Boa tarde, a Bolsa de Chicago opera em baixa nos principais ativos com o mercado se posicionando frente aos relatórios do USDA de amanhã e de olho no coronavírus.

O número de mortos causados pelo novo coronavírus (COVID-19) subiu para 36.211 hoje, de 25.336 até sexta-feira, com 755.591 casos confirmados em 177 países e territórios. Desde sexta-feira são quase mais de 200.000 novos casos confirmados. O número de recuperados da pneumonia causada pelo vírus chegou a 158.527 hoje, de 127.615 até sexta-feira.


No Brasil, o número de casos de COVID-19 subiu para 4.371 hoje, de 3.027 até sexta-feira, em todos os estados e Distrito Federal, segundo as secretarias estaduais de Saúde. O número de mortos chegou a 141, de 77 até sexta-feira.


O USDA divulga amanhã o relatório de intenções de plantio da safra 2020/21 e de estoques trimestrais em 1o de março. Para as intenções de plantio, a expectativa para a soja é de 85 milhões de acres, para o milho de 94,1 milhões de acres, e para o trigo de 45 milhões de acres, praticamente em linha com o divulgado no Fórum Agrícola do USDA de fevereiro. Para os estoques trimestrais, expectativa dos estoques de soja em 2,228 bilhões de bushels, do milho em 8,134 bilhões de bushels, e do trigo em 1,43 bilhão de bushels.

A colheita de soja 2019/20 no Brasil atingiu 74,4% até a última quinta-feira, contra 75,5% do mesmo período do ano passado e 72,1% da média dos últimos 5 anos, segundo a consultoria Safras & Mercado.

A colheita de soja 2019/20 no Mato Grosso está praticamente finalizada, com 99,30% colhido até sexta-feira, contra 99,18% do mesmo período de 2019 e 96,18% da média dos últimos 5 anos, segundo o IMEA.


Os fundos foram majoritariamente compradores de soja, trigo e farelo de soja, e vendedores de milho e óleo de soja na CBOT na semana encerrada no dia 24 de março, segundo o relatório de comprometimento de traders (COT). Os fundos reduziram as posições vendidas na soja em 28.203 contratos, a 2.444 contratos. No milho os fundos aumentaram as posições vendidas em 16.703 contratos, a 108.549 contratos. No trigo os fundos passaram de 5.659 posições vendidas para 17.670 posições compradas.


O dólar inicia a semana em alta frente a outras moedas após as correções da última semana.


No Brasil a moeda volta a se aproximar dos R$5,20. Na sexta-feira a moeda subiu 2,10%, a R$5,1038. A economia brasileira cresceu 0,7% em janeiro ante dezembro, segundo o Monitor do PIB da Fundação Getulio Vargas (FGV). Na comparação anual a economia cresceu 1,2% tanto em janeiro quanto no trimestre móvel encerrado em janeiro. O coordenador do Monitor do PIB, Claudio Considera, comentou sobre o resultado: “A economia inicia 2020 com resultado positivo em janeiro (1,1% na taxa acumulada em 12 meses) na comparação com dezembro evidenciando a continuidade da lenta e medíocre retomada que vinha tendo desde 2017, quando iniciou-se o período expansivo após a recessão iniciada em 2014. No entanto, mesmo o fraco crescimento econômico deste trimestre móvel findo em janeiro, que foi impulsionado tanto pelo consumo quanto pelo investimento, não se sustentará ao longo do ano frente aos desafios econômicos e sociais que estarão sendo sentidos a partir de março, com a chegada da pandemia do coronavírus”. As contas do governo registraram déficit primário de R$ 25,857 bilhões em fevereiro, o maior para o mês desde 2017, segundo a Secretaria do Tesouro Nacional. No período as receitas somaram R$ 234,095 bilhões e as despesas totalizaram R$ 215,820 bilhões. O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, informou que o déficit nas contas públicas pode superar R$ 350 bilhões este ano devido às medidas de enfrentamento à COVID-19. A agência de classificação de risco Fitch revisou a perspectiva do setor bancário do Brasil de estável para negativa devido à piora da pandemia global de coronavírus


O Banco Central divulgou na manhã de hoje o novo boletim de mercado Focus, com expectativa de retração da economia neste ano. As instituições financeiras passaram a ver contração de 0,48% no PIB deste ano, ante crescimento de 1,48% da semana anterior. A expectativa para a inflação deste ano caiu de 3,04% para 2,94%. O dólar deve encerrar o ano em R$4,50 e a meta da taxa Selic em 3,50%, redução de 0,25 ponto percentual em relação à semana anterior. Para 2020 a expectativa para a inflação caiu de 3,60% para 3,57% enquanto a expectativa para o crescimento da economia permaneceu em 2,5%. O dólar deve encerrar o próximo ano em R$4,30 e a meta da Selic em 5,00%, ante 5,25% da semana anterior.


A inflação do Brasil medida pelo Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), utilizado como referência para a correção de contratos de aluguel de imóveis, subiu 1,24% em março, após recuo de 0,04% em fevereiro, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV). No ano IGP-M sobe 1,68%, e no acumulado dos últimos 12 meses, alta de 6,81%.


As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em baixa acompanhando as baixas das bolsas norte-americanas na sexta-feira enquanto o restante das bolsas globias iniciam a semana em alta.

Os futuros do petróleo têm forte queda nesta segunda-feira com o aumento dos temores de queda na demanda por conta das restrições de viagens impostas pelos governos de diversos países.


No Brasil, tempo predominantemente estável nesta semana.

Previsão de Precipitação Brasil, 7 dias, em milímetros.

Na Argentina, tempo chuvoso nas regiões produtoras de soja e milho nesta semana.

Previsão de Precipitação Argentina, 7 dias, em milímetros.


Prêmios *referente ao dia anterior

Paranaguá

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Abr

40

50

Mai

50

60

Jun

40

50

Jul

45

55

FARELO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Abr

-2

3

Mai

-7

-2

Jun

-12

-8

Jul

-16

-11

ÓLEO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

50

120

Golfo do México – EUA

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Abr

75

78

Mai

76

79

Jun

73

77

MILHO

COMPRADOR

VENDEDOR

Abr

75

79

Mai

71

77

Jun

68

74

Júpiter, Marte e Saturno aparecerão juntos; saiba como observar

Rafael Rigues, editado por Fabiana Rolfini, Olhar Digital


Fenômeno será visível a olho nu na madrugada desta terça-feira (31), entre às 01:20 e 05:50 (horário de Brasília)

Você tem um bom motivo para dormir mais tarde, ou acordar mais cedo, na madrugada desta terça-feira (31): Marte e Saturno estarão quase alinhados no céu, próximos a Júpiter, oferecendo uma boa chance de observar três planetas de uma vez só.

O trio ficará visível no céu das 01:20 às 05:50, aproximadamente, considerando um observador em Brasília. O melhor momento para observar será por volta das 03:00. Olhe na direção Sudeste.

Saturno terá magnitude 0.4 e Marte aparecerá mais brilhante, com 0.8. Ambos estarão próximos à constelação de Capricórnio. Você poderá observar os planetas a olho nu ou usando um binóculo.

Fonte: In the Sky

TRADINCOM CONSULTORIA EM NEGÓCIOS AGROPECUÁRIOS LTDA.®

+55 (41) 3434-5757

Al Dr Carlos de Carvalho, Wall Street Center, 771, Curitiba PR – Brasil, CEP 80.430-180.

www.tradincom.com

Esse é apenas um resumo de várias informações que recebemos, oferecemos oportunidades estratégicas particulares a cada necessidade de empresas ou operadores de mercado. Fiquem à vontade para requisitar opiniões estratégicas em posições ou mesmo sobre o processo de abertura de contas em Chicago.

Negociar futuros e opções envolve riscos substanciais e não é adequado para todos os investidores. O desempenho passado não é indicativo de resultados futuros. A Tradincom não distribui relatórios de pesquisa, empregam analistas, ou mantêm um departamento de pesquisa, tal como definido no Regulamento da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) 1.71, e portanto, este material não deve ser interpretado como uma solicitação para entrar em uma transação de derivativos.

Esse material é somente como base de informações e deve ser considerado como um comentário de mercado, meramente uma observação do cenário econômico, politico e de notícias atuais e históricas. Não há nenhuma intenção de solicitação de compra ou venda de ativos de commodities, mas somente uma visão geral de possíveis estratégias de mercado. Não sendo responsável por qualquer resultado de decisões de trading, mas sendo apenas mais uma fonte de informações para aqueles que acreditam na fonte de informações.

Compartilhe nas redes sociais

Seja o primeiro à comentar.

Enviar comentário