Boa tarde, a Bolsa de Chicago recua com movimento de realização de lucros antes do feriado nos EUA. Por conta do feriado de Thanksgiving nos EUA amanhã, a CBOT permanece fechada, com reabertura no pregão regular da sexta-feira e fechamento mais cedo, às 15:05 (horário de Brasília).


O primeiro dia de aviso para os futuros de grãos com vencimento dezembro na CBOT é na segunda-feira.

Fundos vendedores ontem na CBOT estimados em 10.000 contratos de milho; 5.000 contratos de óleo de soja; 2.000 contratos de soja. Fundos compradores estimados em 11.000 contratos de trigo e 2.000 contratos de farelo de soja.

Alguns importadores e processadores de soja chineses que não fixaram o preço no mercado futuro estão procurando cancelar acordos assinados (realizar washout) para carregamentos dos EUA para embarque em dezembro e janeiro, depois que as margens de esmagamento entraram em campo negativo após a forte alta recente nos futuros de Chicago.

As importações chinesas de soja dos EUA somaram 3,4 milhões de toneladas em outubro, um aumento de quase três vezes na comparação anual, segundo dados da Administração Geral de Alfândegas da China. Em outubro de 2019 foram importadas 1,147 milhão de toneladas.

O número de mortos em todo o mundo causados pelo novo coronavírus (COVID-19) subiu para 1.413.325 hoje, de 1.401.106 até ontem, com 59.985.053 casos confirmados. Desde ontem são quase 600.000 novos casos confirmados em todo o mundo. O número de recuperados da pneumonia causada pelo vírus chegou a 38.408.247 hoje, de 38.037.665 até ontem.


No Brasil, o número de casos de COVID-19 subiu para 6.121.449 hoje, de 6.088.004 até ontem, segundo o consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde. O número de mortos chegou a 170.179, de 169.541 até ontem. O número de pacientes recuperados somam 5.445.095.


O dólar opera em baixa frente a outras moedas. A economia dos EUA cresceu a uma taxa anualizada de 33,1% no terceiro trimestre de 2020, de acordo com a segunda estimativa divulgada pelo Departamento de Análises Econômicas (BEA). No segundo trimestre o recuo havia sido de 31,4%.


Os pedidos de bens duráveis nos EUA aumentaram 1,3% em outubro, ou US$3,0 bilhões, para US$240,8 bilhões, segundo o Departamento de Comércio. Esse aumento, de seis meses consecutivos, seguiu um aumento de 2,1% em setembro. Excluindo o transporte, os novos pedidos aumentaram 1,3%. Excluindo a defesa, os novos pedidos aumentaram 0,2%. Equipamentos de transporte, mais cinco dos últimos seis meses, lideraram o aumento, US$ 0,9 bilhão ou 1,2%, para US$ 77,1 bilhões.


Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego nos EUA subiram 30.000 pedidos na semana encerrada no dia 21 de novembro, para taxa sazonalmente ajustada de 778.000 pedidos, segundo o Departamento de Trabalho. A taxa de desemprego recuou 0,2 ponto percentual na semana encerrada no dia 14 de novembro, para 4,1%.


No Brasil o dólar recua acompanhando o exterior. Ontem a moeda recuou 1,09%, a R$5,3759. O Banco Central realizou hoje leilão de 12 mil contratos de swap cambial tradicional para rolagem de contratos com vencimento em abril e agosto de 2021. O superávit em transações correntes do Brasil foi de US$1,473 bilhão em outubro, com o déficit em 12 meses caindo a 1,04% do PIB, menor valor acumulado desde fevereiro de 2018, segundo o Banco Central. Nos dez primeiros meses do ano, o déficit em transações correntes é de US$7,588 bilhões, contra rombo de US$42,938 bilhões no mesmo período do ano passado. Os investimentos estrangeiros diretos alcançaram US$1,793 bilhão.


As bolsas globais operam sem sentido definido.


Os futuros do petróleo seguem em alta com recuo inesperado nos estoques dos EUA.


Os estoques de petróleo bruto dos EUA recuaram 754 mil barris durante a última semana, para 488,734 milhões de barris, segundo a Agência de Informação de Energia (EIA). A expectativa do mercado era de um aumento de 130 mil barris. Já os estoques de gasolina subiram 2,18 milhões de barris enquanto os de destilados recuaram 1,441 milhão de barris no período.


No Brasil, tempo chuvoso no RS amanhã.

Previsão de Precipitação Brasil, 24 horas, em milímetros.



Na Argentina, tempo chuvoso no Norte amanhã.

Previsão de Precipitação Argentina, 24 horas, em milímetros.

Prêmios *referente ao dia anterior

Paranaguá

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

250

260

Fev

105

115

Mar

65

75

Mai

60

70

FARELO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

22

23

ÓLEO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

720

750

Golfo do México – EUA

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Dez

71

75

Jan

74

78

Fev

78

83

MILHO

COMPRADOR

VENDEDOR

Dez

71

75

Jan

72

76

Fev

76

81

China lança missão que trará amostras da Lua

Chang’e-5 tem 14 dias para pousar, coletar até 4 kg de amostras e trazê-las de volta à Terra

Rafael Rigues, Olhar Digital


A China lançou nesta segunda-feira (23) a Chang’e-5, a quinta missão de seu programa de exploração lunar. Um foguete Longa Marcha 5 decolou do Centro de Lançamento de Satélites Wenchang carregando 8,2 toneladas de equipamentos, incluindo múltiplos veículos que serão usados para coletar e trazer de volta amostras do solo lunar.

Se tiver sucesso a China será o terceiro país a conseguir amostras da Lua, depois dos EUA (na missão Apollo 11 em 1969) e da União Soviética (na Luna 16 em 1970). A quantidade a ser coletada chama a atenção: enquanto a Luna 16 trouxe apenas 100 gramas de solo, os cientistas chineses esperam que a Chang’e-5 traga entre 2 e 4 Kg.

Trabalho de equipe

A missão é um verdadeiro trabalho em equipe, e os profissionais do Programa Chinês de Exporação Lunar (CLEP, China Lunar Exploration Program) terão de coordenar a operação de quatro espaçonaves robotizadas para cumprir seu objetivo.

A primeira espaçonave é um “módulo de serviço”, que será responsável pela captação de energia solar, usada para alimentar os equipamentos, e pela jornada até a Lua. Após entrar em órbita lunar duas espaçonaves, um módulo de pouso (lander) e um veículo de retorno, se separam e descem até a superfície.


O local de pouso na Lua é uma região conhecida como Oceanus Procellarum, que tem poucas crateras. Cientistas especulam que isso acontece porque houve atividade vulcânica na região, cobrindo as crateras originais com magma. As amostras podem dizer aos cientistas quando esta ativiade ocorreu, o que nos dará uma melhor idéia de como a Lua se formou e evoluiu ao longo do tempo.

O módulo de pouso irá perfurar a superfície da Lua, e transferir o material para o veículo de retorno. Este irá então decolar como um foguete, e se encontrar com o módulo de serviço em órbita. O material recolhido será transferido para o quatro veículo, uma cápsula que retornará à Terra e pousará em um deserto na Mongólia.

Bate e volta

O veículo terá 14 dias terrestres, ou meio dia lunar, para completar sua missão. Isso porque não tem um sistema de aquecedores para proteger seus componentes das gélidas noites lunares, quando a temperatura pode chegar a -173 ºC

A Chang’e 5 é a terceira fase do CLEP (Chinese Lunar Exploration Program, Programa Chinês de Exploração Lunar), que começou em 2017 com a entrada da Chang’e 1 em órbita lunar. O programa tem esse nome em homenagem à Deusa chinesa da Lua, cuja lenda serviu de inspiração para o filme “A caminho da Lua”, que estreou recentemente no Netflix. O modulo de pouso da Chang’e 3 e o rover Yutu, que chegaram à Lua em dezembro de 2013, aparecem no filme.

Os EUA pretendem retomar as missões tripuladas à Lua em 2024, com o programa Artemis. A China ainda não definiu uma data fixa para isto, mas estuda uma possível missão na década de 2030.

TRADINCOM CONSULTORIA EM NEGÓCIOS AGROPECUÁRIOS LTDA.®

+55 (41) 3434-5757

Al Dr Carlos de Carvalho, Wall Street Center, 771, Curitiba PR – Brasil, CEP 80.430-180.

www.tradincom.com

Esse é apenas um resumo de várias informações que recebemos, oferecemos oportunidades estratégicas particulares a cada necessidade de empresas ou operadores de mercado. Fiquem à vontade para requisitar opiniões estratégicas em posições ou mesmo sobre o processo de abertura de contas em Chicago.

Negociar futuros e opções envolve riscos substanciais e não é adequado para todos os investidores. O desempenho passado não é indicativo de resultados futuros. A Tradincom não distribui relatórios de pesquisa, empregam analistas, ou mantêm um departamento de pesquisa, tal como definido no Regulamento da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) 1.71, e portanto, este material não deve ser interpretado como uma solicitação para entrar em uma transação de derivativos.

Esse material é somente como base de informações e deve ser considerado como um comentário de mercado, meramente uma observação do cenário econômico, politico e de notícias atuais e históricas. Não há nenhuma intenção de solicitação de compra ou venda de ativos de commodities, mas somente uma visão geral de possíveis estratégias de mercado. Não sendo responsável por qualquer resultado de decisões de trading, mas sendo apenas mais uma fonte de informações para aqueles que acreditam na fonte de informações.

Compartilhe nas redes sociais

Seja o primeiro à comentar.

Enviar comentário