Bom dia, a Bolsa de Chicago opera entre ganhos e perdas, com a soja tentando dar sequência aos ganhos da semana. Em observação ao feriado de Veterans Day ontem nos EUA, o USDA divulga hoje o relatório de vendas semanais para exportação dos EUA, com expectativa de vendas de soja entre 600 mil e 1,8 milhão de toneladas, e de milho entre 800 mil e 1,4 milhão de toneladas.


A produção semanal de etanol de milho nos EUA caiu para 1.039 mil barris diários na semana encerrada no dia 5 de novembro, de 1.107 mil da semana anterior e 977 mil do mesmo período do ano passado, segundo a Agência de Informação de Energia (EIA). Já os estoques subiram de 20,129 milhões para 20,286 milhões de barris, contra 20,159 milhões do mesmo período de 2020.


Fundos compradores ontem estimados em 6.500 contratos de trigo, 2.500 contratos de milho, 2.000 contratos de soja e 2.000 contratos de farelo de soja.

O plantio de soja 2021/22 na Argentina atingiu 18,8% dos 16,5 milhões de hectares projetados para esta safra, registrando avanço semanal de 11,6 pontos percentuais, segundo a Bolsa de Cereales de Buenos Aires. O plantio do milho chegou a 29% dos 7,1 milhões de hectares projetados, com avanço semanal de 2,2 pontos percentuais. Bons volumes de chuva foram registrados durante a última semana, elevando a umidade do solo e permitindo o avanço do plantio em boa parte da área agrícola.

A produção brasileira de grãos deve chegar a 289,8 milhões de toneladas na safra 2021/22, 14,7% ou 37 milhões de toneladas superior ao obtido em 2020/21, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Com relação à área total cultivada no país, a estimativa para esta safra é de 71,8 milhões de hectares semeados, um crescimento de 4,1% em relação à safra anterior. O boletim destaca ainda os aumentos na produção de soja, com crescimento de 3,5% na área a ser cultivada, e de milho, sobretudo o de segunda safra, que foi severamente afetado pela situação climática adversa na safra anterior. No caso da oleaginosa, a produção estimada é de 142 milhões de toneladas, mantendo o país como o maior produtor e exportador mundial.


A produção brasileira de milho 2021/22 deve totalizar 116,71 milhões de toneladas, contra 87,02 milhões da safra anterior. A primeira safra deve produzir 28,6 milhões de toneladas enquanto a segunda safra está estimada em 86,26 milhões de toneladas.


O dólar opera estável frente a outras moedas e está no caminho de seu maior aumento semanal em cinco meses com a alta inflação dos EUA levando os investidores a aumentar suas apostas em uma alta da taxa de juros até meados de 2022.


No Brasil a moeda sobe após o forte recuo da semana. Ontem a moeda caiu 1,74%, a R$ 5,4041. O presidente Jair Bolsonaro sancionou ontem uma lei que remaneja R$ 9,3 bilhões do orçamento do Bolsa Família para o novo programa social do governo, o Auxílio Brasil. O Bolsa Família foi extinto no dia 10 de novembro, após 18 anos de existência. Os pagamentos do Auxílio Brasil terão início na próxima quarta-feira e seguirão o calendário habitual do Bolsa Família, com um reajuste de 17,84% em relação aos valores do antigo programa. A partir de dezembro até o fim de 2022 o governo promete valor mínimo de R$ 400 aos beneficiários, que depende da aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios. O setor de serviços no Brasil caiu 0,6% em setembro frente a agosto, na série com ajuste sazonal, segundo o IBGE. Na série sem ajuste sazonal, em relação ao mesmo mês de 2020, o volume de serviços avançou 11,4%, sua sétima taxa positiva consecutiva. O acumulado do ano foi a 11,4%. O acumulado em 12 meses chegou a 6,8%, maior taxa da série histórica, iniciada em dezembro de 2012. O recuo de 0,6% do volume de serviços, na passagem de agosto para setembro de 2021, foi acompanhado por quatro das cinco atividades investigadas, com destaque para os transportes (-1,9%), que registraram o resultado negativo mais intenso desde abril de 2020 (-19,0%). Os demais recuos vieram de outros serviços (-4,7%), de informação e comunicação (-0,9%) e de serviços profissionais, administrativos e complementares (-1,1%). O único resultado positivo ficou com os serviços prestados às famílias (1,3%), sexto avanço seguido, período em que acumularam 52,5% de crescimento.


As bolsas globais operam sem sentido definido nesta sexta-feira.


Os futuros do petróleo seguem em baixa em meio aos temores de inflação elevada pelo mundo.


A produção industrial da zona do euro recuou 0,2% em setembro ante agosto, após recuo de 1,7% em agosto, segundo a Eurostat. O resultado veio melhor do que o esperado, que era de queda de 0,7%. Na comparação anual, a produção da zona do euro avançou 5,2%, ante expectativa de alta de 4,1% dos analistas.


No Brasil, o tempo segue chuvoso no Centro-Norte até a próxima semana.

Previsão de Precipitação Brasil, 7 dias, em milímetros.


Na Argentina, tempo chuvoso em boa parte do país até a próxima semana.

Previsão de Precipitação Argentina, 7 dias, em milímetros.


Nos EUA, tempo chuvoso em boa parte do Meio-Oeste durante o fim de semana.

Previsão de Precipitação EUA, 72 horas, em polegadas.



Prêmios *referente ao dia anterior

Paranaguá

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

130

140

Fev 22

35

45

Mar 22

20

30

FARELO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

110

120

ÓLEO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

150

170

Golfo do México – EUA

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

65

70

Dez

68

72

Jan

68

73

MILHO

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

63

67

Dez

68

72

Jan

66

70

Solo lunar tem oxigênio suficiente para bilhões de pessoas

Flavia Correia, Olhar Digital


Embora sua atmosfera não tenha oxigênio o bastante para sustentar a vida humana, a Lua é rica desse elemento – na superfície. Mas, se as pessoas não “respiram pedras”, como a abundância desse gás em solo poderia garantir a sobrevivência de seus visitantes?

De acordo com um artigo publicado esta semana pelo pesquisador de solo da Southern Cross University, John Grant, no site The Conversation, a camada superior de solo rochoso da Lua, conhecida como “regolito”, contém oxigênio suficiente para, provavelmente, 8 bilhões de pessoas sobreviverem por cerca de 100 mil anos.

Juntamente com os avanços na exploração do espaço, recentemente vimos muito tempo e dinheiro investidos em tecnologias que poderiam permitir a utilização eficaz dos recursos espaciais”, escreveu Grant. “E na vanguarda desses esforços está um foco nítido em encontrar a melhor maneira de produzir oxigênio na Lua”.

Como aproveitar o oxigênio dos regolitos da Lua?

Segundo o pesquisador, o segredo está em um processo chamado eletrólise, que consegue produzir oxigênio a partir da poeira lunar.


Na Terra, esse processo é comumente usado na manufatura, como para produzir alumínio”, afirmou. “Uma corrente elétrica é passada através de uma forma líquida de óxido de alumínio (comumente chamada de alumina) por meio de eletrodos, para separar o alumínio do oxigênio.”

É isso que um rover da Austrália, em uma parceria entre a Nasa e a Agência Espacial Australiana, está sendo programado para fazer por lá.

De acordo com Anthony Murfett, vice-presidente da entidade australiana, o país planeja construir uma sonda semi-autônoma de 20 kg, que será enviada pela Nasa à Lua em 2026, com o objetivo principal de extrair oxigênio da superfície lunar.

Vale ressaltar que a terra dos cangurus também está envolvida em outro projeto de exploração da Lua, de iniciativa privada (este, por sua vez, para encontrar água).

Segundo Grant, o oxigênio corresponde a cerca de 45% do solo lunar, mas, para extraí-lo dos outros elementos que compõem o regolito, como silício, alumínio e magnésio, os cientistas terão que usar muita energia e equipamento industrial para separá-los.

Para ser sustentável, seria necessário o suporte de energia solar ou outras fontes de energia disponíveis na Lua”, acredita o pesquisador.Europa também está empenhada

Embora a logística de extração de oxigênio na superfície lunar represente “um grande desafio”, Grant observou que a Space Applications Services, uma startup belga, anunciou planos para construir três reatores e enviá-los à Lua para criar oxigênio por eletrólise.

E pode acontecer em breve, se tudo correr conforme o planejado. A empresa disse que planeja enviar seus reatores experimentais para a Lua até 2025, em conjunto com o programa de utilização de recursos in-situ da Agência Espacial Europeia (ESA).

Aliás, a própria ESA já desenvolveu estudos sobre a eletrólise como método de extração de oxigênio do solo lunar. Conforme o Olhar Digital noticiou, em 2020, a agência abriu uma “planta protótipo de oxigênio” dentro de um laboratório do Centro Europeu de Pesquisa e Tecnologia Espacial na Holanda justamente com esse propósito.

O sistema de protótipo utilizado pelos cientistas combina regolito lunar simulado com sal de cloreto de cálcio derretido. A mistura é aquecida a 950ºC graus e submetida a uma corrente que passa através dela, liberando oxigênio – um processo chamado eletrólise de sal derretido.

Como se pode ver, iniciativas não faltam para tornar a Lua um ambiente, no mínimo, “respirável” para seus futuros exploradores.

TRADINCOM CONSULTORIA EM NEGÓCIOS AGROPECUÁRIOS LTDA.®

+55 (41) 3434-5757

Al Dr Carlos de Carvalho, Wall Street Center, 771, Curitiba PR – Brasil, CEP 80.430-180.

www.tradincom.com

Esse é apenas um resumo de várias informações que recebemos, oferecemos oportunidades estratégicas particulares a cada necessidade de empresas ou operadores de mercado. Fiquem à vontade para requisitar opiniões estratégicas em posições ou mesmo sobre o processo de abertura de contas em Chicago.

Negociar futuros e opções envolve riscos substanciais e não é adequado para todos os investidores. O desempenho passado não é indicativo de resultados futuros. A Tradincom não distribui relatórios de pesquisa, empregam analistas, ou mantêm um departamento de pesquisa, tal como definido no Regulamento da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) 1.71, e portanto, este material não deve ser interpretado como uma solicitação para entrar em uma transação de derivativos.

Esse material é somente como base de informações e deve ser considerado como um comentário de mercado, meramente uma observação do cenário econômico, politico e de notícias atuais e históricas. Não há nenhuma intenção de solicitação de compra ou venda de ativos de commodities, mas somente uma visão geral de possíveis estratégias de mercado. Não sendo responsável por qualquer resultado de decisões de trading, mas sendo apenas mais uma fonte de informações para aqueles que acreditam na fonte de informações.

Compartilhe nas redes sociais

Os comentários estão fechados.