Boa tarde, a Bolsa de Chicago opera em alta nos principais ativos com a soja impulsionada pelas vendas semanais dos EUA acima do esperado. O assessor comercial da Casa Branca, Peter Navarro, sinalizou hoje que a formalização da “fase um” do acordo entre os EUA e China deve ocorre no fórum da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec) em novembro, no Chile: “Estamos no caminho certo para o Chile e a reunião dos dois presidentes em meados de novembro. E o plano é ter um acordo, para ver o que acontece”.

Fundos compradores ontem estimados em: 12.000 contratos de milho; 8.000 contratos de trigo; 7.000 contratos de soja; 2.000 contratos de farelo de soja. Fundos vendedores estimados em 1.000 contratos de óleo de soja.

O plantio de milho na Argentina atingiu 28,7% dos 6,4 milhões de hectares projetados para esta safra, segundo a Bolsa de Cereales de Buenos Aires. O avanço semanal foi de 4,5 pontos percentuais, mantendo um atraso interanual de 3,9 pontos. No trigo, as chuvas registradas em grande parte da área agrícola mitigaram, pelo menos momentaneamente, a condição de estresse hídrico das lavouras, especialmente na margem leste do país. Já no sul, a falta de chuvas agrava a situação de deficit hídrico.

O USDA divulgou hoje o relatório de vendas semanais para exportação dos EUA, com números acima do esperado para a soja e abaixo do esperado para o milho. Na semana encerrada no dia 10 de outubro, as vendas de soja 2019/20 foram de 1,6 milhão de toneladas, contra 2,09 milhões da semana anterior e 192 mil do mesmo período do ano passado. Na temporada, as vendas de soja somam 17,99 milhões de toneladas, contra 20,74 milhões do mesmo período da temporada anterior.


As vendas de milho 2019/20 foram de 369 mil toneladas, contra 284 mil da semana anterior e 383 mil do mesmo período do ano passado. Na temporada, as vendas de milho dos EUA somam 10,36 milhões de toneladas, contra 21,09 milhões do mesmo período da temporada 2018/19. As vendas 2020/21 tiveram dedução de 114 toneladas, acumulando 127,3 mil toneladas na temporada futura.

A produção semanal de etanol de milho nos EUA subiu a 971 mil barris diários na semana encerrada no dia 11 de outubro, de 971 mil da semana anterior e ante 1.011 mil do mesmo período do ano passado. Os estoques subiram de 21,22 milhões para 22,06 milhões de barris, contra 24,13 milhões do mesmo período de 2018.

O dólar segue em baixa frente a outras moedas. A libra esterlina em relação ao dólar dos EUA se aproxima da máxima de 22 semanas antes da votação do Parlamento Britânico sobre o Brexit. A presidente do Fed de Kansas City, Esther George, disse hoje que o Federal Reserve não deveria cortar mais os juros e afrouxar a política monetária neste momento por aumentaria a instabilidade financeira nos EUA: “Embora a fraqueza na manufatura e no investimento empresarial seja evidente, não está claro que a política monetária é a ferramenta apropriada para compensar os riscos enfrentados pelas empresas nesses setores quando comparada aos custos que podem ser associados a essa ação; Meu próprio cenário para a economia não pede uma resposta de política monetária”.

No Brasil, a moeda recua realizando as altas recentes. A inflação medida pelo Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), utilizado como referência para a correção do aluguel de imóveis, registrou alta de 0,85% na segunda prévia de outubro, após queda de 0,28% no mesmo período de agosto, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV). O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse hoje em coletiva de imprensa em Washington que a recente alta no dólar não interferiu na inflação e que a política monetária tem que ser estimulativa, com espaço para corte na Selic. Campos Neto defendeu também que o câmbio é flutuante e que O BC só faz intervenções quando há falta de liquidez no mercado: “O que nós sempre dizemos é que o banco central faz intervenções em momento onde tem gap de liquidez, ou seja, tem ruptura de um processo contínuo”. O Banco Central vendeu hoje todos os 10.500 contratos de swap cambial reverso ofertados e todos os US$ 525 milhões em moeda à vista ofertados. Ontem a moeda subiu 0,4%, a R$4,17.

As bolsas globais operam majoritariamente em baixa com dados da China e com a cautela antes da votação do Brexit no Parlamento.

Os futuros do petróleo operam em baixa após operarem parte do dia em alta com o aumento das expectativas de acordo comercial, porém o aumento nos estoques dos EUA pesaram nas cotações.

A economia da China registrou alta de 6% no terceiro trimestre de 2019 na comparação com o ano anterior, desacelerando da alta de 6,2% observada no segundo trimestre. Foi o ritmo de crescimento mais fraco desde 1992, primeiros dados trimestrais disponíveis. O resultado ficou abaixo da expectativa média do mercado, que era de crescimento de 6,1%.

A produção industrial da China cresceu a uma taxa anual de 5,8% em setembro, após alta de 4,4% em agosto. O resultado superou a expectativa dos analistas, que previam alta de 5%. As vendas no varejo subiram 7,8% no mês passado em relação ao ano anterior.

No Brasil, tempo chuvoso em boa parte do país até a próxima semana.

Previsão de Precipitação Brasil, 7 dias, em milímetros.

Na Argentina, tempo estável até a próxima semana.

Previsão de Precipitação Argentina, 7 dias, em milímetros.

Nos EUA, tempo chuvoso no Meio-Oeste durante o fim de semana.

Previsão de Precipitação EUA, 72 horas, em polegadas.

As temperaturas ficam abaixo da média para o período.

O potencial ciclone tropical 16 ganhou bastante força nas últimas horas e deve se tornar uma tempestade tropical ou subtropical hoje, segundo o Centro Nacional de Furacões (NHC).

Prêmios *referente ao dia anterior

Paranaguá

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Out

70

77

Nov

75

85

Fev

25

32

Mar

15

27

FARELO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Out

-29

-26

Nov

-29

-26

Dez

-28

-25

Fev

-23

-21

ÓLEO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

-20

90

Golfo do México – EUA

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Out

35

45

Nov

38

47

Dez

37

44

MILHO

COMPRADOR

VENDEDOR

Out

42

46

Nov

44

45

Dez

49

55

Uma nova maneira barata e mais eficiente de capturar e converter C02 foi desenvolvida

Por Ademilson Ramos, Engenharia É

A captura de dióxido de carbono é vista como uma maneira de combater o aquecimento global, mas os métodos atuais para fazer isso exigem muita energia, dificultando a captura eficiente dos gases do efeito estufa.

Um grupo de cientistas da Universidade de Kyoto, da Universidade de Tóquio e da Universidade de Jiangsu, na China, desenvolveu um novo material que pode capturar moléculas de CO2 e convertê-las em materiais orgânicos sem exigir muita energia. O trabalho deles foi publicado na revista Nature Communications.

Pesquisadores desenvolveram um PCP para capturar CO2

Projetamos com sucesso um material poroso que tem alta afinidade com as moléculas de CO2 e pode convertê-lo rápido e efetivamente em materiais orgânicos úteis”, disse Ken-ichi Otake, químico da Universidade de Kyoto e do Instituto de Ciências de Materiais Celulares Integrados (iCeMS ) em um comunicado de imprensa destacando os resultados de seu trabalho.

O material desenvolvido pelos pesquisadores é um polímero poroso que consiste em ícones de metal de zinco. Usando uma análise estrutural de raios-X, os pesquisadores testaram o material e descobriram que ele captura seletivamente moléculas de CO2 com uma eficiência dez vezes melhor do que outros polímeros porosos ou PCPs.

À medida que as moléculas de CO2 se aproximam do material, que possui uma estrutura molecular semelhante à hélice, elas se reorganizam e giram para capturar o CO2 e alterar os canais moleculares no PCP. Isso permite que ele reconheça moléculas por seu tamanho e forma.

O material de captura de CO2 pode ser reutilizado

O PCP também pode ser reutilizado. Os cientistas descobriram que a eficiência não diminuiu após dez ciclos de reação. Depois que o carbono é capturado, o material é convertido e pode ser usado para fabricar poliuretano, que tem inúmeras aplicações, inclusive em roupas, eletrodomésticos e embalagens.

Uma das abordagens mais verdes para a captura de carbono é reciclar o dióxido de carbono em produtos químicos de alto valor, como carbonatos cíclicos, que podem ser usados em petroquímicos e farmacêuticos”, diz Susumu Kitagawa, químico de materiais da Universidade de Kyoto. Os cientistas disseram que o trabalho destaca os potenciais PCPs em capturar o CO2 e transformá-lo em materiais úteis. Eles pediram que pesquisas futuras fossem feitas na área.

TRADINCOM CONSULTORIA EM NEGÓCIOS AGROPECUÁRIOS LTDA.®

+55 (41) 3434-5757

Al Dr Carlos de Carvalho, Wall Street Center, 771, Curitiba PR – Brasil, CEP 80.430-180.

www.tradincom.com

Esse é apenas um resumo de várias informações que recebemos, oferecemos oportunidades estratégicas particulares a cada necessidade de empresas ou operadores de mercado. Fiquem à vontade para requisitar opiniões estratégicas em posições ou mesmo sobre o processo de abertura de contas em Chicago.

Negociar futuros e opções envolve riscos substanciais e não é adequado para todos os investidores. O desempenho passado não é indicativo de resultados futuros. A Tradincom não distribui relatórios de pesquisa, empregam analistas, ou mantêm um departamento de pesquisa, tal como definido no Regulamento da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) 1.71, e portanto, este material não deve ser interpretado como uma solicitação para entrar em uma transação de derivativos.

Esse material é somente como base de informações e deve ser considerado como um comentário de mercado, meramente uma observação do cenário econômico, politico e de notícias atuais e históricas. Não há nenhuma intenção de solicitação de compra ou venda de ativos de commodities, mas somente uma visão geral de possíveis estratégias de mercado. Não sendo responsável por qualquer resultado de decisões de trading, mas sendo apenas mais uma fonte de informações para aqueles que acreditam na fonte de informações.

Compartilhe nas redes sociais

Seja o primeiro à comentar.

Enviar comentário