Bom dia, a Bolsa de Chicago opera em alta na soja e derivativos e em baixa no milho e trigo.

A soja segue em alta com demanda aquecida nos EUA e após a Bolsa de Rosário reduzir a estimativa de produção de soja da Argentina a 37 milhões de toneladas. Ontem o relatório de vendas semanais para exportações dos EUA mostraram vendas totais de 2,46 milhões de toneladas, acima do esperado. Além disso, o USDA reportou a venda de 261,5 mil toneladas de soja 2018/19 para a Argentina e México.

Fundos compradores ontem estimados em: 14.000 contratos de soja; 8.500 contratos de milho; 5.000 contratos de farelo de soja; 2.500 contratos de óleo de soja.

A colheita de soja na Argentina atingiu 23,6%, segundo a Bolsa de Cereales de Buenos Aires, com uma produtividade média de 2,48 toneladas por hectare, mantendo a estimativa de produção em 38 milhões de toneladas. A colheita do milho avançou 3,1 pontos percentuais na última semana, a 24,7%, com uma produtividade média de 7,34 toneladas por hectare, mantendo a estimativa de produção em 32 milhões de toneladas.

O dólar opera em baixa frente a outras moedas com alívio nas tensões geopolíticas e comerciais. O presidente dos EUA, Donald Trump, admitiu possível retorno à Parceria Transpacífico (TPP) se acordo for substancialmente melhor. Os EUA haviam abandonado o acordo no ano passado poucos dias após Trump assumir o poder, em cumprimento a uma de suas promessas eleitorais. Em comunicado, a porta-voz da Casa Branca Lindsay Walters disse que “O presidente sempre disse que estaria aberto a um TPP substancialmente melhor. Com esse objetivo, pediu a Robert Lighthizer (responsável pelo Comércio Exterior) e a Larry Kudlow (assessor econômico) para que analisem outra vez se é possível negociar um acordo melhor”.

No Brasil, a moeda abriu com leve baixa acompanhando os mercados externos e agora vale R$3,4020, -0,25% (10h10). O Banco Central segue com a rolagem dos contratos de swap cambial tradicional, com a oferta de até 3.400 contratos no dia de hoje. O governo manteve em R$139 bilhões a meta de déficit primário para 2019, segundo a proposta da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2019 enviada ao Congresso. O texto da LDO também prevê déficit primário de R$ 110 bilhões para o Governo Central em 2020 e de R$ 70 bilhões para 2021. O projeto da LDO prevê inflação de 4,2% e crescimento de 3% da economia em 2019, em linha com as estimativas do mercado.

As bolsas mundiais operam majoritariamente em alta com alívio nas tensões comerciais e geopolíticas, enquanto que as bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em baixa após déficit na balança comercial da China.

As exportações chinesas tiveram queda anual de 2,7% em março, após crescimento de 44,5% em fevereiro, contrariando a expectativa dos analistas de crescimento de 10%. Já as importações tiveram alta de 14,4%, após crescimento de 6,8% em fevereiro e expectativa de crescimento de 10%.

A Balança Comercial da China teve um déficit de US$4,98 bilhões em março, contra superávit de US$33,7 bilhões em fevereiro e expectativa de superávit de US$27 bilhões.

Os futuros do petróleo operam com leve baixa nesta sexta-feira, realizando as altas recentes.


CLIMA

 

No Brasil, a frente fria avança pelo Sul, derrubando as temperaturas e deixando o tempo instável durante o fim de semana.

Previsão de Precipitação Brasil, 7 dias, em milímetros.

Na Argentina, tempo predominantemente estável até a próxima semana.

Previsão de Precipitação Argentina, 7 dias, em milímetros.

Nos EUA, alerta de temporais durante o fim de semana na região que vai da Louisiana ao Michigan.

Previsão de Precipitação EUA, 72 horas, em polegadas.

As temperaturas ficam abaixo da média em todo o Meio-Oeste.


PRÊMIOS

 



Esse é apenas um resumo de várias informações que recebemos, oferecemos oportunidades estratégicas particulares a cada necessidade de empresas ou operadores de mercado. Fiquem à vontade para requisitar opiniões estratégicas em posições ou mesmo sobre o processo de abertura de contas em Chicago.
Negociar futuros e opções envolve riscos substanciais e não é adequado para todos os investidores. O desempenho passado não é indicativo de resultados futuros. A Tradincom não distribui relatórios de pesquisa, empregam analistas, ou mantêm um departamento de pesquisa, tal como definido no Regulamento da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) 1.71, e portanto, este material não deve ser interpretado como uma solicitação para entrar em uma transação de derivativos.
Esse material é somente como base de informações e deve ser considerado como um comentário de mercado, meramente uma observação do cenário econômico, politico e de notícias atuais e históricas. Não há nenhuma intenção de solicitação de compra ou venda de ativos de commodities, mas somente uma visão geral de possíveis estratégias de mercado. Não sendo responsável por qualquer resultado de decisões de trading, mas sendo apenas mais uma fonte de informações para aqueles que acreditam na fonte de informações.

Compartilhe nas redes sociais

Seja o primeiro à comentar.

Enviar comentário