Bom dia, a Bolsa de Chicago opera em alta nos principais ativos, realizando as baixas recentes. Ontem o mercado esboçou uma correção durante o pregão noturno, porém as preocupações com tensões comerciais pressionaram as cotações no pregão regular com a aproximação do feriado nos EUA. Devido ao feriado de Independência dos EUA no dia de amanhã, a CBOT terá fechamento mais cedo hoje, às 14:05 (horário de Brasília), com reabertura somente no pregão regular de quinta-feira (5).

Fundos vendedores ontem estimados em: 28.000 contratos de milho; 12.500 contratos de trigo; 6.000 contratos de soja; 3.500 contratos de farelo de soja; 3.000 contratos de óleo de soja.

O esmagamento de soja nos EUA foi de 172,4 milhões de bushels em maio, segundo o USDA. O uso de milho para etanol foi de 470,4 milhões de bushels e a produção de DDG de milho foi de 1,969 milhão de toneladas.

As condições das lavouras de soja nos EUA tiveram piora de 2 pontos percentuais na última semana, para 71% bom/excelente, contra 64% do mesmo período do ano passado. O florescimento atingiu 27% das lavouras, contra 17% do mesmo período do ano passado e 13% da média dos últimos 5 anos.

As condições das lavouras de milho nos EUA tiveram piora de 1 ponto percentual na última semana, para 76% bom/excelente, contra 68% do mesmo período do ano passado. O pendoamento atingiu 17%, contra 9% do mesmo período do ano passado e 8% da média.

O USDA divulgou ontem o relatório de embarques semanais de grãos dos EUA. Na semana encerrada no dia 28 de junho, os embarques de soja foram de 849 mil toneladas, contra 517 mil da semana anterior e 282 mil do mesmo período do ano passado. Na temporada, os embarques de soja somam 49,67 milhões de toneladas, contra 52,54 milhões de toneladas do mesmo período da temporada anterior. Os embarques de milho foram de 1,537 milhão de toneladas, contra 1,54 milhão da semana anterior e 1,13 milhão do mesmo período do ano passado. Na temporada, os embarques de milho somam 45,76 milhões de toneladas, contra 48,71 milhões do mesmo período do ano passado.

O dólar opera em baixa frente a outras moedas. O presidente dos EUA, Donald Trump, disse no Twitter que a economia americana está indo possivelmente melhor do que nunca e que isso ocorre antes mesmo do país consertar alguns dos piores e mais injustos acordos comerciais já fechados pelo país.

No Brasil, a moeda abriu com leve baixa e agora vale R$3,9000, -0,25% (10h10). Ontem o dólar teve dia de baixa liquidez devido ao jogo do Brasil, com o volume de negócios caindo mais de 50% durante a partida. Ontem a moeda subiu 0,93%, a R$ 3,9125, com foco no mercado externo. O Banco Central também se manteve ausente no dia de ontem, após anunciar continuidade nas intervenções na última sexta-feira. O Banco Central inicia hoje a rolagem dos contratos de swap cambial com vencimento em 1º de agosto e dá continuidade na atuação nos mercados cambiais caso necessário, assim como anunciado na sexta-feira: A partir de 2 de julho, terão início os leilões de swap para a rolagem integral do vencimento de 1º de agosto de 2018, que totaliza 280.455 contratos. Além disso, nas próximas semanas o BC realizará, sempre que necessário, leilões de swap cambial e de linha (venda de dólares com compromisso de recompra), de acordo com as condições de mercado, para prover liquidez e contribuir para o bom funcionamento do mercado de câmbio. O BC reafirma que não vê restrições para que o estoque de swaps cambiais exceda consideravelmente os volumes máximos atingidos no passado. Por fim, é importante ressaltar que o BC e o Tesouro Nacional continuarão a atuar de forma coordenada no mercado de juros para prover liquidez e contribuir para o seu bom funcionamento.

As bolsas mundiais operam sem sentido definido.

Os futuros do petróleo seguem em alta, ainda repercutindo a grande queda nos estoques dos EUA, além de interrupções na Líbia.

As vendas do comércio varejista da zona do euro ficaram estáveis em maio ante abril, segundo a Eurostat. Na comparação anual, as vendas subiram 1,4%. A inflação ao produtor (PPI) da zona do euro subiu 0,8% em maio ante abril e teve alta de 3% na comparação anual.


CLIMA

 

No Brasil, chuvas isoladas no Sul hoje.

Previsão de Precipitação Brasil, 24 horas, em milímetros.

Na Argentina, chuvas no extremo norte do país hoje.

Previsão de Precipitação Argentina, 24 horas, em milímetros.

Nos EUA, chove no norte do Meio-Oeste e no Golfo hoje.

Previsão de Precipitação EUA, 24 horas, em polegadas.


PRÊMIOS

 



Esse é apenas um resumo de várias informações que recebemos, oferecemos oportunidades estratégicas particulares a cada necessidade de empresas ou operadores de mercado. Fiquem à vontade para requisitar opiniões estratégicas em posições ou mesmo sobre o processo de abertura de contas em Chicago.
Negociar futuros e opções envolve riscos substanciais e não é adequado para todos os investidores. O desempenho passado não é indicativo de resultados futuros. A Tradincom não distribui relatórios de pesquisa, empregam analistas, ou mantêm um departamento de pesquisa, tal como definido no Regulamento da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) 1.71, e portanto, este material não deve ser interpretado como uma solicitação para entrar em uma transação de derivativos.
Esse material é somente como base de informações e deve ser considerado como um comentário de mercado, meramente uma observação do cenário econômico, politico e de notícias atuais e históricas. Não há nenhuma intenção de solicitação de compra ou venda de ativos de commodities, mas somente uma visão geral de possíveis estratégias de mercado. Não sendo responsável por qualquer resultado de decisões de trading, mas sendo apenas mais uma fonte de informações para aqueles que acreditam na fonte de informações.

Compartilhe nas redes sociais

Seja o primeiro à comentar.

Enviar comentário