Bom dia, a Bolsa de Chicago opera em alta nos principais ativos. Hoje o ministro do Comércio chinês, Gao Feng, disse que as equipes comerciais da China e dos EUA seguem em contato e espera que os EUA parem com suas ações erradas sobre tarifas ou a China terá de retaliar: “Apesar da decisão dos EUA de adiar tarifas sobre alguns produtos chineses…se os EUA se sobrepuserem à oposição da China e adotarem qualquer nova tarifa, a China será forçada a adotar ações retaliatórias”.


O USDA reportou ontem a venda de 328.000 toneladas de milho 2019/20 para o México.

O USDA divulga hoje o relatório de vendas semanais para exportação dos EUA, com expectativa de vendas de soja entre 150 mil e 800 mil toneladas, milho entre 250 mil e 1.000 mil, trigo entre 300 mil e 500 mil, farelo de soja entre 100 mil e 350 mil, óleo de soja entre 5 mil e 25 mil toneladas.

O Pro Farmers Crop Tour divulgou ontem a resultado do terceiro dia, com a produtividade do milho em Ilinois em 171,17 bushels por acre, contra 192,63 do ano anterior.

A produção semanal de etanol de milho nos EUA caiu a 1.023 mil barris diários na semana encerrada no dia 16 de agosto, de 1.045 mil da semana anterior, segundo a Agência de Informação de Energia (EIA). Os estoques caíram de 23,883 milhões para 23,367 milhões de barris, contra 23,259 milhões do mesmo período do ano passado.


O dólar opera em baixa frente a outras moedas. O Federal Reserve divulgou ontem a ata da última reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (FOMC), que reduziu a taxa básica de juros da economia dos EUA em 0,25 ponto percentual, para faixa entre 2-2,25%. Segundo a ata, a maioria dos membros votantes defende a adoção de uma política monetária mais agressiva nos EUA. Dois membros votaram, inclusive, para um corte mais agressivo, de 0,50 ponto percentual. A maioria vê a economia americana sólida como cenário-base para a condução da política monetária, porém a guerra comercial com a China é um risco persistente e que se preocupam com a desaceleração do crescimento global. Ontem o presidente Donald Trump voltou a pressionar o Fed e o chair man, Jerome Powell, no Twitter para reduzir a taxa de juros: “Está indo muito bem com a China e outros acordos comerciais. O único problema que temos é Jay Powell e o Fed. Ele é como um jogador de golfe que não consegue jogar, não tem talento. Grande crescimento dos EUA se ele fizer a coisa certa, UM CORTE GRANDE – mas não conte com ele! Estamos competindo com muitos países que têm uma taxa de juros muito menor, e devemos ter juros menores do que o deles”.


Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego nos EUA caíram em 12 mil pedidos na semana encerrada no dia 17 de agosto, a 209 mil pedidos, segundo o Departamento de Trabalho. O dado da semana anterior foi revisado para alta de 1.000 pedidos. A média móvel de 4 semanas subiu 500 pedidos, a 214.500.


No Brasil, a moeda opera com leve alta. O governo anunciou ontem o plano para privatizar nove empresas estatais, entre elas: Telecomunicações Brasileiras S/A (Telebras); Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios); Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp); Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev); Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro); Empresa Gestora de Ativos (Emgea); Centro de Excelência em Tecnologia Eletrônica Avançada (Ceitec); Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp); Agência Brasileira Gestora de Fundos Garantidores e Garantias (ABGF). A viabilidade do plano será analisada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Após a análise, a privatização deverá ter aval do Congresso. O BC iniciou ontem o leilão à vista de dólares anunciada na última semana. A autoridade monetária vendeu US$ 200 milhões à vista durante a manhã, como parte dos US$3,845 bilhões que serão vendidos até o próximo dia 29. Inicialmente estavam previstos para a venda no spot US$ 550 milhões por dia, porém, a demanda ficou abaixo do esperado.


A inflação do Brasil medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), considerado uma prévia da inflação oficial, subiu 0,08% em agosto, após alta de 0,09% em julho, segundo o IBGE. No ano, o IPCA-15 acumula alta de 2,51% e, em 12 meses, alta de 3,22%, desacelerando de 3,27% de julho.


A saída de dólares do Brasil superam a entrada em US$802 milhões em agosto até o dia 16, após entrada líquida de US$2,912 bilhões em julho, segundo o BC. O canal financeiro registrou saídas líquidas de US$ 2,690 bilhões no período, resultado de entradas no valor de US$22,264 bilhões e saídas de US$ 24,954 bilhões. No comércio exterior, o saldo de agosto até o dia 16 é positivo em US$ 1,889 bilhão, resultado de importações de US$8,433 bilhões e exportações de US$10,321 bilhões.


As bolsas globais operam próximo à estabilidade.


Os futuros do petróleo operam em baixa com queda maior do que a esperada nos estoques dos EUA.


Os estoques de petróleo bruto dos EUA recuaram 2,7 milhões de barris na última semana, após alta de 1,58 milhão na semana anterior, segundo a Agência de Informação de Energia (EIA). O recuo veio maior do que o esperado pelos analistas, que era de 1,9 milhão de barris.


No Brasil, tempo chuvoso hoje no oeste do Sul e sul do MS, litoral do Sudeste e parte do Norte.

Previsão de Precipitação Brasil, 24 horas, em milímetros.



Na Argentina, tempo estável hoje.

Previsão de Precipitação Argentina, 24 horas, em milímetros.


Nos EUA, tempo chuvoso do Oklahoma à Pensilvânia hoje.

Previsão de Precipitação EUA, 24 horas, em polegadas.



Prêmios *referente ao dia anterior

Paranaguá

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Set

136

145

Out

131

141

Nov

132

142

Fev

50

62

FARELO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Set

-22

-19

Out

-22

-19

Nov

-20

-17

Dez

-20

-17

ÓLEO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

140

220

Golfo do México – EUA

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Set

42

48

Out

36

46

Nov

34

44

MILHO

COMPRADOR

VENDEDOR

Set

41

48

Out

40

47

Nov

37

46

Transplante de coração de porcos em humanos será possível em três anos, diz especialista

Para Terence English, um dos pioneiros no transplante de corações humanos, o novo procedimento irá virar realidade mais depressa do que se imagina

Por Ingrid Luisa, Super Interessante

(HRAUN/Getty Images)

“Xenotransplante” é o nome dado ao transplante de órgãos entre espécies diferentes. Muitos pesquisadores enxergam isso como o futuro dos transplantes, devido à dificuldade de órgãos humanos disponíveis para tal procedimento.

Pode parecer inusitado, mas um dos animais mais promissores para a técnica é o porco. Anatomicamente, órgãos como fígado, coração e rins deles são muito parecidos com os nossos. Lógico, os de animais primatas também são, mas os porcos chegam a fase adulta bem mais rápido – com apenas 1 ano, um porco já atinge sua maturidade e pode ser doador, enquanto o macaco só chega na mesma fase aos 7 anos –, o que facilita bastante as pesquisas.

Agora, segundo um relatório do cirurgião inglês pioneiro em transplantes de coração no Reino Unido, Sir Terence English, um transplante de coração entre suínos e humanos está mais próximo do que imaginamos: pode acontecer em 2022.

A equipe do médico de 87 anos (e mais de 50 de medicina dedicada a transplantes) já está agendando um teste clínico para substituir um rim humano defeituoso por um de porco este ano. Se tudo der certo, ele acredita que isso pode mudar drasticamente os tratamentos humanos.

“Se o resultado do xenotransplante for satisfatório com os rins suínos em seres humanos, é provável que os corações sejam usados ​​com bons efeitos em humanos dentro de alguns anos”, afirmou ele ao The Sunday Telegraph. “Se funcionar com rim, certamente funcionará com um coração – e vai transformar a questão [dos transplantes]”.

Em maio deste ano, uma terapia genética para tratar corações que sofreram dano pós ataque cardíaco se mostrou promissora. E os especialistas esperam testar o transplante com corações adaptados o mais rápido possível.

Para um rim, coração ou pulmão de porco salvarem a vida de uma pessoa, o sistema imunológico humano tem que ser induzido a não reconhecer que aquele novo órgão provém de outra espécie. É aí que entra a técnica de edição de genes Crispr, permitindo que os pesquisadores façam alterações específicas, realizando pequenas adaptações necessárias no órgão. Claro, medicamentos imunossupressores para combater uma possível rejeição serão necessários, mas hoje até procedimentos entre humanos exigem que o transplantado tome essas medicações – alguns para o resto da vida.

Vale lembrar que os britânicos não estão sozinhos nessa empreitada: cientistas americanos estão testando órgãos de suínos em primatas não humanos, um passo crucial em direção a um ensaio clínico em seres humanos. Na Coreia do Sul, pesquisadores pretendem transplantar córneas de porco para humanos dentro de um ano. No Brasil – país que ocupa a segunda colocação em número absoluto de transplantes, atrás apenas dos Estados Unidos –, a pesquisadora Mayana Zatz lidera uma série de estudos para tornar possível o transplante entre suínos e humanos.

Os cientistas mais otimistas acreditam, inclusive, que porcos prontos para transplante poderiam fazer muito mais do que apenas fornecer órgãos: poderiam, também, serem usados ​​para produzir células capazes de solucionar problemas como diabetes, anemia falciforme e até Parkinson. Resta esperar para ver os resultados dos primeiros testes clínicos – e como aspectos éticos, religiosos e legais do xenotransplante serão encarados após um possível sucesso.

TRADINCOM CONSULTORIA EM NEGÓCIOS AGROPECUÁRIOS LTDA.®

+55 (41) 3434-5757

Al Dr Carlos de Carvalho, Wall Street Center, 771, Curitiba PR – Brasil, CEP 80.430-180.

www.tradincom.com

Esse é apenas um resumo de várias informações que recebemos, oferecemos oportunidades estratégicas particulares a cada necessidade de empresas ou operadores de mercado. Fiquem à vontade para requisitar opiniões estratégicas em posições ou mesmo sobre o processo de abertura de contas em Chicago.

Negociar futuros e opções envolve riscos substanciais e não é adequado para todos os investidores. O desempenho passado não é indicativo de resultados futuros. A Tradincom não distribui relatórios de pesquisa, empregam analistas, ou mantêm um departamento de pesquisa, tal como definido no Regulamento da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) 1.71, e portanto, este material não deve ser interpretado como uma solicitação para entrar em uma transação de derivativos.

Esse material é somente como base de informações e deve ser considerado como um comentário de mercado, meramente uma observação do cenário econômico, politico e de notícias atuais e históricas. Não há nenhuma intenção de solicitação de compra ou venda de ativos de commodities, mas somente uma visão geral de possíveis estratégias de mercado. Não sendo responsável por qualquer resultado de decisões de trading, mas sendo apenas mais uma fonte de informações para aqueles que acreditam na fonte de informações.

Compartilhe nas redes sociais

Seja o primeiro à comentar.

Enviar comentário