Boa tarde, a Bolsa de Chicago opera em baixa nos principais ativos devolvendo parte das altas recentes enquanto o mercado aguarda o relatório do USDA de amanhã.


O USDA divulga amanhã, às 13 horas (horário de Brasília), o relatório de oferta e demanda agrícola global (WASDE). Para a safra 2020/21 dos EUA, a expectativa é de queda na produtividade, produção e estoques finais da soja e milho. A produtividade da soja deve recuar de 51,9 para 51,6 bushels por acre, com a produção caindo de 117,38 milhões para 116,54 milhões de toneladas e os estoques finais passando de 460 milhões para 369 milhões de bushels (10,04 milhões de toneladas). No milho a produtividade deve cair de 178,5 para 177,7 bushels por acre, com a produção caindo de 378,48 milhões para 376,14 milhões de toneladas e estoques finais de 2,503 bilhões para 2,113 bilhões de bushels (53,67 milhões de toneladas).

Fundos compradores ontem estimados em 15.000 contratos de milho; 12.000 contratos de trigo; 6.000 contratos de soja; 5.000 contratos de farelo de soja. Fundos vendedores estimados em 1.000 contratos de óleo de soja.

A produção de etanol de milho nos EUA subiu para 923 mil barris diários na semana encerrada no dia 2 de outubro, de 881 mil barris da semana anterior, segundo a Agência de Informação de Energia (EIA). Já os estoques caíram de 19,691 milhões para 19,672 milhões de barris, contra 21,224 milhões do mesmo período do ano passado.


A Conab divulgou hoje o 1o Levantamento da Safra de Grãos 2020/21 do Brasil, com produção recorde na soja e milho. Com área de plantio estimada em 66,8 milhões de hectares, um crescimento de 1,3% em relação à safra anterior, a produção total de grãos deve chegar a 268,7 milhões de toneladas, volume 4,2% ou 10,9 milhões de toneladas superior ao obtido na safra 2019/20. A área semeada de soja deve ter crescimento de 2,5%, para 37,88 milhões de hectares. A produção deve chegar a 133,67 milhões de toneladas, contra 124,85 milhões da safra 2019/20 e 113,73 milhões da média dos últimos 5 anos.


Na safra de milho, a previsão inicial é de recuo de 0,2% na área total semeada, para 18,482 milhões de hectares. Já a produção deve ter crescimento de 2,6% em relação à safra anterior, para 105,17 milhões de toneladas, contra 89,71 milhões da média dos últimos 5 anos.


O número de mortos em todo o mundo causados pelo novo coronavírus (COVID-19) subiu para 1.057.505 hoje, de 1.051.753 até ontem, com 36.265.982 casos confirmados. Desde ontem são quase 300.000 novos casos confirmados em todo o mundo. O número de recuperados da pneumonia causada pelo vírus chegou a 25.283.401 hoje, de 24.791.181 até ontem.


No Brasil, o número de casos de COVID-19 subiu para 5.002.357 hoje, de 4.969.141 até ontem, segundo o consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde. O número de mortos chegou a 148.304, de 147.494 até ontem. O número de pacientes recuperados somam 4.391.424, de 4.352.871 até ontem.


O dólar opera estável frente a outras moedas. O segundo debate presidencial entre o presidente Donald Trump e o candidato democrata Joe Biden, agendado para 15 de outubro, será realizado virtualmente, segundo a Comissão bipartidária de Debates Presidenciais. Minutos após o anúncio, no entanto, Trump disse que não participará: “Não, não vou perder meu tempo com um debate virtual”, disse ele durante uma entrevista no canal Fox Business. Mais tarde Trump afirmou que fará um comício naquela noite.


Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego nos EUA caíram 9.000 pedidos na semana encerrada no dia 3 de outubro, para taxa sazonalmente ajustada de 840.000 pedidos, segundo o Departamento de Trabalho (DoL). A média móvel de 4 semanas caiu 13.250 pedidos, para 857.000. A taxa de desemprego caiu 0,7 ponto percentual na semana encerrada no dia 26 de setembro, para 7,5%.


No Brasil a moeda opera com leve baixa. Ontem a moeda subiu 0,64%, a R$ 5,6263. Em agosto, a produção industrial de 12 dos 15 locais pesquisados teve taxas positivas frente a julho, na série com ajuste sazonal, segundo o IBGE. O maior avanço foi no Pará (9,8%), o terceiro consecutivo, acumulando ganho de 18,2% no período. Seis locais cresceram acima da média nacional (3,2%): Santa Catarina (6,0%), Ceará (5,7%), Rio Grande do Sul (5,2%), Amazonas (4,9%), São Paulo (4,8%) e Rio de Janeiro (3,3%). Região Nordeste (3,0%), Paraná (2,9%), Mato Grosso (2,6%), Goiás (1,2%) e Bahia (0,9%) também tiveram altas em agosto. Já as quedas foram em Pernambuco (-3,9%) Espírito Santo (-2,7%) e Minas Gerais (-0,4%).

As vendas do varejo do Brasil cresceram 3,4% em agosto ante julho, na série com ajuste sazonal, após alta de 5,0% em julho de 2020, segundo o IBGE. Com esse resultado, o volume de vendas do varejo atingiu o maior patamar da série histórica da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) do IBGE, ficando 2,6% acima do recorde anterior, de outubro de 2014. A média móvel trimestral cresceu 5,6% no trimestre encerrado em agosto. Frente a agosto de 2019, na série sem ajuste sazonal, o comércio varejista cresceu 6,1%. Já o acumulado nos últimos 12 meses foi 0,5%.


As bolsas globais operam majoritariamente em alta.


Os futuros do petróleo voltam a subir com a passagem do furacão Delta pelo Golfo do México, paralisando parte da produção local.


No Brasil, a frente fria avança e deixa o tempo chuvoso em parte do Sul e Sudeste amanhã.

Previsão de Precipitação Brasil, 24 horas, em milímetros.



Na Argentina, tempo predominantemente estável amanhã.

Previsão de Precipitação Argentina, 24 horas, em milímetros.

Nos EUA, tempo estável no Meio-Oeste amanhã.

Previsão de Precipitação EUA, 24 horas, em polegadas.



O furacão Delta atinge a costa sul dos EUA na noite de amanhã como furacão de categoria 3, com ventos de até 185 km/h. Espera-se que o Delta produza até 400mm de chuva do sudoeste ao centro-sul da Louisiana.


Prêmios *referente ao dia anterior

Paranaguá

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Out

200

210

Nov

195

205

Mar

65

75

Abr

65

75

FARELO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

17

18

ÓLEO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

580

600

Golfo do México – EUA

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Out

75

79

Nov

81

85

Dez

82

86

MILHO

COMPRADOR

VENDEDOR

Out

69

72

Nov

70

74

Dez

71

75

Físicos criam circuito com grafeno que gera energia limpa e ilimitada

Por Ademilson Ramos, Engenharia É


Físicos da Universidade do Arkansas, nos Estados Unidos, desenvolveu um circuito capaz de capturar o movimento térmico do grafeno para convertê-lo em eletricidade. “Um circuito de coleta de energia baseado em grafeno poderá ser incorporado em um chip e assim fornecer energia limpa, ilimitada e de baixa voltagem para pequenos dispositivos ou sensores”, explicou Paul Thibado, professor de Física da Universidade.

O estudo publicado na revista científica Physical Review E, chegou para comprovar a teoria que o mesmo grupo de físicos desenvolveu há três anos de que o grafeno independente ondula e se deforma a fim de possibilitar a captação de energia.

O grafeno, que ganhou relevância no Brasil após comentários do presidente da república Jair Bolsonaro, é um material cristalino extremamente fino formado por átomos de carbono e com alto poder de condução. Por suas propriedades físicas revolucionários, é reconhecido como o futuro da tecnologia.

O estudo descobriu que, se em temperatura ambiente, o movimento térmico do grafeno induz uma corrente alternada (CA) em um circuito, algo considerado impossível até então.

Nós também descobrimos que o comportamento tipo interruptor dos diodos na verdade amplifica a potência fornecida, ao invés de reduzi-la, como se pensava anteriormente”, disse Thibado.

A taxa de variação da resistência fornecida pelos diodos adiciona um fator extra à potência. Além do mais, os físicos utilizam um campo relativamente novo da física para entender uma teoria antiga, os quais, juntos, puderam provar que os diodos aumentam a potência do circuito. Para então provar este aumento de poder, são baseados no campo emergente da termodinâmica estocástica e estendemos a famosa teoria de Nyquist, quase centenária.

Os físicos ainda descobriram que o movimento relativamente lento do grafeno induz corrente no circuito em baixas frequências, o que é importante do ponto de vista tecnológico porque a eletrônica funciona com mais eficiência em frequências mais baixas.

Entretanto, o próximo objetivo da equipe de físicos é determinar se a CC pode ser armazenada em um capacitor para uso posterior. Se milhões desses minúsculos circuitos pudessem ser construídos em um chip de milímetro por milímetro, então poderiam funcionar como substitutos a baterias de potência baixa.

TRADINCOM CONSULTORIA EM NEGÓCIOS AGROPECUÁRIOS LTDA.®

+55 (41) 3434-5757

Al Dr Carlos de Carvalho, Wall Street Center, 771, Curitiba PR – Brasil, CEP 80.430-180.

www.tradincom.com

Esse é apenas um resumo de várias informações que recebemos, oferecemos oportunidades estratégicas particulares a cada necessidade de empresas ou operadores de mercado. Fiquem à vontade para requisitar opiniões estratégicas em posições ou mesmo sobre o processo de abertura de contas em Chicago.

Negociar futuros e opções envolve riscos substanciais e não é adequado para todos os investidores. O desempenho passado não é indicativo de resultados futuros. A Tradincom não distribui relatórios de pesquisa, empregam analistas, ou mantêm um departamento de pesquisa, tal como definido no Regulamento da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) 1.71, e portanto, este material não deve ser interpretado como uma solicitação para entrar em uma transação de derivativos.

Esse material é somente como base de informações e deve ser considerado como um comentário de mercado, meramente uma observação do cenário econômico, politico e de notícias atuais e históricas. Não há nenhuma intenção de solicitação de compra ou venda de ativos de commodities, mas somente uma visão geral de possíveis estratégias de mercado. Não sendo responsável por qualquer resultado de decisões de trading, mas sendo apenas mais uma fonte de informações para aqueles que acreditam na fonte de informações.

Compartilhe nas redes sociais

Seja o primeiro à comentar.

Enviar comentário