Boa tarde, a Bolsa de Chicago permanece fechada até o pregão noturno de hoje por conta do feriado de President’s Day nos EUA nesta segunda-feira.

O número de mortos causados pelo novo coronavírus (COVID-19) subiu para 1.775 hoje, de 1.384 até sexta-feira, com 71.902 casos confirmados em 27 países e territórios, sendo 70.554 casos somente na China continental. Da última semana para hoje são mais de 15.000 novos casos confirmados. O navio de cruzeiro Diamond Princess, atracado no porto de Yokohama, no Japão, das cerca de 3.700 pessoas a bordo, 454 estão infectadas pelo coronavírus. Os recuperados da pneumonia causada pelo vírus subiu para 11.396 hoje, de 7.171 até sexta-feira.


A colheita de soja 2019/20 no Brasil atingiu 21% até quinta-feira (13), contra 36% do mesmo período do ano passado e em linha com a média dos últimos 5 anos, segundo a AgRural. A consultoria elevou a estimativa de produção de soja desta safra a 125,6 milhões de toneladas, de 123,9 milhões da estimativa anterior.

A colheita de soja 2019/20 no Mato Grosso atingiu 58,22% até sexta-feira, contra 68,76% do mesmo período de 2019 e 43,2% da média dos últimos 5 anos, segundo o IMEA.


O plantio do milho 2019/20 no Mato Grosso atingiu 63,16%, contra 74,2% de 2019 e 52,19% da média.


Os fundos foram majoritariamente vendedores de commodities na CBOT na semana encerrada no dia 11 de fevereiro, segundo o relatório de comprometimento de traders (COT). Os fundos aumentaram as posições vendidas na soja em 9.814 contratos, a 92.172 contratos. No milho, os fundos aumentaram as posições vendidas em 16.094 contratos, a 72.084 contratos. No trigo, as posições compradas foram reduzidas em 6.220 contratos, a 45.940 contratos.


O dólar opera próximo à estabilidade frente a outras moedas.


No Brasil a moeda volta a operar acima dos R$4,32 em dia de volume reduzido. Na sexta-feira a moeda recuou 0,79%, a R$4,2997, acumulando queda de 0,47% na semana. O Banco Central realizou hoje leilão de 13 mil contratos de swap tradicional com vencimento em agosto, outubro e dezembro de 2020. O Banco Central divulgou na manhã de hoje o novo boletim de mercado Focus, com expectativa de menor inflação e crescimento da economia para este ano. As instituições financeiras reduziram a expectativa para a inflação deste ano de 3,25% para 3,22% e reduziram a expectativa para o crescimento do PIB de 2,3% para 2,23%. O dólar deve encerrar o ano em R$4,10 e a meta da taxa Selic em 4,25% ao ano. Para 2021, a expectativa para a inflação segue em 3,75% com crescimento do PIB de 2,5%. O dólar deve encerrar o próximo ano em R$4,11 e a meta da Selic em 6%.


As bolsas globais operam entre ganhos e perdas em dia de volume reduzido por conta do feriado nos EUA.


No Brasil o Ibovespa sobe retomando os 115 mil pontos. Na sexta-feira o Ibovespa caiu 1,11%, aos 114.380 pontos, acumulando alta de 0,54% na semana.


Os futuros do petróleo iniciam a semana em alta realizando parte das baixas recentes.


A economia do Japão encolheu 6,3% no último trimestre de 2019 na comparação anual, segundo dados oficiais, ante expectativa de queda de 3,7%. Foi a maior queda desde o segundo trimestre de 2014. Frente ao terceiro trimestre, o PIB do Japão caiu 1,6%.


No Brasil, chove isoladamente em parte do país nesta semana.

Previsão de Precipitação Brasil, 7dias, em milímetros.


Na Argentina, tempo chuvoso no centro-norte do país nesta semana.

Previsão de Precipitação Argentina, 7 dias, em milímetros.

Prêmios *referente ao dia anterior

Paranaguá

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Mar

60

67

Abri

40

50

Mai

45

55

Jun

50

60

FARELO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Mar

-2

5

Abr

-10

-10

Mai

-18

-15

Jun

-20

-18

ÓLEO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

200

290

Golfo do México – EUA

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Mar

60

63

Abri

57

60

Mai

56

60

MILHO

COMPRADOR

VENDEDOR

Mar

66

71

Abr

61

65

Mai

63

67

Conheça cinco mitos sobre a Lua

Luiz Nogueira, editado por Matheus Luque, Olhar Digital


Professor de astronomia da Universidade de Nottingham Trent listou vários mal-entendidos que envolvem o satélite natural da Terra

A primeira superlua deste ano apareceu no último dia 9. O fenômeno é geralmente definido quando se detecta a maior Lua cheia possível. Essa é uma definição um pouco equivocada, e apenas significa que o satélite natural ficou cerca de 10% mais próximo da Terra.

De acordo com especialistas, o fenômeno é mais comum do que se imagina, e representa pouca diferença – em termos astronômicos – de tamanho em relação a uma aparição de Lua cheia comum.

A ideia de uma superlua é apenas um dos vários mal-entendidos que envolvem o satélite natural da Terra. Por esse motivo, Daniel Brown, professor de astronomia da Universidade de Nottingham Trent , listou cinco mitos sobre a Lua.

Superlua

Do ponto de vista de um observador, uma superlua é cerca de 14% maior do que em aparições normais. Sendo assim, se você estivesse vendo uma Lua normal e uma superlua lado a lado, seria capaz de identificar a diferença.

Mas nossos olhos não podem medir os tamanhos aparentes de objetos no céu com alta precisão sem compará-los com algo. E aqui reside o equívoco.

A Lua não cresce subitamente de tamanho, mas gradualmente durante o mês. Para comparar completamente quando uma Lua cheia é “super”, é necessário colocá-la lado a lado com observações de vários meses – mesmo assim, a diferença é bem pequena.

Lado escuro da Lua

Um equívoco clássico é que a Lua possui um lado escuro que nunca vê o Sol. Isso ocorre porque a tendência é acreditarmos que a Lua não gira em torno de seu próprio eixo – afinal, sempre vemos o mesmo lado voltado para nós.

Mas isso está incorreto. Vemos o mesmo lado porque a Lua gira em torno de si uma vez enquanto se move em torno da Terra. Em resumo, o satélite natural realiza um movimento chamado de translação, em que há uma sincronia entre o tempo que leva para dar a volta em si mesma e o tempo necessário para dar uma volta completa do redor da Terra. Esse movimento deixa apenas um dos lados visíveis para nós.

A sombra da Terra causa as fases da Lua

Durante um mês, a Lua mostra diferentes fases. Às vezes, isso é explicado incorretamente pela sombra da Terra que cobre partes da Lua. Mas é mais uma questão de como a vemos. Dada a localização da Terra, vemos diferentes lados da Lua que são mais ou menos iluminados.

Essa ideia surgiu para tentar explicar como ocorrem as fases da Lua, entretanto, a afirmação pode ser refutada por ela mesma. Durante a fase crescente, se a Terra projetasse sua sombra sobre a Lua, nosso planeta – que é redondo – deveria ter a forma estranha de uma banana.

No entanto, há uma exceção: durante um eclipse lunar – ocorrendo apenas na Lua cheia – a Lua realmente é coberta pela sombra da Terra.

A Lua se move de maneira diferente no céu do hemisfério Sul

A fase crescente da Lua revela se ela está ‘crescendo’ ou ‘desaparecendo’. Se você estiver no hemisfério norte, lembre-se das formas do satélite formando as letras “DOC”. Quando a Lua se parece com um “D”, com a curva à direita, é uma Lua crescente. Quando parece um “O”, ela é cheia. E quando parece um “C”, com a curva à esquerda, ela é minguante.

No entanto, essa sequência deve ser invertida para “COD” no hemisfério sul. Explicar essa diferença pode ser um pouco complicado, especialmente porque a Lua aparentemente se move da direita para a esquerda no hemisfério sul, enquanto claramente se move da esquerda para a direita no hemisfério norte.

A explicação é simples, e prova que a Terra é uma esfera. À medida que você se move do hemisfério norte para o sul (ou vice-versa), seu ponto de vista da Lua vira de cabeça para baixo.

Como vemos a Lua de cabeça para baixo quando nos movemos para o hemisfério oposto, as fases também serão invertidas, mas elas ainda se elevam na parte oriental do céu e se põem na parte ocidental.

O crescente da Lua nem sempre está na mesma linha do Sol

Diz-se que a fase crescente da Lua aponta sempre para a localização do Sol. Mas nem sempre vemos isso por causa da ilusão de inclinação da Lua. Assumimos que uma linha que liga dois pontos – no caso, a Lua e o Sol – deva ser reta.

Mas como olhamos para esses pontos a partir de um local físico em um planeta esférico, a linha é realmente curva. Mudar a posição para ver melhor uma projeção de dois pontos dá uma visão mais realista.

É possível fazer isso simplesmente inclinando-se para trás enquanto olha diretamente para a Lua até que o Sol esteja exatamente à sua direita ou esquerda.

Via: The Conversation

TRADINCOM CONSULTORIA EM NEGÓCIOS AGROPECUÁRIOS LTDA.®

+55 (41) 3434-5757

Al Dr Carlos de Carvalho, Wall Street Center, 771, Curitiba PR – Brasil, CEP 80.430-180.

www.tradincom.com

Esse é apenas um resumo de várias informações que recebemos, oferecemos oportunidades estratégicas particulares a cada necessidade de empresas ou operadores de mercado. Fiquem à vontade para requisitar opiniões estratégicas em posições ou mesmo sobre o processo de abertura de contas em Chicago.

Negociar futuros e opções envolve riscos substanciais e não é adequado para todos os investidores. O desempenho passado não é indicativo de resultados futuros. A Tradincom não distribui relatórios de pesquisa, empregam analistas, ou mantêm um departamento de pesquisa, tal como definido no Regulamento da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) 1.71, e portanto, este material não deve ser interpretado como uma solicitação para entrar em uma transação de derivativos.

Esse material é somente como base de informações e deve ser considerado como um comentário de mercado, meramente uma observação do cenário econômico, politico e de notícias atuais e históricas. Não há nenhuma intenção de solicitação de compra ou venda de ativos de commodities, mas somente uma visão geral de possíveis estratégias de mercado. Não sendo responsável por qualquer resultado de decisões de trading, mas sendo apenas mais uma fonte de informações para aqueles que acreditam na fonte de informações.

Compartilhe nas redes sociais

Seja o primeiro à comentar.

Enviar comentário