Boa tarde, a Bolsa de Chicago opera em baixa nos principais ativos realizando as altas recentes, de olho no avanço do coronavírus e nas relações EUA-China. O Representante de Comércio dos EUA, Robert Lighthizer, disse que após várias discussões está confiante de que a China cumprirá seu compromisso de Fase 1 de comprar US$ 36,5 bilhões em commodities agrícolas dos EUA em 2020, mesmo tendo comprado apenas US$ 10 bilhões até agora.


O USDA divulga logo mais o relatório de andamento de safra dos EUA, com expectativa de manutenção nas condições das lavouras de soja e milho em relação à semana anterior, com 72% boas/excelentes e 71% b/e, respectivamente.

Os embarques semanais de soja dos EUA foram de 255 mil toneladas na semana encerrada no dia 18 de junho, contra 435 mil da semana anterior e 732 mil do mesmo período do ano passado. Na temporada, os embarques de soja somam 36,48 milhões de toneladas, contra 36,38 milhões do mesmo período da temporada anterior. Os embarques de milho foram de 1,3 milhão de toneladas, contra 921 mil da semana anterior e 618 mil do mesmo período de 2019. Na temporada os embarques de milho dos EUA somam 31,99 milhões de toneladas, contra 41,47 milhões do mesmo período da temporada 2018/19.


A colheita do milho 2019/20 no Mato Grosso atingiu 16,35% até sexta-feira, contra 24,66% do mesmo período de 2019 e 14,79% da média dos últimos 5 anos, segundo o IMEA.


Os fundos foram compradores de soja, milho e farelo de soja, e vendedores de trigo e óleo de soja na CBOT na semana encerrada no dia 16 de junho, segundo o relatório de comprometimento de traders (COT). Os fundos aumentaram as posições compradas na soja em 806 contratos, a 21.183 contratos. No milho os fundos reduziram as posições vendidas em 26.561 contratos, a 270.751 contratos. No trigo os fundos aumentaram as posições vendidas em 4.883 contratos, a 30.251 contratos.


O número de mortos em todo o mundo causados pelo novo coronavírus (COVID-19) subiu para 469.122 hoje, de 454.889 até sexta-feira, com 9.006.757 casos confirmados. Desde sexta-feira são quase 500.000 novos casos confirmados em todo o mundo. O número de recuperados da pneumonia causada pelo vírus chegou a 4.463.969 hoje, de 4.186.434 até sexta-feira.


No Brasil, o número de casos de COVID-19 subiu para 1.090.349 hoje, de 984.315 até sexta-feira, segundo o consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde. O número de mortos chegou a 50.737, de 47.897 até sexta-feira. O número de pacientes recuperados somam 543.186, de 520.360 até sexta-feira.


O dólar opera em baixa frente a outras moedas, devolvendo parte da alta da última semana.


As vendas de moradias usadas nos EUA caíram 9,7% em maio, para uma taxa ajustada sazonalmente de 3,91 milhões de unidades, após recuo de 17,8% em abril, segundo a Associação Nacional de Corretores (NAR). É o nível mais baixo desde outubro de 2010. A queda veio bem acima do esperado pelo mercado, que era de 3%.


No Brasil a moeda recua realizando parte da alta da última semana. Na sexta-feira a moeda interrompeu uma sequência de 7 altas seguidas, encerrando o dia com baixa de 0,97%, a R$5,3175. Na semana a moeda acumulou alta de 5,48%. O Banco Central realizou hoje leilão de até 12 mil contratos de swap cambial tradicional para rolagem de contratos com vencimento novembro de 2020 e fevereiro de 2021. A confiança da indústria no Brasil medido pelo Índice de Confiança da Indústria (ICI) subiu 15,2 pontos em junho ante maio, para 76,6 pontos, segundo dado prévio da sandagem feita pela Fundação Getulio Vargas (FGV). “O avanço da confiança em junho é resultado da melhora da avaliação dos empresários em relação ao presente e, principalmente, para os próximos três e seis meses”, disse a FGV em nota. A economia brasileira encolheu 9,3% em abril ante março, segundo dados do Monitor do PIB-FGV. Na comparação com abril de 2019 a queda foi de 13,5%. “O dado de abril mostra que, a retração recorde da economia, não apenas no PIB, porém disseminada em diversas atividades e componentes da demanda, é a pior da história recente. A indústria e o setor de serviços, que respondem por aproximadamente 95% do valor adicionado total da economia também tiveram os maiores recuos de sua série histórica iniciada em 2000, assim como o consumo das famílias e a formação bruta de capital fixo”, destacou Claudio Considera, coordenador do Monitor do PIB-FGV.


O Banco Central divulgou na manhã de hoje o novo boletim de mercado Focus, com expectativa de maior inflação e menor retração da economia para este ano. As instituições financeiras elevaram a expectativa para a inflação deste ano de 1,60% para 1,61% e reduziram a expectativa para a retração da economia de 6,51% para 6,50%. O dólar deve encerrar o ano em R$5,20 e a meta da taxa Selic em 2,25% ao ano. Para 2021 os números ficaram inalterados, com a inflação em 3%, PIB em 3,50%, dólar em R$5,00 e Selic em 3%.


As bolsas globias iniciam a semana majoritariamente em baixa.


No Brasil o Ibovespa recua acompanhando o exterior. Na sexta-feira a bolsa subiu 0,46%, aos 96.572 pontos.


Os futuros do petróleo seguem em alta, com o WTI acima dos US$40 pela primeira vez desde o início de março.


No Brasil, tempo chuvoso em parte do Sul nesta semana.

Previsão de Precipitação Brasil, 7 dias, em milímetros.

Na Argentina, tempo predominantemente estável nesta semana.

Previsão de Precipitação Argentina, 7 dias, em milímetros.

Nos EUA, tempo chuvoso em boa parte do país nesta semana.

Previsão de Precipitação EUA, 5 dias, em polegadas.


As temperaturas ficam acima da média para o período.

Prêmios *referente ao dia anterior

Paranaguá

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Jun

120

130

Jul

125

135

Ago

125

135

Set

125

135

FARELO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

1

6

ÓLEO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

180

230

Golfo do México – EUA

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Jun

67

72

Jul

68

73

Ago

69

75

MILHO

COMPRADOR

VENDEDOR

Jun

51

57

Jul

54

59

Ago

56

61

Virgin Galactic fecha acordo com a Nasa para levar turistas à ISS

Rafael Rigues


Empresa irá funcionar como uma agência de viagens, prospectando clientes e coordenando voos a bordo de espaçonaves como a Crew Dragon, Starliner ou Soyuz

A Virgin Galactic, do bilionário inglês Richard Branson, fechou um acordo com a Nasa para desenvolver missões que levarão “astronautas privados” à Estação Espacial Internacional. Isso inclui desde turistas espaciais até pesquisadores de empresas ou órgãos governamentais de diversos países.

Ao contrário da SpaceX e da Boeing, a Virgin Galactic não tem um veículo capaz de levar astronautas à ISS. Sua espaçonave VSS Unity, ainda em desenvolvimento, foi projetada para voos suborbitais (ou seja, não chega a entrar em órbita), e não é capaz de alcançar a estação.

Portanto, a empresa irá atuar apenas como uma “agência de viagens”, encarregada de prospectar clientes e coordenar seu transporte, que poderá ser feito em espaçonaves como a Crew Dragon, Starliner, Soyuz ou qualquer outro veículo que esteja disponível.

Além da parceria com a Nasa, a Virgin Galactic continua com seus planos para oferecer viagens suborbitais na VSS Unity, ao custo de US$ 250 mil (cerca de R$ 1,3 milhão) por pessoa. Segundo a empresa, 600 pessoas já reservaram assentos, e mais de 8 mil demonstraram interesse. Entretanto, ainda não há uma data prevista para o início das operações comerciais.

Fonte: Engadget

TRADINCOM CONSULTORIA EM NEGÓCIOS AGROPECUÁRIOS LTDA.®

+55 (41) 3434-5757

Al Dr Carlos de Carvalho, Wall Street Center, 771, Curitiba PR – Brasil, CEP 80.430-180.

www.tradincom.com

Esse é apenas um resumo de várias informações que recebemos, oferecemos oportunidades estratégicas particulares a cada necessidade de empresas ou operadores de mercado. Fiquem à vontade para requisitar opiniões estratégicas em posições ou mesmo sobre o processo de abertura de contas em Chicago.

Negociar futuros e opções envolve riscos substanciais e não é adequado para todos os investidores. O desempenho passado não é indicativo de resultados futuros. A Tradincom não distribui relatórios de pesquisa, empregam analistas, ou mantêm um departamento de pesquisa, tal como definido no Regulamento da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) 1.71, e portanto, este material não deve ser interpretado como uma solicitação para entrar em uma transação de derivativos.

Esse material é somente como base de informações e deve ser considerado como um comentário de mercado, meramente uma observação do cenário econômico, politico e de notícias atuais e históricas. Não há nenhuma intenção de solicitação de compra ou venda de ativos de commodities, mas somente uma visão geral de possíveis estratégias de mercado. Não sendo responsável por qualquer resultado de decisões de trading, mas sendo apenas mais uma fonte de informações para aqueles que acreditam na fonte de informações.

Compartilhe nas redes sociais

Seja o primeiro à comentar.

Enviar comentário