Bom dia!

 

Mercado segue com cautela diante das diversas informações sobre o avanço do coronavírus e o impasse dos países produtores de petróleo.
Os EUA divulga os dados do estoque de petróleo hoje as 11hrs.

A boa queda nas cotações das commodities em especial para a Soja, proporcionou algumas compras por parte de importadores, em especial da Ásia, aproveitando a oportunidade de preços mais baixos.
BR deve declarar em breve estado de calamidade pública, pra acessar mais recursos para combater a pandemia dentro do país.

Copom deve anunciar as 18hrs a nova taxa de juros, maioria dos economistas apostam em um corte de 0,50%, há quem aposte em um corte maior de 1%.

BC deve fazer mais US$2 bilhões em leiloes para tentar conter a escalada da cotação do dólar.
Tesouro Nacional deve atuar na compra e venda de títulos públicos para ajudar a conter o dólar.

Primeiro pedido de impeachment do presidente Bolsonaro chega ontem a tarde na Câmara dos Deputados, protocolado por Leandro Grass (Deputado pelo partido Rede do DF).

O diretor da ANEC, Sergio Mendes, em entrevista a Reuters informou que as exportações brasileiras estão mantidas, Soja 73 a 74 mi tons e pro milho 34 a 35 mi tons, que a turbulência nos mercados por hora não afetaram os embarques. Assim esperamos Sr. presidente.

Os processadores brasileiros de suínos e aves não têm planos de cortar a produção ou colocar trabalhadores em folga remunerada em resposta à crise do coronavírus, informou a associação de produtores de carne ABPA.

Argentina procura atenuar tensões nos portos de grãos após Coronavírus causar atrasos, o ministério dos transportes, esclarece regras para os portos de grãos em meio a uma pandemia de coronavírus e ajudar a normalizar as atividades que foram afetadas por atrasos após o país fechar suas fronteiras para conter o vírus.

Chuvas começam a chegar a importantes regiões produtores do PR e SC, são poucas e espaçadas, mas muito necessárias.

Bons negócios.

 

 

Compartilhe nas redes sociais

Seja o primeiro à comentar.

Enviar comentário