Boa tarde, a Bolsa de Chicago opera entre ganhos e perdas, com a soja em alta com demanda aquecida nos EUA e expectativa sobre guerra comercial. As negociações comerciais entre os EUA e a China foram retomadas hoje em Washington pela primeira vez em quase dois meses. As negociações de hoje e amanhã visam estabelecer as bases para conversas de alto nível no início de outubro. Essas são discussões em nível de suplente, portanto, não se espera um acordo, mas os comerciantes aguardam sinais de progresso, pois isso deve iniciar negociações maiores no próximo mês.


Fundos vendedores ontem estimados em 4.000 contratos de soja e 2.000 contratos de farelo de soja. Fundos compradores estimados em 7.000 contratos de milho, 3.000 contratos de trigo e 2.000 contratos de óleo de soja.

O USDA divulgou na manhã de hoje o relatório semanal de vendas para exportação dos EUA, com números acima do esperado para a soja e milho. Na semana encerrada no dia 12 de setembro, as vendas de soja 2019/20 foram de 1,73 milhão de toneladas, contra 852 mil do mesmo período do ano passado. A safra futura segue sem registro de vendas, contra 80 mil toneladas vendadas no mesmo período de 2018.


As vendas de milho foram de 1,46 milhão de toneladas, contra 1,38 milhão do mesmo período de 2018. As vendas 2020/21 foram de 65 mil toneladas, acumulando 125 mil toneladas na temporada futura, contra 81 mil do mesmo período do ano passado.


O dólar opera em baixa frente a outras moedas após corte dos juros nos EUA. O Federal Reserve cortou a taxa básica de juros da economia em 0,25 ponto percentual, para o intervalo entre 1,75% e 2%. O resultado era amplamente esperado pelo mercado. Foi a segunda redução do ano, e seguida da última. Em comunicado, o Fed justificou a decisão apontando o desenvolvimento da economia global e a fraqueza de pressões inflacionárias, embora a economia norte-americana siga crescendo em um ritmo moderado e o mercado de trabalho permaneça forte.


Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego nos EUA subiram 2.000 pedidos na semana encerrada no dia 14 de setembro, para taxa sazonalmente ajustada de 208.000 pedidos, segundo o Departamento de Trabalho. O dado da semana anterior foi revisado de 204.000 para 206.000 pedidos. A média móvel de 4 semanas caiu 750 pedidos, a 212.250.


No Brasil a moeda opera em alta, próximo dos R$4,15 após corte dos juros no Brasil e EUA. Ontem a moeda subiu 0,65%, a R$ 4,1035. O Banco Central vendeu hoje todos os US$580 milhões ofertados em moeda física e negociou todos os 11.600 contratos de swap cambial reverso ofertados. O Copom (Comitê de Política Monetária) decidiu ontem, por unanimidade, reduzir a taxa Selic para 5,50% ao ano, novo piso histórico. A autoridade fez as seguintes considerações: Indicadores de atividade econômica divulgados desde a reunião anterior do Copom sugerem retomada do processo de recuperação da economia brasileira. O cenário do Copom supõe que essa retomada ocorrerá em ritmo gradual; No cenário externo, a provisão de estímulos monetários adicionais nas principais economias, em contexto de desaceleração econômica e de inflação abaixo das metas, tem sido capaz de produzir ambiente relativamente favorável para economias emergentes. Entretanto, o cenário segue incerto e os riscos associados a uma desaceleração mais intensa da economia global permanecem; O Comitê ressalta que, em seu cenário básico para a inflação, permanecem fatores de risco em ambas as direções. Por um lado, (i) o nível de ociosidade elevado pode continuar produzindo trajetória prospectiva abaixo do esperado. Por outro lado, (ii) uma eventual frustração em relação à continuidade das reformas e à perseverança nos ajustes necessários na economia brasileira pode afetar prêmios de risco e elevar a trajetória da inflação no horizonte relevante para a política monetária; O Copom reitera que a conjuntura econômica prescreve política monetária estimulativa, ou seja, com taxas de juros abaixo da taxa estrutural; O Copom avalia que o processo de reformas e ajustes necessários na economia brasileira tem avançado, mas enfatiza que perseverar nesse processo é essencial para a queda da taxa de juros estrutural e para a recuperação sustentável da economia; O Comitê ressalta ainda que a percepção de continuidade da agenda de reformas afeta as expectativas e projeções macroeconômicas correntes. Em particular, o Comitê julga que avanços concretos nessa agenda são fundamentais para consolidação do cenário benigno para a inflação prospectiva; O Copom reitera que a comunicação dessa avaliação não restringe sua próxima decisão e enfatiza que os próximos passos da política monetária continuarão dependendo da evolução da atividade econômica, do balanço de riscos e das projeções e expectativas de inflação.


As bolsas globais operam majoritariamente em alta após decisões dos Bancos Centrais pelo mundo.


Os futuros do petróleo voltam a subir após a correção dos últimos dias com foco na retomada da produção na Arábia Saudita após os ataques de drones do último fim de semana. A Arábia Saudita disse que vai restaurar a produção perdida até o final deste mês e que vai elevar sua capacidade de produção de volta para 12 milhões de barris por dia até o final de novembro.


O Banco da Inglaterra (BoE) manteve na manhã de hoje a taxa básica de juros da economia em 0,75% e reiterou que um Brexit sem um acordo desaceleraria o crescimento e aumentaria a inflação. Se o Reino Unido conseguir uma saída tranquila da União Europeia, o BoE disse que deve aumentar as taxas de juros britânicas de maneira limitada e gradual no longo prazo, desde que haja recuperação no crescimento global.


No Brasil, tempo chuvoso em parte do Sul, Sudeste e Centro-Oeste amanhã.

Previsão de Precipitação Brasil, 24 horas, em milímetros.




Na Argentina, tempo estável amanhã.

Previsão de Precipitação Argentina, 24 horas, em milímetros.


Nos EUA, tempo chuvoso em boa parte do Meio-Oeste amanhã. A Depressão Tropical Imelda deve provocar chuvas torrenciais no Texas e Louisiana nos próximos dias.

Previsão de Precipitação EUA, 24 horas, em polegadas.



Prêmios *referente ao dia anterior

Paranaguá

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Set

75

85

Out

80

91

Nov

85

96

Fev

45

55

FARELO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Set

-19

-16

Out

-19

-16

Nov

-18

-15

Dez

-18

-15

ÓLEO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

130

170

Golfo do México – EUA

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Set

51

56

Out

41

48

Nov

42

49

MILHO

COMPRADOR

VENDEDOR

Set

53

62

Out

52

58

Nov

54

60

Biorreator usa algas para transformar CO2 em oxigênio

Luiz Nogueira, editado por Rafael Rigues, Olhar Digital


Máquina desenvolvida pela Hypergiant Industries absorve CO2 até 400 vezes mais rapidamente que as árvores

Por uma boa razão, muitas pessoas estão preocupadas com a quantidade de dióxido de carbono (CO2) que está sendo bombeado para a atmosfera. Esse gás tem um alto poder de retenção de calor na atmosfera, o que, consequentemente, causa o que conhecemos como efeito estufa.

Para resolver esse problema, uma empresa de inteligência artificial (IA) chamada Hypergiant Industries criou um biorreator que combina IA e algas para absorver CO2 até 400 vezes mais rápido que as árvores. O dispositivo usa um princípio chamado de “Sequestro de Carbono”. Isso se refere à captura e armazenamento de dióxido de carbono usando processos biológicos. Essa é uma extensão da fotossíntese, na qual plantas, como árvores, usam energia do sol para transformar dióxido de carbono em oxigênio.

“O dispositivo [que criamos] é um modelo de sistema fechado”, explicou Ben Lamm, CEO da Hypergiant Industries. “Todas as partes do processo de crescimento são rigidamente controladas e otimizadas para maximizar o consumo de CO2. A IA monitora luz, calor, crescimento, velocidade da água, pH, CO2 e produção de oxigênio, tudo para garantir condições ideais de crescimento.”

As algas são uma das máquinas mais eficientes da natureza para o consumo de dióxido de carbono. As algas precisam de três elementos-chave para crescer: dióxido de carbono, luz e água. Por esse motivo, elas foram escolhidas para o projeto.

“Um dos nossos biorreatores é capaz de retirar a mesma quantidade de carbono da atmosfera que um acre inteiro de árvores”, disse Lamm. “Somos uma empresa de tecnologia que produz produtos e soluções de IA – mas primeiro somos humanos e queremos criar produtos que melhorem a condição humana.”

O biorreator da Hypergiant é bastante compacto pelo que se propõe, medindo 91 cm de largura por 2,13 metros de altura. Pequeno o suficiente para caber em edifícios de escritórios que querem adotar soluções mais sustentáveis.

Apesar dos resultados obtidos, Lamm enfatizou que o projeto ainda está em seus estágios iniciais. A ideia da empresa é implantar a tecnologia aos poucos, mas por enquanto o objetivo de Lamm é mostrar que a tecnologia funciona e pode ser uma alternativa para melhorar a qualidade do ar.

Via: Digital Trends

TRADINCOM CONSULTORIA EM NEGÓCIOS AGROPECUÁRIOS LTDA.®

+55 (41) 3434-5757

Al Dr Carlos de Carvalho, Wall Street Center, 771, Curitiba PR – Brasil, CEP 80.430-180.

www.tradincom.com

Esse é apenas um resumo de várias informações que recebemos, oferecemos oportunidades estratégicas particulares a cada necessidade de empresas ou operadores de mercado. Fiquem à vontade para requisitar opiniões estratégicas em posições ou mesmo sobre o processo de abertura de contas em Chicago.

Negociar futuros e opções envolve riscos substanciais e não é adequado para todos os investidores. O desempenho passado não é indicativo de resultados futuros. A Tradincom não distribui relatórios de pesquisa, empregam analistas, ou mantêm um departamento de pesquisa, tal como definido no Regulamento da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) 1.71, e portanto, este material não deve ser interpretado como uma solicitação para entrar em uma transação de derivativos.

Esse material é somente como base de informações e deve ser considerado como um comentário de mercado, meramente uma observação do cenário econômico, politico e de notícias atuais e históricas. Não há nenhuma intenção de solicitação de compra ou venda de ativos de commodities, mas somente uma visão geral de possíveis estratégias de mercado. Não sendo responsável por qualquer resultado de decisões de trading, mas sendo apenas mais uma fonte de informações para aqueles que acreditam na fonte de informações.

Compartilhe nas redes sociais

Seja o primeiro à comentar.

Enviar comentário