Bom dia, a Bolsa de Chicago opera em baixa nos principais ativos, devolvendo parte dos ganhos de ontem.

Os EUA esmagaram 160,621 milhões de bushels de soja em janeiro, segundo o relatório do NOPA (Associação Nacional de Processamento de Oleaginosas dos EUA), acima das expectativas de 159,14 milhões de bushels. Os estoques de óleo de soja subiram de 1,434 bilhão para 1,629 bilhão de libras, contra 1,582 bilhão de libras de janeiro de 2016.

Fundos compradores ontem estimados em: 11.000 contratos de soja; 10.500 contratos de milho; 5.000 contratos de farelo de soja; 3.500 contratos de trigo. Fundos vendedores em 4.000 contratos de óleo de soja.

O USDA divulga hoje o relatório de vendas semanais para exportação dos EUA. Expectativas: soja 500k-750k t; milho 900k-1,1kk; farelo de soja 150k-350k; óleo de soja 8k-30k.

A produção de etanol de milho nos EUA caiu para 1.040 mil barris diários na semana terminada no dia 10, ante 1.055 mil barris da semana anterior e 975 mil barris do mesmo período do ano passado. Já os estoques passaram de 22,08 milhões de barris para 22,5 milhões de barris nesta semana, contra 23,22 milhões do mesmo período do ano passado.

O dólar opera em baixa frente a outras moedas. No Brasil a moeda abriu com leve baixa e agora vale R$3,0534, -0,23% (10h35). O Banco Central realiza hoje novo leilão de até 6.000 contratos de swap cambial tradicional para rolagem dos contratos com vencimento em março, com valor de venda de US$300 milhões, assim como no dia anterior. Ontem a Câmara dos Deputados aprovou a nova fase da repatriação de recursos. As datas de início e término ainda não foram definidas. A regularização conta com alíquota de 15% de imposto e 20% de multa. Com isso, a expectativa é de entrada de mais recursos no país. Ontem a moeda caiu 0,94%, a R$3,067, o menor valor de fechamento desde junho de 2015.

O Índice de Atividade Econômica (IBC-Br), considerado uma prévia do PIB, registrou baixa de 0,36% no acumulado do quarto trimestre de 2016, acumulando retração de 4,55% em 2016.

O fluxo cambial do Brasil está negativo em US$ 2,450 bilhões em fevereiro até o dia 10, após registrar entradas líquidas de US$ 3,664 bilhões em janeiro, segundo o Banco Central. O canal financeiro apresentou saídas líquidas de US$ 2,945 bilhões no período. No comércio exterior, o saldo de fevereiro até o dia 10 é positivo em US$ 494 milhões.

As bolsas asiáticas fecharam em alta nos principais ativos, acompanhando os ganhos das bolsas norte-americanas no dia anterior. As principais bolsas dos EUA voltaram a renovar máximas históricas na sessão de ontem. Ontem o Ibovespa subiu 1,89%, aos 67.975 pontos, o maior patamar desde março de 2012.

Os futuros do petróleo operam próximo à estabilidade. Os estoques de petróleo dos EUA tiveram avanço de 9,527 milhões de barris na semana encerrada em 10 de fevereiro, para 518,119 milhões de barris, segundo o Departamento de Energia (DoE). A expectativa dos analistas era de um avanço menor, de 2,9 milhões de barris. Os estoques de gasolina tiveram alta de 2,846 milhões de barris. Os estoques de petróleo em Cushing recuaram 702 mil barris, para 64,568 milhões de barris. A produção de petróleo dos EUA caiu para 8,977 milhões de barris, de 8,978 milhões de barris na semana anterior.

A inflação ao consumidor dos EUA medido pelo índice de preços ao consumidor (CPI) nos Estados Unidos subiu 0,6% em janeiro na comparação com dezembro, após ajustes sazonais, segundo o Departamento do Trabalho. O resultado veio melhor do que o esperado. O núcleo do CPI, que exclui itens voláteis como alimentos e energia, avançou 0,3% na comparação mensal. Na comparação anual, o CPI subiu 2,5% em janeiro. Já o núcleo do CPI teve alta anual de 2,3%.

As vendas no varejo dos EUA avançaram 0,4% em janeiro na comparação com o mês anterior, segundo o Departamento do Comércio. Os analistas previam alta de 0,1%. Excluindo-se automóveis, as vendas no varejo cresceram 0,8% em janeiro ante dezembro. Ao excluir automóveis e gasolina, as vendas no varejo subiram 0,7% em janeiro.


CLIMA

 

No Brasil, tempo predominantemente seco hoje.

Previsão de Precipitação Brasil, 24 horas, em milímetros.

Na Argentina, as chuvas voltam às regiões produtoras de soja e milho a partir de hoje

Previsão de Precipitação Argentina, 24 horas, em milímetros.

Precipitação Acumulada Argentina, 24 horas, em milímetros.


PRÊMIOS

 

Paranaguá

Golfo do México – EUA


MATÉRIA DO DIA

 

Astrônomos descobrem 60 novos planetas vizinhos do Sistema Solar, incluindo uma super-Terra
O Gliese 411b é quente e com superfície rochosa, assim como o nosso planeta.
Por G1


Ilustração do que seria a super-Terra (Foto: UNIVERSITY OF HERTFORDSHIRE)

Uma equipe internacional descobriu 60 novos planetas que orbitam estrelas próximas ao Sistema Solar. O grupo chama a atenção para o Gliese 411b, uma super-Terra (planeta maior que o nosso, mas menor que Netuno) quente e com uma superfície rochosa.

Além desses planetas em órbita de estrelas, também foram encontrada evidências de outros 54 possíveis planetas adicionais, totalizando 114. Os resultados são baseados em observações feitas durante 20 anos (desde 1996) por meio do telescópio Keck-I, localizado no Havaí.

De acordo com os pesquisadores, a descoberta demonstra que boa parte das estrelas mais próximas do Sol têm planetas em órbita. A equipe obteve mais de 61 mil observações de 1,6 mil estrelas. O sol de Gliese 411b, a “super-Terra”, é a quarta estrela mais próxima do nosso Sol.

Mikko Tuomi, da Universidade de Hertfordshire, único baseado na Europa, analisou os dados do grupo que revelou a existência dos novos planetas.

“É fascinante pensar que, quando olhamos para estrelas mais próximas, todas parecem ter planetas em sua órbita. Isso é algo de que os astrônomos não estavam convencidos. Esses novos planesantes para futuros esforços de imagem dos planetas diretamente”, disse.


Esse é apenas um resumo de várias informações que recebemos, oferecemos oportunidades estratégicas particulares a cada necessidade de empresas ou operadores de mercado. Fiquem à vontade para requisitar opiniões estratégicas em posições ou mesmo sobre o processo de abertura de contas em Chicago.
Negociar futuros e opções envolve riscos substanciais e não é adequado para todos os investidores. O desempenho passado não é indicativo de resultados futuros. A Tradincom não distribui relatórios de pesquisa, empregam analistas, ou mantêm um departamento de pesquisa, tal como definido no Regulamento da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) 1.71, e portanto, este material não deve ser interpretado como uma solicitação para entrar em uma transação de derivativos.
Esse material é somente como base de informações e deve ser considerado como um comentário de mercado, meramente uma observação do cenário econômico, politico e de notícias atuais e históricas. Não há nenhuma intenção de solicitação de compra ou venda de ativos de commodities, mas somente uma visão geral de possíveis estratégias de mercado. Não sendo responsável por qualquer resultado de decisões de trading, mas sendo apenas mais uma fonte de informações para aqueles que acreditam na fonte de informações.

Compartilhe nas redes sociais

Seja o primeiro à comentar.

Enviar comentário