Boa tarde, a Bolsa de Chicago opera com leve alta nos principais ativos em semana de relatório do USDA e encontro entre EUA e China. Representantes comerciais dos EUA e China se reúnem nesta semana com visões muito diferentes sobre como seria uma possível resolução para a guerra comercial. O vice-premiê Liu He, que liderará a delegação chinesa nas discussões de alto nível que começam na quinta-feira, disse que trará uma oferta que não incluirá compromissos em política industrial ou reformas de subsídios do governo. O presidente Donald Trump disse que seu governo tem uma “chance muito boa” de fazer um acordo comercial com a China e insistiu que não havia vínculos entre as negociações da China e seu desejo de que a China investigasse o candidato presidencial democrata Joe Biden. “Quero fazer um acordo comercial com a China, mas apenas se for bom para o nosso país”, disse o presidente Trump. Os mapas climáticos mostram tempestades de neve no final da semana em parte das Dakotas e oeste de Minnesota, além de geadas no final da semana que vem no noroeste do Cornbelt, ameaçando cerca de 10 a 15% das áreas de cultivo.


O USDA divulga nesta quinta-feira (10) o relatório de oferta e demanda global agrícola (WASDE) de outubro.

A Conab divulga, também no dia 10, o 1o levantamento da safra de grãos 2019/20 do Brasil.

Os fundos foram majoritariamente compradores de soja, milho e farelo de soja, e vendedores de trigo e óleo de soja na CBOT na semana encerrada no dia 1o de outubro, segundo o relatório de comprometimento de traders (COT). Os fundos reduziram as posições vendidas na soja em 32.958 contratos, para 8.730 contratos vendidos. No milho, as posições vendidas foram reduzidas em 33.716 contratos, para 126.174 contratos. No trigo, os fundos aumentaram as posições vendidas em 2.735 contratos, a 21.514 contratos.


O plantio de soja no Brasil atingiu 3,1% até sexta-feira, contra 9,5% do mesmo período de 2018 e no ritmo mais lento desde a safra 2013/14, segundo a AgRural.

O plantio de soja no Mato Grosso atingiu 6,65%, contra 12,62% do mesmo período do ano passado e 9,17% da média dos últimos 5 anos, segundo o IMEA.


O USDA divulga logo mais o relatório de andamento de safra nos EUA, com expectativa da colheita de soja em 13% e do milho em 17%.

O dólar opera em alta frente a outras moedas. O risco de uma recessão está aumentando e a principal ameaça à economia é a guerra comercial do governo Trump, de acordo com um painel de economistas consultado pela Associação Nacional de Economia Empresarial (NABE) divulgado hoje. Segundo Gregory Daco, presidente da pesquisa da NABE, economista-chefe dos EUA, Oxford Economics: “O aumento do protecionismo, a incerteza generalizada das políticas comerciais e o crescimento global mais lento são considerados os principais riscos negativos para a atividade econômica dos EUA”.


No Brasil, a moeda sobe acompanhando o exterior e retomando a alta após a correção da última semana. Na sexta-feira a moeda caiu 0,78%, a R$4,0558, acumulando baixa de 2,40% na semana. O Banco Central divulgou na manhã de hoje o novo boletim de mercado Focus, com expectativa de menor inflação para este e próximo ano. As instituições financeiras reduziram a expectativa para a inflação deste ano de 3,43% para 3,42%, e manteve inalterado a expectativa para o crescimento do PIB em 0,87%. O dólar deve encerrar o ano em R$4,00 e a meta da taxa Selic em 4,75%. Para 2020, a expectativa para a inflação foi reduzida de 3,79% para 3,78% e a expectativa para o crescimento da economia permaneceu em 2%. O dólar deve terminar 2020 em R$3,95 e a meta da Selic em 5%.


As bolsas globais operam majoritariamente em baixa com poucas expectativas sobre um acordo entre EUA e China no encontro desta semana.


Os futuros do petróleo operam em alta realizando as baixas das últimas semanas.


No Brasil, tempo chuvoso em boa parte do país nesta semana.

Previsão de Precipitação Brasil, 7 dias, em milímetros.



Na Argentina, tempo chuvoso nas províncias de Buenos Aires, Santa Fé e Entre Rios nesta semana.

Previsão de Precipitação Argentina, 7 dias, em milímetros.


Nos EUA, tempo chuvoso no Meio-Oeste nesta semana.

Previsão de Precipitação EUA, 5 dias, em polegadas.


As temperaturas ficam abaixo da média para o período.


Prêmios *referente ao dia anterior

Paranaguá

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Out

78

88

Nov

76

87

Fev

30

40

Mar

20

31

FARELO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Out

-25

-23

Nov

-25

-23

Dez

-25

-23

Fev

-23

-21

ÓLEO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

60

170

Golfo do México – EUA

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Out

48

51

Nov

43

48

Dez

40

45

MILHO

COMPRADOR

VENDEDOR

Out

51

58

Nov

52

57

Dez

52

57

Cientistas japoneses criam sangue artificial capaz de ser doador universal

Por Ademilson Ramos, Engenharia É

Cientistas japoneses criaram um “sangue artificial” para ser doador universal. Ele poderá ser usado em transfusões, independentemente do tipo de sangue dos pacientes, e assim dispensar a necessidade de um doador compatível.

O estudo foi publicado na revista médica Transfusion. Foi desenvolvido um substituto para imitar as funções do sangue biológico, para resolver o problema das baixas reservas de doações nos hemocentros.

O sangue artificial pode tornar as transfusões de sangue mais acessíveis.

O sangue artificial será capaz de salvar a vida de pessoas que de outra forma não poderiam ser salvas”, disse o autor do estudo, Manabu Kinoshita, ao jornal japonês Asahi Shimbun.

É difícil estocar uma quantidade suficiente de sangue para transfusões em regiões remotas”, lembra Kinoshita.

A hemoglobina é a proteína que existe no interior dos glóbulos vermelhos e cuja principal função é o transporte de oxigênio. Para substituí-la, a equipe desenvolveu “vesículas de hemoglobina” com um diâmetro de apenas 250 nanômetros que podem servir como transportador de oxigênio.

Sobre testes

Os pesquisadores ainda não fizeram o teste em humanos, mas eles já realizaram a transfusão do sangue “substituto” em 10 coelhos.

Seis deles sobreviveram, isto é a mesma taxa de sucesso que uma transfusão de sangue biológica do mesmo tipo.

Ainda não está muito acertado, porém, se esse tipo de sangue poderá levar a problemas de saúde, já que os pesquisadores não fizeram uma análise no que se refere ao longo prazo. O estudo também alerta que suas descobertas “podem não ser generalizáveis para os seres humanos”.

Mesmo assim, a pesquisa poderá ajudar a encontrar o tão procurado substituto do sangue universal.

TRADINCOM CONSULTORIA EM NEGÓCIOS AGROPECUÁRIOS LTDA.®

+55 (41) 3434-5757

Al Dr Carlos de Carvalho, Wall Street Center, 771, Curitiba PR – Brasil, CEP 80.430-180.

www.tradincom.com

Esse é apenas um resumo de várias informações que recebemos, oferecemos oportunidades estratégicas particulares a cada necessidade de empresas ou operadores de mercado. Fiquem à vontade para requisitar opiniões estratégicas em posições ou mesmo sobre o processo de abertura de contas em Chicago.

Negociar futuros e opções envolve riscos substanciais e não é adequado para todos os investidores. O desempenho passado não é indicativo de resultados futuros. A Tradincom não distribui relatórios de pesquisa, empregam analistas, ou mantêm um departamento de pesquisa, tal como definido no Regulamento da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) 1.71, e portanto, este material não deve ser interpretado como uma solicitação para entrar em uma transação de derivativos.

Esse material é somente como base de informações e deve ser considerado como um comentário de mercado, meramente uma observação do cenário econômico, politico e de notícias atuais e históricas. Não há nenhuma intenção de solicitação de compra ou venda de ativos de commodities, mas somente uma visão geral de possíveis estratégias de mercado. Não sendo responsável por qualquer resultado de decisões de trading, mas sendo apenas mais uma fonte de informações para aqueles que acreditam na fonte de informações.

Compartilhe nas redes sociais

Seja o primeiro à comentar.

Enviar comentário