dias, em milímetros.

Prêmios *referente ao dia anterior

Paranaguá

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

125

134

Mar 22

105

115

Mai 22

100

111

FARELO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

125

140

ÓLEO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

200

210

Golfo do México – EUA

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

120

125

Mar

100

107

Abr

87

92

MILHO

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

98

105

Mar

88

92

Abr

82

86

Catalyst transforma dióxido de carbono em gasolina 1.000 vezes mais eficientemente

Por Ademilson Ramos, Engenharia É

Os engenheiros que trabalham para reverter a proliferação de gases de efeito estufa sabem que, além de reduzir as emissões de dióxido de carbono, também precisaremos remover o dióxido de carbono da fumaça das usinas ou dos céus. Mas, o que fazemos com todo esse carbono capturado? Matteo Cargnello, engenheiro químico da Universidade de Stanford, está trabalhando para transformá-lo em outros produtos químicos úteis, como propano, butano ou outros combustíveis de hidrocarbonetos compostos por longas cadeias de carbono e hidrogênio.

Nós podemos criar gasolina, basicamente”, disse Cargnello, que é professor assistente de engenharia química. “Para capturar o máximo de carbono possível, você quer os hidrocarbonetos de cadeia mais longa. Cadeias com oito a 12 átomos de carbono seriam o ideal.”

Um novo catalisador, inventado por Cargnello e colegas, avança em direção a esse objetivo aumentando a produção de hidrocarbonetos de cadeia longa em reações químicas. Produziu 1.000 vezes mais butano – o hidrocarboneto mais longo que poderia produzir sob sua pressão máxima – do que o catalisador padrão, dadas as mesmas quantidades de dióxido de carbono, hidrogênio, catalisador, pressão, calor e tempo. O novo catalisador é composto pelo elemento rutênio – um raro metal de transição pertencente ao grupo da platina – revestido por uma fina camada de plástico. Como qualquer catalisador, esta invenção acelera as reações químicas sem se desgastar no processo. O rutênio também tem a vantagem de ser mais barato do que outros catalisadores de alta qualidade, como paládio e platina.

Cargnello e sua equipe descrevem o catalisador e os resultados de seus experimentos em seu último artigo, publicado esta semana na revista Proceedings of the National Academy of Sciences.

Cargnello e sua equipe levaram sete anos para descobrir e aperfeiçoar o novo catalisador. O problema: quanto mais longa for a cadeia de hidrocarbonetos, mais difícil será produzir. A ligação do carbono ao carbono requer calor e grande pressão, tornando o processo caro e intensivo em energia.

Nesse sentido, a capacidade do novo catalisador de produzir gasolina a partir da reação é um avanço, disse Cargnello. O reator em seu laboratório precisaria apenas de uma pressão maior para produzir todos os hidrocarbonetos de cadeia longa para a gasolina, e eles estão construindo um reator de pressão mais alta.

A gasolina é líquida à temperatura ambiente e, portanto, muito mais fácil de manusear do que seus irmãos gasosos de cadeia curta – metano, etano e propano – que são difíceis de armazenar e propensos a vazar de volta aos céus. Cargnello e outros pesquisadores que trabalham para produzir combustíveis líquidos a partir do carbono capturado imaginam um ciclo neutro em carbono no qual o dióxido de carbono é coletado, transformado em combustível, queimado novamente e o dióxido de carbono resultante recomeça o ciclo.

Aperfeiçoando o polímero

A chave para o notável aumento na reatividade é aquela camada de plástico poroso no rutênio, explicou o principal autor do estudo, Chengshuang Zhou, doutorando no laboratório de Cargnello, que conduziu a pesquisa e a experimentação necessárias para refinar o novo revestimento. Um catalisador não revestido funciona muito bem, disse ele, mas produz apenas metano, o hidrocarboneto de cadeia mais curta, que tem apenas um único átomo de carbono ligado a quatro hidrogênios. Não é realmente uma cadeia.

Um catalisador não revestido fica coberto com muito hidrogênio em sua superfície, limitando a capacidade do carbono de encontrar outros carbonos para se ligar”, disse Zhou. “O polímero poroso controla a proporção carbono-hidrogênio e nos permite criar cadeias de carbono mais longas a partir das mesmas reações. Essa interação crucial e particular foi demonstrada usando técnicas de síncrotron no Laboratório Nacional SLAC em colaboração com a equipe do Dr. Simon Bare, que lidera o Co-Access lá.”

Embora os hidrocarbonetos de cadeia longa sejam um uso inovador do carbono capturado, eles não são perfeitos, reconhece Cargnello. Ele também está trabalhando em outros catalisadores e processos semelhantes que transformam dióxido de carbono em produtos químicos industriais valiosos, como olefinas usadas para fazer plásticos, metanol e o Santo Graal, etanol, que podem sequestrar carbono sem devolver dióxido de carbono aos céus.

Se pudermos fazer olefinas a partir do CO2 para fazer plásticos”, observou Cargnello, “nós o sequestramos em um sólido armazenável a longo prazo. Isso seria um grande negócio”.

TRADINCOM CONSULTORIA EM NEGÓCIOS AGROPECUÁRIOS LTDA.®

+55 (41) 3434-5757

Al Dr Carlos de Carvalho, Wall Street Center, 771, Curitiba PR – Brasil, CEP 80.430-180.

www.tradincom.com

Esse é apenas um resumo de várias informações que recebemos, oferecemos oportunidades estratégicas particulares a cada necessidade de empresas ou operadores de mercado. Fiquem à vontade para requisitar opiniões estratégicas em posições ou mesmo sobre o processo de abertura de contas em Chicago.

Negociar futuros e opções envolve riscos substanciais e não é adequado para todos os investidores. O desempenho passado não é indicativo de resultados futuros. A Tradincom não distribui relatórios de pesquisa, empregam analistas, ou mantêm um departamento de pesquisa, tal como definido no Regulamento da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) 1.71, e portanto, este material não deve ser interpretado como uma solicitação para entrar em uma transação de derivativos.

Esse material é somente como base de informações e deve ser considerado como um comentário de mercado, meramente uma observação do cenário econômico, politico e de notícias atuais e históricas. Não há nenhuma intenção de solicitação de compra ou venda de ativos de commodities, mas somente uma visão geral de possíveis estratégias de mercado. Não sendo responsável por qualquer resultado de decisões de trading, mas sendo apenas mais uma fonte de informações para aqueles que acreditam na fonte de informações.

Compartilhe nas redes sociais

Os comentários estão fechados.