Bom dia, a Bolsa de Chicago opera mista enquanto o mercado aguarda o possível acordo entre os EUA e Canadá sobre o NAFTA (Tratado Norte-Americano de Livre Comércio). O mercado repercute também as falas do presidente dos EUA, Donald Trump, sobre a guerra comercial com a China. No sábado, Trump disse que: “Os US$$200 bilhões que estamos falando podem acontecer muito em breve dependendo do que acontecer com eles. Até certo ponto caberá à China”, disse Trump. “E eu odeio dizer isso, mas por trás disso estão outros US$267 bilhões prontos para serem aplicados no curto prazo, se eu quiser. Isso muda a equação.”

A soja segue o movimento de correção com possível alta de até 40 pontos com a consolidação do acordo.

Fundos compradores na sexta-feira estimados em: 4.000 contratos de milho; 4.000 contratos de farelo de soja; 4.000 contratos de soja. Fundos vendedores estimados em 4.000 contratos de óleo de soja e 2.000 contratos de trigo.

O USDA divulgou na sexta-feira o relatório de vendas semanais para exportação dos EUA, com números dentro do esperado para a soja e milho. Na semana encerrada no dia 30 de agosto, as vendas de soja 2017/18 foram de 579 toneladas, acumulando 58,87 milhões de toneladas na temporada, contra 60,47 milhões da temporada anterior. As vendas 2018/19 foram de 673 mi toneladas, acumulando 13,89 milhões de toneladas na temporada, contra 15,38 milhões do mesmo período da temporada anterior.


As vendas de milho 2017/18 foram de 30 mil toneladas, acumulando 60,57 milhões de toneladas, contra 56,4 milhões do mesmo período da temporada anterior. As vendas 2018/19 foram de 1,03 milhão de toneladas, acumulando 11,47 milhões de toneladas, contra 9,45 milhões do mesmo período da temporada anterior.

Os fundos foram majoritariamente vendedores na CBOT na semana encerrada no dia 4 de setembro, segundo o relatório de comprometimento dos traders (COT): soja (na semana: -9.107; posição total: -62.749); milho (+75; -56.884); trigo (-8.414; +42.766); farelo de soja (-6.048; +21.401); óleo de soja (-1.545; -88.029).

A Conab divulga amanhã o 12º levantamento da safra de grãos 2017/18 do Brasil.

Na quarta-feira, o USDA divulga o relatório de oferta e demanda de setembro.

O dólar opera em alta frente às moedas dos países emergentes enquanto opera em baixa frente às moedas dos países desenvolvidos.

O setor não agrícola dos EUA criou 201 mil postos de trabalho em agosto, segundo o relatório de empregos Payroll, acima dos 190 mil postos esperados. Já a taxa de desemprego permaneceu em 3,9%, enquanto a expectativa era de queda para 3,8%.

No Brasil, a moeda abriu com leve baixa e agora vale R$4,0940, +0,38% (10h20). Na quinta-feira, a moeda recuou 1,11%, a R$9,0966, após atentado à Jair Bolsonaro (PSL). Nova pesquisa de intenção de votos à presidência da República após atentado à Bolsonaro, encomendada pelo BTG Pactual por meio do Instituto de Pesquisa FSB foi divulgada hoje. O levantamento mostra, na intenção de votos estimulada, Bolsonaro passou de 26% para 30%, seguido por Ciro Gomes com 12%, Marina Silva com 8%, assim como Alckimin e Fernando Haddad, Amoêdo com 3%, assim como Álvaro Dias. A rejeição de Bolsonaro passou de 35% para 40%, seguido por Ciro Gomes, com 36% de rejeição, Alckimin com 30%, Marina com 29%, Haddad com 24%, Álvaro Dias com 19%.

O Banco Central divulgou na manhã de hoje o novo boletim de mercado Focus, com expectativa de menor inflação e crescimento da economia para este ano. Para 2018, a expectativa para a inflação caiu de 4,16% para 4,11%, e a expectativa para o crescimento do PIB caiu de 1,44% para 1,4%. O dólar deve terminar o ano em R$3,80 e a meta da taxa Selic em 6,5%. Para 2019, a expectativa para a inflação permaneceu em 4,11% e para o crescimento do PIB em 2,5%. O dólar deve terminar 2019 em R$3,70 e a meta da Selic em 8%.

As bolsas mundiais operam majoritariamente em baixa com tensões comerciais.

Os futuros do petróleo iniciam a semana com leve alta após queda nos estoques dos EUA.

A inflação ao produtor da China medido pelo índice de preços ao consumidor (CPI) subiu 2,3% em agosto na comparação anual e 0,7% na comparação mensal, segundo o Escritório Nacional de Estatísticas.

As exportações chinesas medidas em dólares subiram 9,8% em agosto na comparação anual, pouco abaixo do esperado pelo mercado. Já as importações cresceram 20% na comparação anual. A China registrou superávit comercial recorde em agosto, segundo os dados da alfândega do país, passando de superávit de US$ 28,09 bilhões em julho para superávit de US$ 31,05 bilhões em agosto.

CLIMA

No Brasil, tempo chuvoso no Sul nesta semana.

Previsão de Precipitação Brasil, 7 dias, em milímetros.

Na Argentina, tempo chuvoso em parte das regiões produtoras de trigo nesta semana.

Previsão de Precipitação Argentina, 7 dias, em milímetros.

Nos EUA, tempo predominantemente estável no Meio-Oeste nesta semana.

Previsão de Precipitação EUA, 5 dias, em polegadas.

PRÊMIOS

Esse é apenas um resumo de várias informações que recebemos, oferecemos oportunidades estratégicas particulares a cada necessidade de empresas ou operadores de mercado. Fiquem à vontade para requisitar opiniões estratégicas em posições ou mesmo sobre o processo de abertura de contas em Chicago.
Negociar futuros e opções envolve riscos substanciais e não é adequado para todos os investidores. O desempenho passado não é indicativo de resultados futuros. A Tradincom não distribui relatórios de pesquisa, empregam analistas, ou mantêm um departamento de pesquisa, tal como definido no Regulamento da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) 1.71, e portanto, este material não deve ser interpretado como uma solicitação para entrar em uma transação de derivativos.
Esse material é somente como base de informações e deve ser considerado como um comentário de mercado, meramente uma observação do cenário econômico, politico e de notícias atuais e históricas. Não há nenhuma intenção de solicitação de compra ou venda de ativos de commodities, mas somente uma visão geral de possíveis estratégias de mercado. Não sendo responsável por qualquer resultado de decisões de trading, mas sendo apenas mais uma fonte de informações para aqueles que acreditam na fonte de informações.

Compartilhe nas redes sociais

Seja o primeiro à comentar.

Enviar comentário