Boa tarde, a Bolsa de Chicago opera em alta nos principais ativos.


A soja tem forte alta após anúncio de vendas de soja dos EUA para a China em meio às notícias de que a China interromperá as compras agrícolas dos EUA. O USDA reportou hoje a venda de 132.000 toneladas de soja 2020/21 para a China.


O plantio de soja 2020/21 nos EUA atingiu 75% até domingo, contra 36% do mesmo período do ano passado e 68% da média dos últimos 5 anos, segundo o USDA. A emergência atingiu 52%, contra 17% de 2019 e 44% da média. As lavouras de soja estão com 70% em condições boas/excelentes, 26% em condições médias e 4% em condições ruins/muito ruins.


O plantio de milho 2020/21 nos EUA atingiu 93%, contra 64% de 2019 e 89% da média. A emergência atingiu 78%, contra 42% de 2019 e 73% da média. As condições das lavouras de milho tiveram melhora durante a última semana, passando de 70% para 74% as lavouras em condições boas/excelentes.


Os embarques semanais de grãos dos EUA foram de 396 mil toneladas, contra 343 mil da semana anterior e 510 mil do mesmo período do ano passado, segundo o USDA. Na temporada atual, os embarques de soja dos EUA somam 35,41 milhões de toneladas, contra 34,23 milhões do mesmo período da temporada anterior. Os embarques de milho foram de 1,13 milhão de toneladas, contra 1,1 milhão da semana anterior e 745 mil do mesmo período de 2019. Na temporada os embarques de milho somam 28,48 milhões de toneladas, contra 39,33 milhões do mesmo período da temporada 2018/19.


A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 2,008 bilhões e corrente de comércio de US$ 6,703 bilhões na 4ª semana de Maio de 2020, resultado de exportações no valor de US$ 4,355 bilhões e importações de US$ 2,348 bilhões. No mês, as exportações somam US$ 17,94 bilhões e as importações, US$ 13,392 bilhões, com saldo positivo de US$ 4,548 bilhões e corrente de comércio de US$ 31,331 bilhões. No ano, as exportações totalizam US$ 85,301 bilhões e as importações, US$ 68,952 bilhões, com saldo positivo de US$ 16,349 bilhões e corrente de comércio de US$ 154,253 bilhões.


As exportações brasileiras de soja somaram 15,5 milhões de toneladas em maio, contra 16 milhões do recorde registrado em abril e 10 milhões no mesmo período do ano passado, segundo a Secretaria de Comércio Exterior (Secex). As exportações de milho foram de apenas 25 mil toneladas, contra 958 mil do mesmo período do ano passado.


O número de mortos causados pelo novo coronavírus (COVID-19) subiu para 376.445 hoje, de 372.752 até ontem, com 6.309.107 casos confirmados em 188 países e territórios. Desde ontem são quase 100.000 novos casos confirmados em todo o mundo. O número de recuperados da pneumonia causada pelo vírus chegou a 2.725.627 hoje, de 2.660.284 até ontem.


No Brasil, o número de casos de COVID-19 subiu para 531.768 hoje, de 514.992 até ontem, segundo as secretarias estaduais de Saúde. O número de mortos chegou a 30.152, de 29.341 até ontem. O número de pacientes recuperados somam 240.627, de 206.555 até ontem.


O dólar segue em baixa frente a outras moedas com otimismo sobre a recuperação econômica global.


No Brasil a moeda recua acompanhando o exterior. Ontem a moeda subiu 0,94%, a R$5,3868. O Banco Central vendeu hoje todos os 12 mil contratos de swap cambial tradicional ofertados para rolagem do vencimento julho de 2020. O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, afirmou na noite de ontem que a dívida bruta deve chegar a 94% do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano por causa das medidas para mitigar os efeitos do coronavírus, mas que deverá voltar a cair com medidas de ajuste fiscal e reformas a serem retomadas em 2021. De acordo com o secretário, o déficit primário deve chegar a R$ 708,7 bilhões, ou 9,9% do PIB.


As bolsas globais sobem focadas na reabertura da economia global.


No Brasil o Ibovespa retoma os 90 mil pontos seguindo o otimismo externo. Ontem o Ibovespa subiu 1,39%, aos 88.620 pontos.


Os futuros do petróleo seguem em alta com expectativa de retomada na demanda global.

No Brasil, tempo predominantemente estável amanhã.

Previsão de Precipitação Brasil, 24 horas, em milímetros.



Na Argentina, tempo predominantemente estável amanhã.

Previsão de Precipitação Argentina, 24 horas, em milímetros.


Nos EUA, tempo chuvoso em parte do Meio-Oeste amanhã.

Previsão de Precipitação EUA, 24 horas, em polegadas.


Prêmios *referente ao dia anterior

Paranaguá

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Jun

90

110

Jul

95

105

Ago

110

125

Set

105

120

FARELO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

1

6

ÓLEO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

110

210

Golfo do México – EUA

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Jun

58

63

Jul

60

67

Ago

62

69

MILHO

COMPRADOR

VENDEDOR

Jun

46

54

Jul

46

52

Ago

45

50

Após missão histórica, SpaceX fará novo lançamento nesta semana

Fabiana Rolfini, Olhar Digital


Foguete Falcon 9 levará nesta quarta-feira (3) mais 60 satélites da Starlink ao espaço, elevando o total em órbita para 500

Parece que o sucesso da missão histórica espacial da SpaceX no último fim de semana animou Elon Musk a ponto de fazer mais. Isso porque a companhia do empresário já está pronta para mais um lançamento nesta quarta-feira (3), desta vez, sem astronautas.

Na verdade, serão mais 60 satélites de banda larga da constelação Starlink levados ao espaço, elevando o total em órbita para quase 500. Segundo o Centro Espacial Kennedy, a decolagem está marcada para às 20h55 no horário da costa leste dos EUA (21h55 no horário de Brasília).

Denominada “Starlink 7”, a missão estava prevista para maio, mas teve de ser adiada devido às más condições climáticas. Desta vez, ela testará a eficácia de pelo menos um “VisorSat”, equipamento capaz de bloquear o reflexo solar sobre os satélites Starlink.


A empresa espera enviar centenas de outros roteadores ao espaço até o fim do ano. O objetivo final é colocar dezenas de milhares de satélites em órbita da Terra para fornecer internet de alta velocidade ao mundo todo.

Via: CNet

TRADINCOM CONSULTORIA EM NEGÓCIOS AGROPECUÁRIOS LTDA.®

+55 (41) 3434-5757

Al Dr Carlos de Carvalho, Wall Street Center, 771, Curitiba PR – Brasil, CEP 80.430-180.

www.tradincom.com

Esse é apenas um resumo de várias informações que recebemos, oferecemos oportunidades estratégicas particulares a cada necessidade de empresas ou operadores de mercado. Fiquem à vontade para requisitar opiniões estratégicas em posições ou mesmo sobre o processo de abertura de contas em Chicago.

Negociar futuros e opções envolve riscos substanciais e não é adequado para todos os investidores. O desempenho passado não é indicativo de resultados futuros. A Tradincom não distribui relatórios de pesquisa, empregam analistas, ou mantêm um departamento de pesquisa, tal como definido no Regulamento da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) 1.71, e portanto, este material não deve ser interpretado como uma solicitação para entrar em uma transação de derivativos.

Esse material é somente como base de informações e deve ser considerado como um comentário de mercado, meramente uma observação do cenário econômico, politico e de notícias atuais e históricas. Não há nenhuma intenção de solicitação de compra ou venda de ativos de commodities, mas somente uma visão geral de possíveis estratégias de mercado. Não sendo responsável por qualquer resultado de decisões de trading, mas sendo apenas mais uma fonte de informações para aqueles que acreditam na fonte de informações.

Compartilhe nas redes sociais

Seja o primeiro à comentar.

Enviar comentário