Boa tarde, a Bolsa de Chicago opera em baixa nos principais ativos com escalada nas tensões EUA-China. O presidente Donald Trump voltou a atacar a China com o coronavírus avançando nos EUA. De maneira incomum, ele atacou o presidente Xi Jinping, sem nomeá-lo, dizendo que a “dor e carnificina” do coronavírus que se espalhou pelo país “tudo vem do topo”. A Casa Branca divulgou uma ampla crítica às políticas econômicas e militares de Pequim sem detalhar nenhuma resposta específica.


Fundos compradores ontem estimados em 3.000 contratos de soja, 2.000 contratos de óleo e 1.000 contratos de farelo. Fundos vendedores estimados em 11.000 contratos de trigo e 4.000 contratos de milho.

O USDA divulgou hoje o relatório de vendas semanais para exportação dos EUA, com números acima do esperado para a soja e dentro do esperado para o milho. Na semana encerrada no dia 14 de maio, as vendas de soja 2019/20 foram de 1,21 milhão de toneladas, contra 607 mil da semana anterior e 536 mil do mesmo período do ano passado. Na temporada as vendas de soja somam 41,52 milhões de toneladas, contra 45,77 milhões do mesmo período do ano passado. As vendas 2020/21 foram de 464 mil toneladas, acumulando 2,13 milhões de toneladas na temporada futura.


As vendas de milho 2019/20 foram de 884 mil toneladas, contra 1,073 milhão da semana anterior e 442 mil do mesmo período do ano passado. Na temporada as vendas de milho dos EUA somam 39,48 milhões de toneladas, contra 47,94 milhões do mesmo período da temporada anterior. As vendas futuras tiveram dedução de 29 mil toneladas, a 3,34 milhões de toneladas no acumulado da temporada.


A produção semanal de etanol de milho nos EUA subiu a 663 mil barris diários na semana encerrada no dia 15 de maio, de 617 mil da semana anterior, segundo a Agência de Informação de Energia (EIA). Já os estoques caíram de 24,19 milhões para 23,626 milhões de barris, contra 23,404 milhões do mesmo período do ano passado.


O número de mortos causados pelo novo coronavírus (COVID-19) subiu para 329.300 hoje, de 324.240 até ontem, com 4.858.850 casos confirmados em 188 países e territórios. Desde ontem são quase 80.000 novos casos confirmados em todo o mundo. O número de recuperados da pneumonia causada pelo vírus chegou a 1.918.938 hoje, de 1.859.639 até ontem.


No Brasil, o número de casos de COVID-19 subiu para 296.033 hoje, de 271.628 até ontem, segundo as secretarias estaduais de Saúde. O número de mortos chegou a 19.148, de 17.971 até ontem. O número de pacientes recuperados somam 116.683, de 106.794 até ontem.


O dólar opera em alta frente a outras moedas.


Os pedidos iniciais de auxílio desemprego nos EUA caíram 249 mil pedidos na semana encerrada no dia 16 de maio, para taxa sazonalmente ajustada de 2,438 milhões de pedidos, segundo o Departamento de Trabalho. A média móvel de 4 semanas caiu 501 mil pedidos, a 3,042 milhões. Desde o início da pandemia do coronavírus os pedidos iniciais de auxílio desemprego somam 38,6 milhões de pedidos.


As vendas de casas usadas nos EUA recuaram 17,8% em abril ante março, para taxa sazonalmente ajustada de 4,33 milhões de unidades, segundo a Associação Nacional de Corretores (NAR). Na comparação com abril de 2019 o recuo foi de 17,2%.


No Brasil a moeda segue em baixa realizando as altas recentes. Ontem a moeda caiu 1,20%, a R$5,6875. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), voltou a defender ontem que o presidente Jair Bolsonaro sancione ainda nesta semana o projeto que estabelece socorro financeiro a Estados e municípios, com repasse previsto em R$60 bilhões. O projeto foi aprovado pelo Senado no último dia 6 e ainda aguarda a sanção presidencial. Ontem o presidente Jair Bolsonaro anunciou que sancionará em breve o projeto de auxílio, e pediu apoio aos governadores ao veto referente ao aumento para servidores públicos. A arrecadação do governo federal teve queda real de 28,95% em abril, a R$101,154 bilhões, pior resultado para o mês da série histórica da Receita Federal, que teve início em 2007. Por conta da pandemia do coronavírus, o governo possibilitou o atraso no pagamento de uma série de tributos às empresas e famílias, impactando com R$35,111 bilhões nas contas.


As bolsas globais operam majoritariamente em baixa.


Os futuros do petróleo seguem em alta após recuo nos estoques dos EUA.


Os estoque de petróleo bruto dos EUA recuaram 4,983 milhões de barris na semana encerrada no dia 15 de maio, a 526,508 milhões de barris, segundo o Agência de Informação de Energia (EIA). A expectativa do mercado estava em um recuo menor, de 745 mil barris. Já os estoques de gasolina subiram 2,83 milhões de barris e os de destilados subiram 3,832 milhões de barris no período.


No Brasil, tempo chuvoso no Centro-Sul nos próximos dias.

Previsão de Precipitação Brasil, 7 dias, em milímetros.

Na Argentina, tempo chuvoso no leste do país amanhã.

Previsão de Precipitação Argentina, 24 horas, em milímetros.


Nos EUA, tempo chuvoso em boa parte do país amanhã.

Previsão de Precipitação EUA, 24 horas, em polegadas.



Prêmios *referente ao dia anterior

Paranaguá

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Mai

65

72

Jun

68

80

Jul

78

85

Ago

85

95

FARELO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Mai

-2

3

Jun

-5

-1

Jul

-6

-3

Ago

-10

-7

ÓLEO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

40

80

Golfo do México – EUA

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Mai

54

59

Jun

56

61

Jul

60

65

MILHO

COMPRADOR

VENDEDOR

Mai

51

56

Jun

49

55

Jul

48

56

Cientistas da Nasa descobrem evidências de possível universo paralelo

Luiz Nogueira, editado por Fabiana Rolfini, Olhar Digital


Partículas estranhas observadas por um experimento na Antártica podem ser evidências de uma realidade alternativa em que as leis da física funcionam de maneira contrária

Em um cenário que parece ter saído de um filme de ficção científica, um grupo de cientistas da Nasa detectou evidências da existência de um universo paralelo, em que as regras da física são opostas às nossas. Esse ‘mundo invertido’ foi descoberto durante um experimento realizado na Antártica.

Usando a Antena Impulsiva Transiente da Antártica (Anita), da Nasa, os especialistas tinham a intenção de detectar o constante “vento” de partículas de alta energia vindas do espaço. O ar frio e seco do local oferecia o ambiente perfeito para que não houvessem distorções na captação desse fenômeno.

Devido à baixa energia e massa próxima a zero, os neutrinos subatômicos podem passar completamente pela Terra. No entanto, uma variante de alta energia é interrompida pela matéria sólida do nosso planeta.

Isso significa que elas só podem vir do espaço, já que, se estivessem por aqui, seriam barradas pelos elementos sólidos presentes. Porém, o que chocou os especialistas foi que detectaram um ruído vindo da Terra. Ao analisarem os dados, encontraram neutrino de alta energia saindo do chão.

Viagem no tempo

A descoberta implica que essas partículas podem estar realmente viajando para trás no tempo, sugerindo evidências de um universo paralelo, em que as leis da física funcionam de forma contrária às nossas.

Peter Gorham, físico experimental de partículas da Universidade do Havaí e um dos principais pesquisadores por trás do projeto Anita, sugeriu que a única maneira do neutrino de alta energia se comportar dessa maneira é se ele se transformasse em um tipo diferente de partícula antes de passar pela Terra.

Ao descrever o fenômeno, o especialista disse que alguns colegas que presenciaram o acontecido ainda estavam céticos, mas que ficaram intrigados com a descoberta. De acordo com ele, a explicação mais simples para o acontecido é que, no momento do Big Bang, explosão que deu origem a tudo, dois universos foram formados: o nosso e um que, da nossa perspectiva, apresenta regras opostas da física.

Porém, pelo menos por enquanto, não há como ter certeza de que há um universo paralelo coexistindo com o nosso. Mesmo assim, essa descoberta não deve ser ignorada. Estudos mais aprofundados talvez possam esclarecer essa questão.

Via: New York Post

TRADINCOM CONSULTORIA EM NEGÓCIOS AGROPECUÁRIOS LTDA.®

+55 (41) 3434-5757

Al Dr Carlos de Carvalho, Wall Street Center, 771, Curitiba PR – Brasil, CEP 80.430-180.

www.tradincom.com

Esse é apenas um resumo de várias informações que recebemos, oferecemos oportunidades estratégicas particulares a cada necessidade de empresas ou operadores de mercado. Fiquem à vontade para requisitar opiniões estratégicas em posições ou mesmo sobre o processo de abertura de contas em Chicago.

Negociar futuros e opções envolve riscos substanciais e não é adequado para todos os investidores. O desempenho passado não é indicativo de resultados futuros. A Tradincom não distribui relatórios de pesquisa, empregam analistas, ou mantêm um departamento de pesquisa, tal como definido no Regulamento da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) 1.71, e portanto, este material não deve ser interpretado como uma solicitação para entrar em uma transação de derivativos.

Esse material é somente como base de informações e deve ser considerado como um comentário de mercado, meramente uma observação do cenário econômico, politico e de notícias atuais e históricas. Não há nenhuma intenção de solicitação de compra ou venda de ativos de commodities, mas somente uma visão geral de possíveis estratégias de mercado. Não sendo responsável por qualquer resultado de decisões de trading, mas sendo apenas mais uma fonte de informações para aqueles que acreditam na fonte de informações.

Compartilhe nas redes sociais

Seja o primeiro à comentar.

Enviar comentário