Bom dia, a Bolsa de Chicago opera em alta nos principais ativos.

O USDA divulga amanhã às 13 horas (horário de Brasília) o relatório de área de plantio oficial nos EUA e estoques trimestrais em 1º de junho. Para a área de plantio, a expectativa média do mercado para a área de soja está em 89,750 milhões de acres, contra 89,482 milhões da estimativa de março e 83,433 milhões de 2016. A expectativa para a área de milho está em 89,9 milhões de acres, contra 89,996 milhões de março e 94,004 milhões de 2016. A expectativa para a área de trigo (todos) está em 46,07 milhões, contra 46,059 milhões de março e 50,154 milhões e 2016. Para os estoques trimestrais, a expectativa média para a soja está em 983 milhões de bushels, contra 872 milhões de 1º de junho de 2016, para o milho, em 5,123 bilhões de bushels, contra 4,711 bilhões de 2016, e para o trigo (todos), em 1,137 bilhão de bushels, contra 976 milhões de 2016.

Fundos compradores ontem estimados em: 10.500 contratos de milho; 5.000 contratos de soja; 4.000 contratos de trigo.

Amanhã é o primeiro dia de aviso para os contratos com vencimento em julho.

Devido ao feriado de 4 de julho nos EUA (Dia da Independência) na terça-feira, os grãos e derivados na Bolsa de Chicago terão fechamento mais cedo na segunda-feira (3), às 14:05 para os contratos cheios e às 14:30 nos minicontratos, e não haverá pregão noturno na segunda-feira de noite nem o pregão regular e noturno na terça-feira (4). Na quarta-feira (5), o pregão noturno inicia às 08:30, e o pregão regular inicia no horário normal, às 10:30.

O USDA divulgou na manhã de hoje o relatório de vendas semanais para exportação dos EUA. As vendas de soja 2016/17 foram de 312,4 mil toneladas, dentro das expectativas do mercado. Na temporada, as vendas de soja somam 59,36 milhões de toneladas, contra 50,66 do mesmo período do ano passado. As vendas 2017/18 foram de apenas 2 mil toneladas, bem abaixo das expectativas, acumulando 3,44 milhões na temporada, contra 7 milhões do ano passado.

As vendas de milho 2016/17 foram de 316,2 mil toneladas, abaixo das expectativas. Na temporada, as vendas de milho somam 55,46 milhões de toneladas, contra 46,88 milhões do mesmo período do ano passado. As vendas 2017/18 foram de 68,435 mil toneladas, também abaixo das expectativas, acumulando 2,95 milhões na temporada, contra 5,04 milhões de 2016.

A Abiove elevou a estimativa de produção de soja 2016/17 do Brasil para 113,2 milhões de toneladas, de 112,5 milhões da estimativa anterior, com as exportações passando de 61,7 milhões para 63 milhões de toneladas.

O dólar opera em baixa frente a outras moedas, com dólar índex nos menores níveis desde outubro de 2016.

A economia dos EUA cresceu a uma taxa anualizada de 1,4% no 1º trimestre de 2017 (3ª estimativa), ante expectativa de crescimento de 1,2% e contra 2,1% do 4º trimestre de 2016.

No Brasil, a moeda abriu com leve baixa e agora vale R$3,2920, +0,27% (10h25). Ontem a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou a reforma trabalhista por 16 votos a 9 e 1 abstenção. Agora o texto vai a plenário do Senado, possivelmente na próxima semana. O Banco Central finaliza hoje a rolagem dos contratos de swap cambial tradicional com vencimento julho, com a oferta de até 7.000 contratos no dia de hoje. O Conselho Monetário Nacional (CMN) reduziu ontem a meta de inflação de 2019 para 4,25% e de 2020 para 4%, primeira redução desde 2005. Nos últimos anos a inflação extrapolou e muito o teto da meta, que representa variação de 1,5 ponto do centro da meta. Ontem a moeda caiu 1,01%, a R$3,2849.

As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em alta hoje. O restante das bolsas mundiais operam em baixa. No Brasil, o Ibovespa futuros opera em alta.

Os futuros do petróleo seguem em alta com o movimento de correção, ignorando o relatório de estoques nos EUA. Ontem o Departamento de Energia dos EUA informou que os estoques de petróleo bruto dos EUA tiveram alta de 118 mil barris na última semana, para 509,213 milhões de barris, ante expectativa de queda de 2,6 milhões de barris. Os estoques de gasolina tiveram recuo de 894 mil barris, para 240,972 milhões de barris e os estoques de destilados caíram 223 mil barris, para 152,272 milhões de barris. Os estoques de petróleo em Cushing caíram 297 mil barris, para 60,843 milhões de barris.


CLIMA

 

No Brasil, uma frente fria avança trazendo chuvas para a região Sul hoje.

Previsão de Precipitação Brasil, 24 horas, em milímetros.

Na Argentina, chove no Norte hoje.

Previsão de Precipitação Argentina, 24 horas, em milímetros.

Precipitação Observada Argentina, 24 horas, em milímetros.

Nos EUA, chuvas em praticamente todo o Meio-oeste hoje.

Previsão de precipitação EUA, 24 horas, em polegadas.

Precipitação Observada EUA, 24 horas, em milímetros.

Precipitação Observada EUA, 7 dias, em milímetros.

Mapa de monitoramento da seca nos EUA mostra piora nas condições de umidade nas Dakotas, Nebraska e Oklahoma na última semana. Com isso, as condições das lavouras nestes estados devem apresentar piora.


PRÊMIOS

 


MATÉRIA DO DIA

 

Restos de alimentos e dejetos de animais geram energia limpa no Paraná
Planta da Itaipu Binacional inaugurada neste mês produz biometano e biofertilizantes. Tecnologia utilizada para abastecer veículos será útil para produtores rurais
Da redação Gazeta do Povo


Fábrica de biometano da Itaipu Binacional abastece veículos da própria empresa. Ideia é que produtores rurais utilizem a tecnologia para produzir energia nas propriedades

Após receber investimentos de R$ 2,16 milhões, entrou em funcionamento neste mês a primeira planta da Itaipu Binacional que realiza produção de biometano, com um diferencial: serão utilizados restos de alimentos, conteúdos de esgoto e até mesmo poda de grama.

Esse tipo de combustível é não poluente e tem com características similares às do gás natural. A produção será destinada aos veículos da empresa, que atualmente dispõe de 70 veículos abastecidos a partir do biometano.

Superintendente de Energias Renováveis de Itaipu, Paulo Afonso Schmidt informa que a produção atual é capaz de fornecer combustível para até 100 veículos com rodagem média de 800 quilômetros mês.

“Essa é uma usina de última geração em termos de produção de biogás. Serve para a gente desenvolver o domínio de tecnologias, de sistemas, coisas que nos permitam apoiar outras iniciativas na região”, afirmou Schmidt.

A fábrica foi construída entre 2015 e 2016 e está em funcionamento em caráter experimental. Mensalmente devem ser utilizadas 10 toneladas de restos de alimentos e resíduos orgânicos e 30 toneladas de poda de grama.
Biometano apoia produtor rural

O desenvolvimento dessa tecnologia deve apoiar o produtor rural na produção de carne, para que o alto volume de dejetos de animais seja aproveitado para a produção de biometano, segundo o superintendente.

A ideia é transformar a iniciativa em uma fonte de produção de energia em prefeituras e empresas, gerando renda extra aos produtores rurais e, de quebra, incentivar a produção de energia própria nas propriedades.

A nova fábrica também apoia a agricultura com a produção de biofertilizantes.

*Com informações da Agência Brasil


Compartilhe nas redes sociais

Seja o primeiro à comentar.

Enviar comentário