Bom dia!

 

CBOT após realização de lucros ontem, mercado trabalha em alta para soja nesta manhã.
Clima seco previsto para as próximas duas semanas nos EUA, o que é bom para a colheita de soja e milho. E preocupante para as lavouras mais tardias.
Preocupação extra com o furacão Sally que pode trazer algum transtorno para algumas áreas.
Traders atentos a mais sinais de demanda chinesa, que vem somando boas compras ao longo dos meses.
Clima para o avanço do plantio na América do Sul preocupa os comerciantes, as chuvas deste final de semana serão suficientes para um bom começo de plantio?

FOMC/COPOM day!
É dado como certo por ampla maioria dos economistas que não haverá alteração nas taxas de juros.
Para os EUA é esperado alguma pista se o FED ajudará a economia de alguma forma.
FED as 15hrs, coletiva de imprensa as 15h30.
Copom a partir das 18hrs.

O otimismo predomina nas principais bolsas mundiais nesta manhã, enquanto os investidores aguardam a conclusão da reunião do FOMC sobre a condução da política monetária nos EUA. As bolsas europeias e os índices futuros de Nova York estão em alta, enquanto na Ásia os mercados fecharam mistos.

Os investidores também esperam estimativas da autoridade monetária atualizadas para o PIB, desemprego e inflação nos EUA, além de maior clareza sobre uma possível elevação das taxas de juros no futuro.

No BR, mercado aguarda hoje a decisão do Copom sobre a política de juros no Brasil, que deve manter a Selic a 2%. Além disso, os investidores continuam a acompanhar a repercussão das declarações do presidente Bolsonaro, que ontem deu como encerrado o projeto de criar o Renda Brasil e ameaçou dar um “cartão vermelho” para quem propusesse congelamento de aposentadorias.

Daqui para frente, o foco da equipe econômica deve ser a desoneração da folha de pagamento e a criação de um novo imposto sobre transações.

 

Bons negócios.

Compartilhe nas redes sociais

Seja o primeiro à comentar.

Enviar comentário