Bom dia, a Bolsa de Chicago opera mista nesta terça-feira.

A soja segue pressionada com a melhora nas condições climáticas na América do Sul. Ontem as cotações fecharam nas mínimas de setembro e agora encontram novo suporte, nos US$9,55 no vencimento jan/18 e US$9,75 no vencimento mai/18. A expectativa ainda é de correção nos próximos dias, porém a aproximação das festas de fim de ano já reduzem o volume de negociações nas bolsas.

Fundos vendedores ontem estimados em: 8.000 contratos de soja; 3.500 contratos de farelo; 2.000 contratos de óleo de soja; 1.500 contratos de milho.

O USDA divulgou ontem o relatório de embarques semanais de grãos dos EUA. Os embarques de soja foram de 1,78 milhão de toneladas, contra 1,24 milhão da semana anterior e 1,74 milhão do mesmo período de 2016. Na temporada, os embarques de soja somam 25,88 milhões de toneladas, contra 26,69 milhões do mesmo período do ano passado. Os embarques de milho foram de 605 mil toneladas, contra 718 mil da semana anterior e 805 mil do mesmo período do ano passado. Na temporada, os embarques de milho somam 9,2 milhões de toneladas, contra 15,43 milhões do mesmo período de 2016.

A balança comercial brasileira registrou superávit de US$1,268 bilhão na terceira semana de dezembro. No mês, as exportações somam US$ 9,389 bilhões e as importações, US$ 7,091 bilhões, com saldo positivo de US$ 2,299 bilhões. No ano, as exportações totalizam US$ 209,540 bilhões e as importações, US$ 145,238 bilhões, com saldo positivo de US$ 64,302 bilhões. As exportações de soja somam 1,24 milhão de toneladas na parcial de dezembro, contra 2,14 milhões de novembro e 653 mil de dezembro de 2016. As exportações de milho somam 2,35 milhões de toneladas, contra 3,52 milhões de novembro e 1 milhão de dezembro de 2016.

O dólar opera em baixa frente a outras moedas. Expectativa hoje para a votação da reforma tributária na Câmara de Representantes dos EUA, e amanhã no Senado. Na agenda de indicadores de hoje, licenças de construção e construção de casas novas nos EUA em novembro.

No Brasil, a moeda abriu com leve alta e agora vale R$3,2890, -0,18% (10h25). O Banco Central segue com a rolagem dos contratos de swap cambial tradicional com vencimento em janeiro, com a oferta de até 14 mil contratos no dia de hoje, equivalente a US$700 milhões. O BC terminar de rolar amanhã os US$9,638 bilhões em contratos a vencerem. Após a reforma da previdência ser adiada para 19 fevereiro, o governo faz apelo para as agências de classificação não reduzirem a nota de crédito do Brasil antes da votação do projeto. Na noite de ontem, o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu a Medida Provisória editada em outubro pelo presidente Michel Temer que adiava para 2019 o reajuste do funcionalismo federal e aumentava a contribuição previdenciária dos servidores que ganham mais de R$ 5,5 mil, de 11% para 14%. Com a medida, era esperada uma economia de R$ 4,4 bilhões, além de outros R$ 2,2 bilhões que seriam obtidos com a elevação da alíquota. O governo irá recorrer da decisão.

As bolsas mundiais operam sentido definido com a expectativa da votação da reforma da previdência nos EUA.

No Brasil, o Ibovespa futuros abriu em baixa após decisão do ministro do STF, Ricardo Lewandowski, e agora opera nos 73.650, -0,35% (10h25).

Os futuros do petróleo seguem em alta após um dos maiores sindicatos petrolíferos nigerianos lançou uma greve nacional em meio a negociações estancadas com as agências governamentais, além do fechamento do sistema de oleodutos no campo Forties, no Mardo Norte, localizando entre a Noruega e Dinamarca.


CLIMA

 

No Brasil, a frente fria se afasta para o oceano mas ainda deixa o tempo instável em boa parte do Sul hoje. No restante do país, tempo predominantemente estável.

Previsão de Precipitação Brasil, 24 horas, em milímetros.

Na Argentina, bons volumes de chuvas hoje entre as províncias de Córdoba e Entre Rios.

Previsão de Precipitação Argentina, 24 horas, em milímetros.


PRÊMIOS

 


Esse é apenas um resumo de várias informações que recebemos, oferecemos oportunidades estratégicas particulares a cada necessidade de empresas ou operadores de mercado. Fiquem à vontade para requisitar opiniões estratégicas em posições ou mesmo sobre o processo de abertura de contas em Chicago.
Negociar futuros e opções envolve riscos substanciais e não é adequado para todos os investidores. O desempenho passado não é indicativo de resultados futuros. A Tradincom não distribui relatórios de pesquisa, empregam analistas, ou mantêm um departamento de pesquisa, tal como definido no Regulamento da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) 1.71, e portanto, este material não deve ser interpretado como uma solicitação para entrar em uma transação de derivativos.
Esse material é somente como base de informações e deve ser considerado como um comentário de mercado, meramente uma observação do cenário econômico, politico e de notícias atuais e históricas. Não há nenhuma intenção de solicitação de compra ou venda de ativos de commodities, mas somente uma visão geral de possíveis estratégias de mercado. Não sendo responsável por qualquer resultado de decisões de trading, mas sendo apenas mais uma fonte de informações para aqueles que acreditam na fonte de informações.

Compartilhe nas redes sociais

Seja o primeiro à comentar.

Enviar comentário