Boa tarde, a Bolsa de Chicago opera mista antes do relatório do USDA, com a soja subindo forte com novo anúncio de vendas para exportação e expectativa de recuo nos estoques dos EUA.


O USDA divulga logo mais, às 13 horas (horário de Brasília), o relatório de Oferta e Demanda Global Agrícola (WASDE) de setembro, com expectativa de queda nos estoques finais 2020/21 de soja, milho e trigo dos EUA.

O USDA reportou hoje a venda de 262.000 toneladas de soja 2020/21 para a China e 222.000 toneladas de soja 2020/21 recebido durante o período do relatório para destinos desconhecidos.

Fundos compradores ontem estimados em 17.000 contratos de milho; 4.000 contratos de trigo; 1.000 contratos de soja.

A produção semanal de etanol de milho nos EUA subiu a 941 mil barris diários na semana encerrada no dia 4 de setembro, de 922 mil da semana anterior, segundo a Agência de Informação de Energia (EIA). Já os estoques recuaram de 20,882 milhões para 19,993 milhões de barris, contra 22,499 milhões do mesmo período do ano passado.


As lavouras de trigo 2020/21 da Argentina em condições razoáveis/ruins caíram 3,7 pontos percentuais durante a última semana, para 37,1%, segundo a Bolsa de Cereales de Buenos Aires. As lavouras em condições boas/excelentes subiram de 17% para 22%. As condições hídricas tiveram melhora de 8 pontos percentuais durante a última semana, para 54% adequadas/ótimas. “Na última semana houve uma melhoria no estado geral do cereal em boa parte do centro e sul da área agrícola. As geadas das semanas anteriores causaram danos às folhas e espigas, dependendo do nível de progresso fenológico de cada lote em particular. No entanto, o aporte de água, embora escasso em alguns setores, impulsionou o crescimento e a recuperação da safra, além de permitir a retomada dos trabalhos de fertilização”, informou a Bolsa em relatório.


O número de mortos em todo o mundo causados pelo novo coronavírus (COVID-19) subiu para 910.314 hoje, de 904.675 até ontem, com 28.212.036 casos confirmados. Desde ontem são 300.000 novos casos confirmados em todo o mundo. O número de recuperados da pneumonia causada pelo vírus chegou a 19.037.471 hoje, de 18.817.081 até ontem.


No Brasil, o número de casos de COVID-19 subiu para 4.239.763 hoje, de 4.202.191 até ontem, segundo o consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde. O número de mortos chegou a 129.575, de 128.694 até ontem. O número de pacientes recuperados somam 3.497.337, de 3.453.336 até ontem.


O dólar opera estável frente a outras moedas.


A inflação ao consumidor dos EUA medido pelo Índice de Preços ao Consumidor (CPI) subiu 0,4% em agosto, após alta de 0,6% em julho, segundo o Departamento de Estatísticas Trabalhistas (BLS). No acumulado dos últimos 12 meses o CPI subiu para 1,3%, de 1% do acumulado dos 12 meses imediatamente anteriores. O núcleo do CPI, que exclui itens voláteis como alimentos e energia, também teve alta de 0,4% em agosto após alta de 0,6% em julho. O CPI núcleo subiu de 1,6% para 1,7% no acumulado dos últimos 12 meses.


No Brasil o dólar opera abaixo dos R$5,30. Ontem a moeda subiu 0,37%, a R$5,3190.

O Bank of America reduziu a projeção para retração do PIB do Brasil neste ano de 5,7% para 4,9% por conta dos dados positivos de produção industrial e vendas no varejo em julho. “O maior estímulo fiscal fortalece a retomada do crescimento no curto prazo, mas também aumenta os riscos fiscais e as dúvidas sobre a sustentabilidade de taxas mais altas de crescimento do PIB no médio prazo; Os riscos incluem uma desancoragem nas expectativas de inflação que leve a taxas de juros mais altas, apesar do baixo crescimento”, afirmou o BofA.

O volume de serviços no Brasil cresceu 2,6% em julho frente a junho, na série com ajuste sazonal, segunda taxa positiva seguida, acumulando um ganho de 7,9%, segundo o IBGE. Esse resultado, contudo, sucede uma sequência de quatro taxas negativas (entre fevereiro e maio deste ano), período em que acumulou uma perda de 19,8%. Na série sem ajuste sazonal, no confronto com julho de 2019, o volume de serviços recuou 11,9% em julho de 2020, quinta taxa negativa. No acumulado do ano, o volume de serviços caiu 8,9% frente a igual período de 2019. O acumulado nos últimos 12 meses (-4,5%) mantém trajetória descendente desde janeiro (1,0%), com o resultado negativo mais intenso desde julho de 2017 (-4,6%).


As bolsas globais operam majoritariamente em alta nesta sexta-feira.


Os futuros do petróleo sobem recuperando parte das baixas recentes.


O PIB do Reino Unido cresceu 6,6% em julho ante junho, após crescimento de 8,7% em junho ante maio, segundo o Escritório Nacional de Estatísticas (ONS). “Embora tenha continuado firmemente no caminho da recuperação, a economia do Reino Unido ainda tem que compor quase metade do PIB perdido desde o início da pandemia”, disse o diretor de estatísticas econômicas do ONS, Darren Morgan.


No Brasil, tempo predominantemente estável até a próxima semana.

Previsão de Precipitação Brasil, 7 dias, em milímetros.

Na Argentina, tempo predominantemente estável até a próxima semana.

Previsão de Precipitação Argentina, 7 dias, em milímetros.

Nos EUA, tempo chuvoso no Meio-Oeste durante o fim de semana.

Previsão de Precipitação EUA, 72 horas, em polegadas.



Prêmios *referente ao dia anterior

Paranaguá

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Set

165

175

Out

160

170

Nov

155

165

Mar

55

65

FARELO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

23

26

ÓLEO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

420

500

Golfo do México – EUA

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Set

74

79

Out

72

76

Nov

78

82

MILHO

COMPRADOR

VENDEDOR

Set

49

55

Out

53

58

Nov

60

64

Viaje ao espaço de carona no Falcon 9, da SpaceX

Empresa espacial divulgou vídeo com imagens registradas no lançamento de 30 de agosto; é possível ouvir o barulho dos motores e acompanhar o pouso do foguete

Guilherme Preta, editado por Fabiana Rolfini, Olhar Digital


Em 30 de agosto, a SpaceX realizou mais um lançamento de seus foguetes Falcon 9, levando, dessa vez, um satélite argentino à órbita e outros dois equipamentos menores. Além de marcar o primeiro lançamento polar a partir da Flórida em 50 anos, a missão registrou imagens que permitem levar o espectador “de carona” para o espaço e trazê-lo de volta para um pouso seguro em terra firme.

O vídeo postado no YouTube pela empresa espacial na quarta-feira (9), mostra, em velocidade acelerada, todo o trajeto do foguete em pouco mais de dois minutos. É possível acompanhar o barulho dos motores a breve estadia no espaço, até o desacelerar dos motores para um pouso suave.

https://www.youtube.com/watch?v=lXgLyCYuYA4&feature=emb_logo

A filmagem só foi possível por conta da política de reutilização dos equipamentos que a empresa de Elon Musk possui. Recuperando seus foguetes e os lançando outras vezes, é possível baratear as viagens e as missões espaciais. Até o momento, a SpaceX já recuperou 18 boosters de primeiro estágio do Falcon 9 em terra firme, além de outros 42 em plataformas flutuantes.

Primeiro lançamento do Falcon Heavy

Lançamentos do foguete Falcon 9 já estão se tornando rotina. Mas um envio de seu irmão maior, o Falcon Heavy, ao espaço, é muito mais raro. Desde o voo inaugural em 2018, quando o Tesla Roadster de Elon Musk foi enviado ao espaço, o foguete voou apenas três vezes, duas delas em missões comerciais.

O próximo lançamento, sob contrato da Força Espacial dos EUA, deveria acontecer entre novembro e dezembro deste ano. Mas segundo declaração do General de Brigada Jason Cothern, vice-comandante do US Air Force Space and Missile Systems Center (USAF SMC), a missão USSF-44 foi adiada para 28 de fevereiro de 2021.

Segundo o site Teslarati, o adiamento não é surpresa. Dos seis primeiros estágios que saíram da fábrica da SpaceX em Hawthorne, no Texas, nos últimos nove meses, todos eram do Falcon 9.

Via: Space

TRADINCOM CONSULTORIA EM NEGÓCIOS AGROPECUÁRIOS LTDA.®

+55 (41) 3434-5757

Al Dr Carlos de Carvalho, Wall Street Center, 771, Curitiba PR – Brasil, CEP 80.430-180.

www.tradincom.com

Esse é apenas um resumo de várias informações que recebemos, oferecemos oportunidades estratégicas particulares a cada necessidade de empresas ou operadores de mercado. Fiquem à vontade para requisitar opiniões estratégicas em posições ou mesmo sobre o processo de abertura de contas em Chicago.

Negociar futuros e opções envolve riscos substanciais e não é adequado para todos os investidores. O desempenho passado não é indicativo de resultados futuros. A Tradincom não distribui relatórios de pesquisa, empregam analistas, ou mantêm um departamento de pesquisa, tal como definido no Regulamento da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) 1.71, e portanto, este material não deve ser interpretado como uma solicitação para entrar em uma transação de derivativos.

Esse material é somente como base de informações e deve ser considerado como um comentário de mercado, meramente uma observação do cenário econômico, politico e de notícias atuais e históricas. Não há nenhuma intenção de solicitação de compra ou venda de ativos de commodities, mas somente uma visão geral de possíveis estratégias de mercado. Não sendo responsável por qualquer resultado de decisões de trading, mas sendo apenas mais uma fonte de informações para aqueles que acreditam na fonte de informações.

Compartilhe nas redes sociais

Seja o primeiro à comentar.

Enviar comentário