Boa tarde, a Bolsa de Chicago opera entre ganhos e perdas nesta sexta-feira. A soja dá sequência à alta após anúncios de novas vendas. O USDA reportou hoje a venda de 258.000 toneladas de soja para destinos desconhecidos, sendo 60.000 toneladas durante a temporada 2019/20 e 198.000 toneladas durante a temporada 2020/21. Foi reportado também a venda de 330.000 toneladas de soja para destinos desconhecidos, sendo 196.000 toneladas durante a temporada 2019/20 e 134.000 toneladas durante a temporada 2020/21.


Os fundos compradores ontem estimados em 15.000 contratos de milho; 11.000 contratos de soja; 11.000 contratos de trigo; 4.000 contratos de farelo de soja.

A colheita de soja 2019/20 na Argentina está na reta final com 98,6% colhido, registrando um avanço na semana de 1,4 ponto percentual, segundo a Bolsa de Cereales de Buenos Aires. Com produtividade média de 2,96 toneladas por hectare, a estimativa de produção segue em 49,5 milhões de toneladas.


A colheita do milho 2019/20 na Argentina atingiu 55,6%, contra 47,2% da semana anterior e 39,3% do mesmo período do ano passado. Com produtividade média de 8,9 toneladas por hectare, a estimativa de produção se mantém em 50 milhões de toneladas.


O plantio do trigo 2020/21 na Argentina atingiu 30% dos 6,8 milhões de hectares projetados para esta safra. Na semana o avanço da semeadura foi de 16,6 pontos percentuais, mantendo um adianto anual de 10,3 pontos percentuais.


O número de mortos causados pelo novo coronavírus (COVID-19) subiu para 392.321 hoje, de 386.795 até ontem, com 6.682.531 casos confirmados em 188 países e territórios. Desde ontem são mais de 130.000 novos casos confirmados em todo o mundo. O número de recuperados da pneumonia causada pelo vírus chegou a 2.897.890 hoje, de 2.832.566 até ontem.


No Brasil, o número de casos de COVID-19 subiu para 621.877 hoje, de 590.485 até ontem, segundo as secretarias estaduais de Saúde. O número de mortos chegou a 34.212, de 32.688 até ontem. O Brasil passou a Itália e é o 3º país com mais vítimas no mundo. O número de pacientes recuperados somam 288.652, de 254.963 até ontem.


O dólar opera com leve alta frente a outras moedas realizando as quedas recentes. O setor não-agrícola dos EUA recontratou 2,5 milhões de pessoas em maio, após corte de 20,687 milhões de postos de trabalho em abril, segundo o relatório Payroll, do Departamento de Trabalho. O número surpreendeu o mercado, que previa corte de 8 milhões de empregos. A taxa de desemprego caiu de 14,7% para 13,3%, ante expectativa de alta para 19,7%.


No Brasil a moeda opera abaixo dos R$5,00. Ontem a moeda subiu 0,73%, a R$ 5,1297. O Banco Central vendeu hoje todos os 12 mil contratos de swap cambial tradicional para rolagem com vencimentos setembro de 2020 e fevereiro de 2021. O presidente Jair Bolsonaro voltou a chamar os manifestantes de grupos pró-democracia contrários ao seu governo de “marginais” e “terroristas” em entrevista no dia de hoje, e pediu que as forças de segurança do país atuem contra as manifestações marcadas para domingo se os grupos “extrapolarem” os limites. A inflação do Brasil medida pelo Índice Geral de Preços-Disponibilidade Interna (IGP-DI) subiu 1,07% em maio, após alta de 0,05% em abril, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV). Dentre os indicadores que compõe o IGP-DI, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA-DI) subiu 1,77%, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC-DI) recuou 0,54% e o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC-DI) caiu 0,20%.


As bolsas globias têm forte alta após dados positivos nos EUA.


No Brasil o Ibovespa sobe acompanhando o exterior, na casa dos 96 mil pontos. Ontem a bolsa subiu 0,89%, a 93.828 pontos.


Os futuros do petróleo retomam máximas de 3 meses com otimismo global e em meio à expectativa da reunião da OPEP e aliados neste sábado. A Arábia Saudita e a Rússia, dois dos maiores produtores de petróleo do mundo, querem estender cortes de produção de 9,7 milhões de barris por dia até o final julho. Caso a OPEP+ não chegue a um acordo, os cortes devem diminuir para 7,7 milhões de barris por dia de julho a dezembro.


No Brasil, a passagem de um ciclone extratropical provoca chuvas com fortes rajadas de vento e granizo no Sul nos próximos dias.

Previsão de Precipitação Brasil, 7 dias, em milímetros.


Na Argentina, o ciclone extratropical atinge o extremo nordeste nos próximos dias.

Previsão de Precipitação Argentina, 7 dias, em milímetros.


Nos EUA, o tempo segue chuvoso em parte do Meio-Oeste durante o fim de semana.

Previsão de Precipitação EUA, 72 horas, em polegadas.


As temperaturas ficam abaixo da média no Meio-Oeste


A passagem da depressão tropical Cristobal deve provocar tempestades no Golfo do México durante o fim de semana e atingir a costa dos EUA na madrugada de segunda-feira.

Prêmios *referente ao dia anterior

Paranaguá

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Jun

95

130

Jul

105

115

Ago

110

125

Set

110

125

FARELO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

3

6

ÓLEO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

100

250

Golfo do México – EUA

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Jun

58

64

Jul

60

66

Ago

62

69

MILHO

COMPRADOR

VENDEDOR

Jun

46

54

Jul

46

52

Ago

45

51

‘Mini fígado’ humano feito em laboratório é transplantado para ratos

Renato Mota, Olhar Digital

O desenvolvimento da tecnologia de biofabricação ainda está em seus primeiros passos, mas objetivo é reduzir a fila de transplantes e baratear o procedimento

Cientistas da Universidade de Pittsburg criaram mini fígados totalmente funcionais a partir das células da pele humana e os transplantaram com sucesso para ratos. A pesquisa é uma prova de conceito para a tecnologia de biofabricação, que pode ajudar a acabar a escassez de órgãos, acelerar o processo de transplante e reduzir seus custos.

“Acredito que seja um passo muito importante, porque sabemos que isso pode ser feito”, acredita o coautor do estudo publicado na Cell, Alejandro Soto-Gutiérrez, pesquisador em medicina regenerativa. “Você pode criar um órgão inteiro e funcional a partir de uma célula da pele”, completa.

No Brasil, cerca de 96% dos transplantes são financiados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), de acordo com o Ministério da Saúde. Mas nos Estados Unidos, pacientes que passam por um transplante de fígado recebem uma cobrança estimada em US$ 812 mil, que inclui cuidados pré e pós-operatórios, e medicamentos imunossupressores para impedir que o corpo das pessoas rejeite o órgão transplantado.

“O que estamos planejando fazer é começar a criar mini órgãos humanos que sejam universais”, explica Soto-Gutiérrez. Isso significa que os cientistas podem biofabricar enxertos hepáticos universalmente aceitos.

Para cultivar um fígado, os cientistas coletaram amostras de células da pele de um grupo de participantes humanos e as reprogramam em células-tronco pluripotentes induzidas (iPSCs). Em seguida, os pesquisadores as orientaram a se tornarem vários tipos de células hepáticas e as colocam em estruturas de suporte feitas com um fígado de rato que teve suas próprias células removidas.

Embora tenha levado mais de uma década para aprimorar cada etapa desse processo, os pesquisadores levaram menos de um mês para cultivar os mini-fígados em biorreatores – a maturação do órgão leva até dois anos em um ambiente natural, segundo os pesquisadores.

Cinco camundongos criados para serem imunossuprimidos receberam os órgãos transplantados. Quatro dias após o procedimento, a equipe dissecou os animais para ver quão bem os órgãos implantados estavam operando. Em todos os casos, surgiram problemas de fluxo sanguíneo dentro e ao redor do enxerto, mas ainda assim, os mini-fígados transplantados funcionaram normalmente, secretavam ácidos biliares e ureia.

Via: Inverse

TRADINCOM CONSULTORIA EM NEGÓCIOS AGROPECUÁRIOS LTDA.®

+55 (41) 3434-5757

Al Dr Carlos de Carvalho, Wall Street Center, 771, Curitiba PR – Brasil, CEP 80.430-180.

www.tradincom.com

Esse é apenas um resumo de várias informações que recebemos, oferecemos oportunidades estratégicas particulares a cada necessidade de empresas ou operadores de mercado. Fiquem à vontade para requisitar opiniões estratégicas em posições ou mesmo sobre o processo de abertura de contas em Chicago.

Negociar futuros e opções envolve riscos substanciais e não é adequado para todos os investidores. O desempenho passado não é indicativo de resultados futuros. A Tradincom não distribui relatórios de pesquisa, empregam analistas, ou mantêm um departamento de pesquisa, tal como definido no Regulamento da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) 1.71, e portanto, este material não deve ser interpretado como uma solicitação para entrar em uma transação de derivativos.

Esse material é somente como base de informações e deve ser considerado como um comentário de mercado, meramente uma observação do cenário econômico, politico e de notícias atuais e históricas. Não há nenhuma intenção de solicitação de compra ou venda de ativos de commodities, mas somente uma visão geral de possíveis estratégias de mercado. Não sendo responsável por qualquer resultado de decisões de trading, mas sendo apenas mais uma fonte de informações para aqueles que acreditam na fonte de informações.

Compartilhe nas redes sociais

Seja o primeiro à comentar.

Enviar comentário