Boa tarde, a Bolsa de Chicago opera em alta nos principais ativos realizando as baixas recentes.


O número de mortos causados pelo novo coronavírus (2019-nCoV) subiu para 427 hoje, de 362 até ontem, com mais de 20.700 casos confirmados em 24 países e territórios, sendo 20.492 casos somente na China continental. Até ontem haviam pouco mais de 17.490 casos confirmados. 727 pessoas infectadas já se recuperaram da pneumonia causada pelo vírus. O coronavírus já supera o número de mortes causadas pela epidemia de Sars em 2002-2003, que provocou a morte de 349 pessoas na China continental. https://gisanddata.maps.arcgis.com/apps/opsdashboard/index.html#/bda7594740fd40299423467b48e9ecf6


A China concordou em permitir que especialistas em saúde dos EUA entrem no país como parte de um esforço da Organização Mundial da Saúde (OMS) para ajudar a combater o coronavírus.

Os embarques semanais de soja dos EUA foram de 1,36 milhão de toneladas na semana encerrada no dia 30 de janeiro, contra 1,06 milhão da semana anterior e 1,09 milhão do mesmo período do ano passado, segundo o USDA. Na temporada, os embarques somam 26,59 milhões de toneladas, contra 21,58 milhões do mesmo período da temporada anterior. Os embarques de milho foram de 562 mil toneladas, contra 680 mil da semana anterior e 912 mil do mesmo período do ano passado. Na temporada, os embarques de milho dos EUA somam apenas 10,72 milhões de toneladas, contra 22,5 milhões do mesmo período de 2019.


O esmagamento de soja dos EUA foi de 184,7 milhões de bushels em dezembro de 2019, contra 183,8 milhões de bushels de dezembro de 2018, segundo o USDA, ante expectativa média de 185,7 milhões de bushels. Este foi um novo recorde para este mês. A produção de óleo de soja foi de 2,11 bilhões de libras-peso, contra 2,00 bilhões do mês anterior e 2,135 bilhões do ano passado. Os estoques de óleo de soja subiram acentuadamente para 2,094 bilhões de libras-peso, de 1,880 bilhão no mês passado e 1,946 bilhão do mesmo período do ano passado.

A balança comercial brasileira registrou déficit de US$ 1,745 bilhão em janeiro, valor inferior ao alcançado em igual período de 2019, quando registrou superávit de US$ 1,697 bilhão. No período, a corrente de comércio alcançou valor de US$ 30,605 bilhões. Sobre igual período do ano anterior registrou diminuição de 11,2%, pela média diária. No mês, a exportação alcançou cifra de US$ 14,430 bilhões. Em relação a janeiro de 2019, as exportações registraram queda de 20,2%, e em relação a dezembro de 2019, retração de 24,1%, pela média diária. As importações totalizaram US$ 16,175 bilhões. Sobre igual período do ano anterior, as importações apresentaram queda de 1,3%, e sobre dezembro de 2019, crescimento de 23,0%, pela média diária.


As exportações brasileiras de soja somaram 1,49 milhão de toneladas em janeiro, contra 3,44 milhões de dezembro e 2,04 milhões de janeiro de 2019. As exportações de milho foram de 2,29 milhões de toneladas, contra 4,37 milhões de dezembro e 3,87 milhões do mesmo período do ano passado.


A consultoria FC Stone elevou a estimativa de produção de soja 2019/20 do Brasil a 124 milhões de toneladas, 1,9% acima da previsão de janeiro. Em nota, a consu.toria disse que “no Mato Grosso do Sul e em Goiás, além do aumento do rendimento, houve revisão também de área. No caso de resultados favoráveis se manterem até o final da colheita, haveria espaço para novos aumentos nas próximas revisões”. As exportações devem chegar a 72 milhões de toneladas e o consumo interno em 48 milhões de toneladas.

O dólar opera em alta frente a outras moedas.


As encomendas à indústria dos EUA subiram 1,8% em dezembro ante novembro, após recuo de 1,2% em novembro (revisado de -0,7%), segundo o Departamento de Comércio. O resultado veio melhor do que o esperado, que era de alta de 1,2%.


No Brasil o dólar segue em baixa realizando o recorde da sexta-feira. Ontem a moeda caiu 0,84%, a R$4,2491. Começa hoje a reunião de dois dias do Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central para a decisão de política monetária do Brasil, com expectativa de corte na Selic em 0,25 ponto percentual, para novo piso histórico de 4,25%. O Congresso voltou ontem aos trabalhos com a reforma tributária como prioridade, que deve ser votada até julho. O banco UBS reduziu hoje a previsão para o crescimento do PIB do Brasil neste ano de 2,5% para 2,1% por conta do coronavírus. Segundo o banco, “as mudanças nas projeções de crescimento da China têm um impacto cíclico (…) sobre o crescimento do Brasil”. Para 2021 a previsão de crescimento subiu de 2,5% para 2,8%.


O setor industrial do Brasil registrou queda de 0,7% em dezembro de 2019 ante novembro, segundo o IBGE. Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, a produção caiu 1,2%. O resultado veio pior do que o esperado pelos analistas, que previam queda de 0,5% na base mensal e quada de 0,8% na base anual. No ano de 2019 a indústria brasileira contraiu 1,1%, após crescimento de 1% em 2018.


As bolsas globais operam majoritariamente em movimento de correção.


Os futuros do petróleo sobem realizando as baixas recentes. Ontem o petróleo WTI atingiu fechou no menor valor desde janeiro de 2019.


A inflação ao produtor da zona do euro medido pelo índice de preços ao produtor (PPI) ficou estável em dezembro de 2019 ante novembro, segundo a Eurostat. Na comparação anual, o PPI do bloco apresentou queda de 0,7%.


No Brasil, tempo chuvoso em boa parte do país amanhã.

Previsão de Precipitação Brasil, 24 horas, em milímetros.




Na Argentina, tempo chuvoso em boa parte do país amanhã.

Previsão de Precipitação Argentina, 24 horas, em milímetros.


Prêmios *referente ao dia anterior

Paranaguá

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Fev

50

60

Mar

45

55

Abr

35

45

Mai

40

50

FARELO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Fev

-6

-2

Mar

-4

-1

Abr

-14

-10

Mai

-20

-16

ÓLEO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

260

330

Golfo do México – EUA

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Fev

63

68

Mar

64

67

Abr

59

65

MILHO

COMPRADOR

VENDEDOR

Fev

67

73

Mar

67

75

Abr

64

68

SpaceX vai enviar astronautas ao espaço pela primeira vez

Guilherme Preta, editado por Matheus Luque, Olhar Digital

Será o primeiro voo tripulado de uma espaçonave americana desde o fim dos ônibus espaciais

A SpaceX está pronta para sua primeira missão tripulado ao espaço. Bob Behnken e Doug Hurley vão ser os primeiros astronautas a voar na Crew Dragon. O lançamento, que deve acontecer entre os meses de abril e junho, marcará a volta de uma espaçonave americana tripulada ao espaço desde que o programa de ônibus espaciais terminou em 2011. Desde então, a Nasa utiliza equipamentos russos para levar seus astronautas ao espaço.

As pessoas acham muito glamuroso poder ir para o espaço, mas, na verdade, é como uma viagem de acampamento bagunçada”, afirmou Hurley em entrevista à Reuters. Os dois foram selecionados ainda em 2018 para o voo inaugural da nave da SpaceX. Tanto Hurley quanto Behnken trabalham em colaboração com a empresa no desenvolvimento da Crew Dragon desde 2015.

Antes de serem contratados pela Nasa, ambos trabalharam como piloto militar e já foram ao espaço antes. Hurley passou 24 anos como piloto de teste e caça no Corpo de Fuzileiros Navais, com mais de 5.500 horas de voo. Além disso, pilotou dois ônibus espaciais, incluindo o último a voar, e já passou mais de 680 horas no espaço. Behnken foi piloto de teste da Força Aérea e possui mais de 1.500 horas voando. Com mais de 700 horas no espaço, possui também 37 horas de caminhadas espaciais.

Passamos alguns dias por semana em algum lugar da Flórida ou da Califórnia, avaliando os projetos finais. Não somos os beneficiários de um programa de treinamento formal. Ele está meio que sendo desenvolvido à medida que avançamos”, declarou Behnken em entrevista. Estimulada também por isso, a segurança é a principal prioridade da SpaceX, que se preparou para diversas possíveis emergências.

Evacuação da plataforma de lançamento em uma tirolesa e recuperação da cápsula no oceano são apenas alguns dos testes realizados. “A Nasa não faz um programa de teste de voo para uma nave espacial desde o ônibus espacial. Então você está falando do final dos anos 70, início dos anos 80. Foi a última vez que fizemos isso como uma agência”, lembrou Hurley.

Quando você chega lá e olha para a Terra, acho que não há ninguém que não passe por mudanças”, disse Behnken. “As pessoas nos perguntam sobre a comercialização do espaço. Acredito firmemente que quanto mais pessoas puderem ir para lá, melhor será para o planeta”, concluiu.

Via: Science Alert

TRADINCOM CONSULTORIA EM NEGÓCIOS AGROPECUÁRIOS LTDA.®

+55 (41) 3434-5757

Al Dr Carlos de Carvalho, Wall Street Center, 771, Curitiba PR – Brasil, CEP 80.430-180.

www.tradincom.com

Esse é apenas um resumo de várias informações que recebemos, oferecemos oportunidades estratégicas particulares a cada necessidade de empresas ou operadores de mercado. Fiquem à vontade para requisitar opiniões estratégicas em posições ou mesmo sobre o processo de abertura de contas em Chicago.

Negociar futuros e opções envolve riscos substanciais e não é adequado para todos os investidores. O desempenho passado não é indicativo de resultados futuros. A Tradincom não distribui relatórios de pesquisa, empregam analistas, ou mantêm um departamento de pesquisa, tal como definido no Regulamento da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) 1.71, e portanto, este material não deve ser interpretado como uma solicitação para entrar em uma transação de derivativos.

Esse material é somente como base de informações e deve ser considerado como um comentário de mercado, meramente uma observação do cenário econômico, politico e de notícias atuais e históricas. Não há nenhuma intenção de solicitação de compra ou venda de ativos de commodities, mas somente uma visão geral de possíveis estratégias de mercado. Não sendo responsável por qualquer resultado de decisões de trading, mas sendo apenas mais uma fonte de informações para aqueles que acreditam na fonte de informações.

Compartilhe nas redes sociais

Seja o primeiro à comentar.

Enviar comentário