Bom dia, a Bolsa de Chicago opera em baixa nos principais ativos na volta do fim de semana prolongado nos EUA por conta do feriado de Martin Luther King Jr.


A colheita de soja 2022/23 no Mato Grosso atingiu 2,38%, contra 4,16% do mesmo período do ano passado e 3,55% da média dos últimos 5 anos, segundo o IMEA. A comercialização da soja para a safra 21/22 em MT avançou 1,51 ponto percentual em dez/22, alcançando 97,38% da produção. A comercialização para a safra 2022/23 alcançou 40,67% da produção em dez-22, avanço de 4,87% em relação ao mês de nov/22.


O plantio de soja 2022/23 na Argentina atingiu 89,1% dos 16,2 milhões de hectares projetados para esta safra. Por conta da falta de chuvas e altas temperaturas a estimativa de área foi reduzida em 500 mil hectares. Do total semeado, 56% das lavouras se encontram em condições ruins/regulares e 60% das lavouras se encontram em condições hídricas de seca/regulares. Com isso a estimativa de produção foi reduzida a 41 milhões de toneladas.


O plantio do milho 2022/23 na Argentina chegou a 83%, registrando um avanço semanal de 13 pontos percentuais. No milho a área de plantio também foi reduzida, passando para 7,1 milhões de hectares, uma redução de 600 mil hectares em relação à safra anterior.


O dólar opera em estável frente a outras moedas. O esfriamento da inflação nos EUA sinaliza que o Federal Reserve pode finalmente desacelerar o ritmo de suas altas nas taxas de juros, fazendo o dólar perder força frente as principais moedas globais, com o Iene atingindo a máxima de 7 meses frente ao dólar.


No Brasil o dólar recua nesta terça-feira, abaixo dos R$5,13. Ontem a moeda subiu 0,8%, a R$5,1470. O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse ontem que o governo quer votar a reforma tributária ainda no primeiro semestre após chegar a um texto consensual com base em duas propostas que já tramitam no Congresso. Em declarações a jornalistas em Davos, ele disse ser “muito realista” o país terminar este ano com déficit orçamentário primário de 1% do PIB, assumindo que parte das medidas fiscais por ele apresentadas semana passada são eficazes. O Banco Central divulgou ontem o novo boletim de mercado Focus, com expectativa de maior inflação e menor crescimento do PIB neste ano. As instituições financeiras elevaram a expectativa para a alta da inflação neste ano de 5,36% para 5,39% e reduziram a expectativa para o crescimento do PIB de 0,78% para 0,77%. O dólar deve encerrar este ano em R$5,28 e a meta da taxa Selic em 12,5% ao ano, uma alta de 0,25 ponto percentual em relação à semana anterior. Para 2024 a expectativa para a inflação segue em 3,7% com alta de 1,5% no PIB. O dólar está estimado em R$5,30 no final do próximo ano e a Selic em 9,25% ao ano.


As bolsas globais operam majoritariamente em baixa. O Produto Interno Bruto da China cresceu 3% em 2022, impactado pelas fortes restrições da política de zero-Covid implantada no país. O número ficou abaixo da meta oficial de 5,5%. A população da China diminuiu pela primeira vez em mais de seis décadas no ano passado, com a diminuição de 850 mil, para 1,4 bilhão de pessoas.


Os futuros do petróleo sobem, com o WTI acima dos US$80, em meio as expectativas de maior demanda chinesa com o fim das políticas zero-Covid.


No Brasil, tempo chuvoso em boa parte do país hoje.

Previsão de Precipitação Brasil, 24 horas, em milímetros.



Na Argentina, tempo chuvoso na região central do país nesta semana.

Previsão de Precipitação Argentina, 7 dias, em milímetros.


Prêmios *referente ao dia anterior

Paranaguá

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

100

110

Mar

34

45

Abr

25

35

FARELO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

42

60

ÓLEO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

20

30

Golfo do México – EUA

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

130

135

Fev

115

119

Mar

100

105

MILHO

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

103

107

Fev

102

106

Mar

95

100

Cientistas desenvolvem laser de disparo rápido que desvia raios

Testes que superem o tradicional pára-raios acontecem há 20 anos

Rodrigo Mozelli, Olhar Digital


Credit: TRUMPF/Martin Stollberg

Cientistas mostraram pela primeira vez em experimentos reais de um laser de disparo rápido que pode desviar raios. O trabalho sugere que os feixes de laser podem ser usados como pára-raios para proteger a infraestrutura. Em 2020, algo similar foi descoberto.

A conquista é impressionante, visto que a comunidade científica trabalha arduamente nesse objetivo há mais de 20 anos”, diz Stelios Tzortzakis, físico de laser da Universidade de Creta, na Grécia, que não participou da pesquisa. “Se é útil ou não, só o tempo dirá.”

Pára-raios de metal são comumente usados para desviar raios e dissipar com segurança sua carga. Mas o tamanho das hastes é limitado, o que significa que também é a área que elas protegem.

Os físicos se perguntam se os lasers poderiam aumentar a proteção, porque eles podem chegar mais alto no céu do que uma estrutura física e podem apontar em qualquer direção. Mas, apesar das demonstrações de laboratório bem-sucedidas, os pesquisadores nunca tiveram sucesso em campanhas de campo, diz Tzortzakis.

Para mudar isso, um grupo de cerca de 25 pesquisadores montou o projeto Laser Lightning Rod, que testou um laser de alta potência especialmente criado no valor de US$ 2 milhões nos Alpes suíços. Os cientistas colocaram o laser próximo à torre de telecomunicações Säntis, atingida com frequência por raios. “Este é um daqueles projetos cujos resultados todos esperavam”, diz Valentina Shumakova, física de laser da Universidade de Viena.

Um feixe de laser suficientemente intenso pode criar um caminho condutivo para o raio descer, assim como um fio de metal pode. Os físicos acham que ele faz isso mudando as propriedades do ar para que o feixe se concentre em filamento fino e intenso. Isso aquece rapidamente o ar, reduzindo sua densidade e criando caminho favorável para o raio. “É como abrir um buraco no ar com o laser”, diz Aurélien Houard, físico do Laboratório de Óptica Aplicada de Paris, que liderou o projeto.

Em vez de tentar desviar o raio da torre, os experimentos Säntis foram projetados para mostrar que o laser poderia guiar o caminho de um raio através do pára-raios da estrutura. Em uso futuro, feixes semelhantes guiariam os ataques para longe de instalações sensíveis e para um pára-raios distante, diz Houard.

Ao longo de 10 semanas de observação, a equipe avistou o laser canalizando quatro eventos de raios durante seis horas de tempestades. Uma câmera de alta velocidade mostrou claramente um ataque seguindo a linha reta do feixe de laser, em vez de seguir um caminho de ramificação.

Para 100% dos golpes onde o laser estava presente, medimos um efeito do laser”, diz Houard. Mas Tzortzakis observa que o laser também ficou ativo por muitas horas sem canalizar ataques. Isso sugere que, embora o laser tenha desviado o raio, ele não forçou a descarga das nuvens de tempestade, o que seria uma melhor estratégia de proteção, diz ele.

O último esforço teve sucesso onde outros falharam, diz Tzortzakis, porque a tentativa anterior usou um laser que disparou apenas alguns pulsos por segundo. Esta equipe usou um laser especializado que dispara mil pulsos de alta energia por segundo, o que teria aumentado sua chance de interceptar o raio.

No entanto, o fato de o laser do projeto ser único também é sua maior limitação, pois levará tempo para encolher o sistema e torná-lo mais barato e prático, diz Houard.

Com informações de Nature

TRADINCOM CONSULTORIA EM NEGÓCIOS AGROPECUÁRIOS LTDA.®

+55 (41) 3434-5757

Al Dr Carlos de Carvalho, Wall Street Center, 771, Curitiba PR – Brasil, CEP 80.430-180.

www.tradincom.com

Esse é apenas um resumo de várias informações que recebemos, oferecemos oportunidades estratégicas particulares a cada necessidade de empresas ou operadores de mercado. Fiquem à vontade para requisitar opiniões estratégicas em posições ou mesmo sobre o processo de abertura de contas em Chicago.

Negociar futuros e opções envolve riscos substanciais e não é adequado para todos os investidores. O desempenho passado não é indicativo de resultados futuros. A Tradincom não distribui relatórios de pesquisa, empregam analistas, ou mantêm um departamento de pesquisa, tal como definido no Regulamento da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) 1.71, e portanto, este material não deve ser interpretado como uma solicitação para entrar em uma transação de derivativos.

Esse material é somente como base de informações e deve ser considerado como um comentário de mercado, meramente uma observação do cenário econômico, politico e de notícias atuais e históricas. Não há nenhuma intenção de solicitação de compra ou venda de ativos de commodities, mas somente uma visão geral de possíveis estratégias de mercado. Não sendo responsável por qualquer resultado de decisões de trading, mas sendo apenas mais uma fonte de informações para aqueles que acreditam na fonte de informações.

Compartilhe nas redes sociais

Os comentários estão fechados.