Boa tarde, a Bolsa de Chicago opera mista com a soja realizando as altas recentes enquanto o trigo sobe forte com expectativa de menor oferta global nesta safra. O ministério da agricultura da França estimou que a safra 2020/21 de trigo terá quebra de 21%, equivalente a mais de 8 milhões de toneladas, com as exportações recuando 43%.


O USDA divulga nesta sexta-feira (10) o relatório de oferta e demanda global agrícola (WASDE), com expectativa de alta nos estoques de soja e recuo nos estoques de milho e trigo dos EUA.

Fundos vendedores ontem estimados em 10.000 contratos de milho; 3.000 contratos de soja; 2.000 contratos de farelo de soja. Fundos compradores estimados em 3.000 contratos de óleo de soja e 1.000 contratos de trigo.

A colheita do milho 2a safra 2019/20 no Paraná atingiu 8,26%, atrasado em relação à média dos últimos anos, segundo a SEAB/Deral. As lavouras em condições ruins tiveram aumento de 2 pontos percentuais durante a última semana, para 18%. As lavouras em boas condições seguem com 44%. A maturação atinge 62% das lavouras, contra 85% do mesmo período da safra anterior.


O plantio de trigo 2019/20 no Paraná está na reta final, com 96,73% plantado, praticamente em linha com os anos anteriores. As lavouras em boas condições tiveram melhora de 1 ponto percentual durante a última semana, para 90%. As lavouras em condições médias somam 8% e as lavouras em condições ruins somam 2%.


O número de mortos em todo o mundo causados pelo novo coronavírus (COVID-19) subiu para 545.485 hoje, de 539.764 até ontem, com 11.892.382 casos confirmados. Desde ontem são quase 200.000 novos casos confirmados em todo o mundo. O número de recuperados da pneumonia causada pelo vírus chegou a 6.488.079 hoje, de 6.348.785 até ontem.


No Brasil, o número de casos de COVID-19 subiu para 1.674.929 hoje, de 1.628.283 até ontem, segundo o consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde. O número de mortos chegou a 66.887, de 65.631 até ontem. O número de pacientes recuperados somam 1.117.922, de 1.071.229 até ontem.


O dólar opera com leve baixa frente a outras moedas. O assessor econômico da Casa Branca, Larry Kudlow, disse hoje que a economia dos EUA provavelmente sofrerá mais impactos com alguns estados reintroduzindo as restrições relacionadas ao coronavírus. Kudlow disse também que impor outra paralisação nacional “seria realmente um grande erro”.


No Brasil a moeda opera em baixa acompanhando o exterior. Ontem a moeda subiu 0,60%, a R$5,3833. As vendas do comércio varejista do Brasil tiveram alta de 13,9% em maio frente a abril, na série com ajuste sazonal, após recuo recorde de 16,3% em abril, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). É a maior alta da série histórica da pesquisa, iniciada em janeiro de 2000. A média móvel trimestral foi de -2,6%. Na série sem ajuste sazonal, em relação a maio de 2019, o comércio varejista caiu 7,2%. No acumulado do ano, o varejo recuou 3,9%. Já o acumulado nos últimos 12 meses manteve-se estável em 0,0%. No comércio varejista ampliado, que inclui Veículos, motos, partes e peças e Material de construção, o volume de vendas cresceu 19,6% em relação a abril. A média móvel foi -5,9%. Em relação a maio de 2019, o comércio varejista ampliado recuou 14,9%. O acumulado no ano registrou queda de 8,6%, contra recuo de 6,9% no mês anterior. O acumulado nos últimos 12 meses foi de -1,0%.


As bolsas globais operam entre ganhos e perdas.


No Brasil o Ibovespa sobe quase 2% e volta a se aproximar dos 100 mil pontos.


Os futuros do petróleo operam com leve alta mesmo com alta inesperada nos estoques de petróleo dos EUA. Os estoques de petróleo bruto dos EUA subiram 5,654 milhões de barris na semana encerrada no dia 3 de julho, após recuo de 7,195 milhões na semana anterior, segundo a Agência de Informação de Energia (EIA). A expectativa do mercado estava em um recuo de 3 milhões de barris no período.


No Brasil, tempo predominantemente estável amanhã. Alerta de geadas em parte do Sul nos próximos dias.

Previsão de Precipitação Brasil, 24 horas, em milímetros.



Na Argentina, tempo estável amanhã.

Previsão de Precipitação Argentina, 24 horas, em milímetros.


Nos EUA, tempo chuvoso em parte Meio-Oeste amanhã.

Previsão de Precipitação EUA, 24 horas, em polegadas.



Prêmios *referente ao dia anterior

Paranaguá

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Jul

98

118

Ago

110

120

Set

115

125

Out

116

127

FARELO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

-1

5

ÓLEO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

180

280

Golfo do México – EUA

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Jul

63

69

Ago

68

75

Set

68

74

MILHO

COMPRADOR

VENDEDOR

Jul

54

58

Ago

56

60

Set

58

62

Reon Pocket é um ar condicionado ‘vestível’ da Sony

Daniel Junqueira, Olhar Digital


Dispositivo serve tanto para refrescar o corpo em dias quentes, quanto para aquecer no inverno

A Sony lançou um pequeno dispositivo que funciona como um ar condicionado portátil para você levar sempre com você. Chamado Reon Pocket, ele diminui a sensação de calor ao entrar em contato com a sua pele, e foi feito para ser usado por baixo da camiseta.

O Reon Pocket não é o primeiro dispositivo do tipo, mas ele funciona de maneira diferente dos outros. Em vez de ventilar ar fresco no rosto do usuário, ele pode ser colocado em um bolso interno da camiseta para esfriar o corpo ao entrar em contato com a pele.

Mais do que isso, ele também pode funcionar como um aquecedor portátil em dias frios.

O Reon Pocket funciona em conjunto com o celular, permitindo que o usuário ajuste temperatura e outras configurações a partir de um aplicativo (disponível no iPhone e Android).


É possível definir um modo automático, que determina a temperatura a partir dos arredores do aparelho, ou escolher a que você quiser.

E caso você não tenha uma camiseta com bolso interno, a Sony obviamente começou a vender uma – o espaço para o Reon Pocket fica na altura da nuca do usuário.

Já à venda no Japão, o Reon Pocket custa cerca de US$ 170 (por volta de R$ 912, em conversão direta).

Via: Sony

TRADINCOM CONSULTORIA EM NEGÓCIOS AGROPECUÁRIOS LTDA.®

+55 (41) 3434-5757

Al Dr Carlos de Carvalho, Wall Street Center, 771, Curitiba PR – Brasil, CEP 80.430-180.

www.tradincom.com

Esse é apenas um resumo de várias informações que recebemos, oferecemos oportunidades estratégicas particulares a cada necessidade de empresas ou operadores de mercado. Fiquem à vontade para requisitar opiniões estratégicas em posições ou mesmo sobre o processo de abertura de contas em Chicago.

Negociar futuros e opções envolve riscos substanciais e não é adequado para todos os investidores. O desempenho passado não é indicativo de resultados futuros. A Tradincom não distribui relatórios de pesquisa, empregam analistas, ou mantêm um departamento de pesquisa, tal como definido no Regulamento da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) 1.71, e portanto, este material não deve ser interpretado como uma solicitação para entrar em uma transação de derivativos.

Esse material é somente como base de informações e deve ser considerado como um comentário de mercado, meramente uma observação do cenário econômico, politico e de notícias atuais e históricas. Não há nenhuma intenção de solicitação de compra ou venda de ativos de commodities, mas somente uma visão geral de possíveis estratégias de mercado. Não sendo responsável por qualquer resultado de decisões de trading, mas sendo apenas mais uma fonte de informações para aqueles que acreditam na fonte de informações.

Compartilhe nas redes sociais

Seja o primeiro à comentar.

Enviar comentário