Boa tarde, a Bolsa de Chicago opera entre ganhos e perdas após relatório do USDA enquanto acompanha o clima nos EUA e as novidades na guerra comercial. O consultor econômico da Casa Branca, Larry Kudlow, confirmou à Bloomberg que acordos e concessões tarifárias seriam parte de um acordo comercial da “Fase Um”. O conselheiro comercial do presidente Donald Trump, Peter Navarro, diz que não há acordo para facilitar as tarifas, acrescentando que apenas o presidente pode tomar essa decisão.


O USDA reportou hoje a venda de 270.000 toneladas de soja 2019/20 para destinos desconhecidos e 217.040 toneladas de milho 2019/20 para destinos desconhecidos. Ontem houve reporte de venda de 136.000 toneladas de soja 2019/20 para a China e 133.000 toneladas de farelo de soja 2019/20 para as Filipinas.

O USDA divulgou a pouco o relatório de Oferta e Demanda Global Agrícola (WASDE). Na safra de soja 2019/20 dos EUA, a estimativa de produção ficou inalterada em 96,62 milhões de toneladas, enquanto a expectativa era de leve queda. O USDA reduziu a estimativa de esmagamento de soja a 57,29 milhões de toneladas, de 57,7 milhões do relatório anterior. Com isso, os estoques finais dos EUA subiram a 12,92 milhões de toneladas, de 12,52 milhões. No milho 2019/20, a estimativa de produção foi reduzida de 350 milhões para 347 milhões de toneladas. O uso de milho para etanol também foi reduzido, de 137,16 milhões para 136,53 milhões de toneladas, e a estimativa de exportação também foi reduzida, de 48,26 milhões para 46,99 milhões de toneladas. Com queda na produção e uso, os estoques finais caíram a 48,53 milhões de toneladas, de 48,99 milhões do relatório anterior.


Na safra do Brasil, o USDA manteve inalterado as estimativas de produção desta safra de soja em 123 milhões de toneladas e do milho em 101 milhões de toneladas. O USDA reduziu as estimativas de exportação de soja 2018/19 de 75,4 milhões para 74,86 milhões de toneladas, e da safra 2019/20 de 76,5 milhões para 76 milhões de toneladas. Nas exportações do milho, os números foram revisados para cima em 2 milhões de toneladas nas safras 2018/19 e 2019/20, para 41 milhões e 36 milhões de toneladas, respectivamente.


Na safra da Argentina as estimativas de exportação de soja foram elevados, de 8,15 milhões para 9,10 milhões de toneladas na safra 2018/19, e de 8 milhões para 8,8 milhões na safra 2019/20.


Na safra da China o USDA reduziu os números de importação da soja e milho 2018/19 em torno de 500 mil toneladas cada, a 82,54 milhões e 4,48 milhões de toneladas, respectivamente.


O dólar segue em alta frente a outras moedas.


No Brasil a moeda supera os R$4,15 após o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubar a prisão depois de condenação em segunda instância, abrindo caminho para a soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu ontem, por 6 votos a 5, derrubar a prisão de condenados em segunda instância, alterando a decisão de 2016. Segundo os ministros, ninguém pode ser considerado culpado até o trânsito em julgado, ou seja, quando não cabe mais recurso, e que a execução provisória da pena fere o princípio da presunção de inocência. Ontem a moeda fechou com alta de 0,25%, a R$ 4,0914.

O Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil atingiu R$ 6,583 trilhões em 2017, com alta de 1,3% em relação a 2016, segundo dado revisado do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O PIB per capita chegou a R$ 31 833,50, com alta de 0,5% em relação ao ano anterior. A Agropecuária, com crescimento de 14,2% no ano, respondeu por 0,8 ponto percentual dos 1,3% de crescimento do Valor Adicionado Bruto (VAB). O setor de Serviços contribuiu com 0,6 ponto percentual, enquanto a Indústria teve contribuição negativa de 0,1 ponto percentual. O consumo das famílias cresceu 2,1%, após dois anos consecutivos de queda. Já a despesa de consumo final do governo caiu 0,7%.


As bolsas globais recuam realizando as altas recentes.


No Brasil o Ibovespa recua após nova máxima no pregão anterior. Ontem o Ibovespa subiu 1,13%, aos 109.580 pontos, nova máxima histórica.


Os futuros do petróleo operam próximo à estabilidade após operarem parte da manhã em baixa com movimento de realização.


As exportações chinesas medidas em dólares recuaram 0,9% em outubro na comparação anual, após recuo de 3,2% em setembro, segundo dados da alfândega. O resultado veio melhor do que o esperado pelos analistas, que previam recuo de 3,9% no período. Para os EUA, as exportações recuaram 16,2% em outubro, após recuo de 21,9% em setembro. Já as importações tiveram recuo de 6,4%, após recuo de 8,5% e expectativa de queda de 8,9%. O superavit comercial ficou em US$42,81 bilhões em outubro, acima dos US$39,65 bilhões registrados em setembro.


No Brasil, tempo chuvoso em boa parte do país até a próxima semana.

Previsão de Precipitação Brasil, 7 dias, em milímetros.



Na Argentina, tempo chuvoso em boa parte do país até a próxima semana.

Previsão de Precipitação Argentina, 7 dias, em milímetros.


Nos EUA, tempo chuvoso no Meio-Oeste durante o fim de semana.

Previsão de Precipitação EUA, 72 horas, em polegadas.


As temperaturas ficam bem abaixo da média para o período.


Previsão de neve para o norte do Meio-Oeste durante o fim de semana.


Alerta de geadas entre o Mississippi e a Carolina do Norte para a madrugada de amanhã, podendo atingir parte da produção de trigo de inverno.

Prêios *referente ao dia anterior

Paranaguá

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Nov

80

95

Fev

38

48

Mar

30

37

Abr

25

33

FARELO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Nov

-24

-16

Dez

-24

-16

Fev

-20

-15

Mar

-20

-15

ÓLEO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

20

90

Golfo do México – EUA

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Nov

51

57

Dez

55

60

Jan

53

56

MILHO

COMPRADOR

VENDEDOR

Nov

45

49

Dez

46

52

Jan

52

57

Elon Musk revela planos para cidade sustentável em Marte

Luiz Nogueira, editado por Matheus Luque, Olhar Digital

De acordo com o CEO da SpaceX, o empreendimento pode exigir mil espaçonaves para transporte de carga e cerca de 20 anos para ficar pronto

Elon Musk, CEO da SpaceX, deu maiores detalhes sobre os planos da empresa para estabelecer uma base sustentável em Marte. Musk deseja criar uma cidade tecnológica avançada, mas segundo ele, sua construção pode ser demorada.

Ao responder uma pergunta feita no início desta semana no evento de lançamento da Força Aérea dos EUA na Califórnia, Musk disse que o baixo custo de lançamento de seu foguete Starship – cerca de US$ 2 milhões – é essencialmente necessário, caso o objetivo seja estabelecer uma “cidade autossustentável em Marte”.

Para tornar a cidade uma realidade, ele acrescentou que a SpaceX precisará construir cerca de mil naves para que seja possível transportar carga, infraestrutura e tripulação para o planeta vermelho durante um período de 20 anos – que é o tempo que Musk acredita ser necessário para que esse empreendimento seja realizado.

Como justificativa, ele disse que o alinhamento planetário só permite que um foguete atinja Marte a cada dois anos, por esse motivo a construção deve seguir este cronograma.

Musk também afirmou que a capacidade de carga da nave Starship pode ser essencial para que tudo seja realizado de forma correta. O design da Starship visa maximizar a reutilização e, de fato, Musk observou que, idealmente, ele pode voar até três vezes por dia. Isso equivale a mais de mil voos por ano, o que significa que se eles construírem 100 foguetes, e cada um deles transportar até 100 toneladas para a órbita, a empresa conseguirá lançar mais de dez milhões de toneladas em órbita por ano.

Para colocar isso em perspectiva, Musk salienta que, se considerarmos todas as naves espaciais atualmente em operação, a capacidade total de carga útil é de apenas 500 toneladas por ano – com os foguetes da série Falcon representando cerca de metade disso.

É claro que, para montar uma cidade permanente e sustentável em Marte, é necessário chegar lá com um voo tripulado primeiro. A Nasa estabeleceu 2024 como sua meta para esse marco, e a SpaceX disse que espera pousar sua nave lá em 2022 para ajudar na preparação da aterrissagem.

Via: TechCrunch

TRADINCOM CONSULTORIA EM NEGÓCIOS AGROPECUÁRIOS LTDA.®

+55 (41) 3434-5757

Al Dr Carlos de Carvalho, Wall Street Center, 771, Curitiba PR – Brasil, CEP 80.430-180.

www.tradincom.com

Esse é apenas um resumo de várias informações que recebemos, oferecemos oportunidades estratégicas particulares a cada necessidade de empresas ou operadores de mercado. Fiquem à vontade para requisitar opiniões estratégicas em posições ou mesmo sobre o processo de abertura de contas em Chicago.

Negociar futuros e opções envolve riscos substanciais e não é adequado para todos os investidores. O desempenho passado não é indicativo de resultados futuros. A Tradincom não distribui relatórios de pesquisa, empregam analistas, ou mantêm um departamento de pesquisa, tal como definido no Regulamento da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) 1.71, e portanto, este material não deve ser interpretado como uma solicitação para entrar em uma transação de derivativos.

Esse material é somente como base de informações e deve ser considerado como um comentário de mercado, meramente uma observação do cenário econômico, politico e de notícias atuais e históricas. Não há nenhuma intenção de solicitação de compra ou venda de ativos de commodities, mas somente uma visão geral de possíveis estratégias de mercado. Não sendo responsável por qualquer resultado de decisões de trading, mas sendo apenas mais uma fonte de informações para aqueles que acreditam na fonte de informações.

Compartilhe nas redes sociais

Seja o primeiro à comentar.

Enviar comentário