Boa tarde, a Bolsa de Chicago opera em baixa nos principais ativos realizando parte das altas recentes.


As condições das lavouras de soja 2020/21 dos EUA permaneceram com 71% boas/excelentes, contra 53% do mesmo período do ano passado, segundo o USDA. O florescimento atingiu 31% das lavouras, contra 8% do mesmo período do ano passado e 24% da média dos últimos 5 anos. A formação de vagens atingiu 2%, contra 1% de 2019 e 4% da média.


As condições das lavouras de milho 2020/21 dos EUA tiveram piora de 2 pontos percentuais durante a última semana, para 71% boas/excelentes, ante 57% do mesmo período de 2019. O pendoamento atingiu 10%, contra 7% de 2019 e 16% da média.


Os fundos foram grandes compradores de commodities na CBOT na semana encerrada no dia 30 de junho, segundo o relatório de comprometimento dos traders (COT). Os fundos aumentaram as posições compradas na soja em 23.551 contratos, a 67.836 contratos. No milho os fundos reduziram as posições vendidas em 75.830 contratos, a 201.648 contratos. No trigo as posições vendidas foram reduzidas em 9.400 contratos, a 38.812 contratos.


Os embarques semanais de soja dos EUA foram de 522 mil toneladas na semana encerrada no dia 2 de julho, contra 334 mil da semana anterior e 762 mil do mesmo período do ano passado, segundo o USDA. Na temporada, os embarques de soja dos EUA somam 37,34 milhões de toneladas, contra 37,86 milhões do mesmo período da temporada anterior. Os embarques de milho foram de 962 mil toneladas, contra 1,24 milhão da semana anterior e 721 mil do mesmo período de 2019. Na temporada os embarques de milho somam 34,21 milhões de toneladas, contra 42,48 milhões do mesmo período da temporada 2019/20.


O número de mortos em todo o mundo causados pelo novo coronavírus (COVID-19) subiu para 539.764 hoje, de 535.185 até ontem, com 11.679.808 casos confirmados. Desde ontem são quase 200.000 novos casos confirmados em todo o mundo. O número de recuperados da pneumonia causada pelo vírus chegou a 6.348.785 hoje, de 6.217.763 até ontem.


No Brasil, o número de casos de COVID-19 subiu para 1.628.283 hoje, de 1.604.585 até ontem, segundo o consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde. O número de mortos chegou a 65.631, de 64.900 até ontem. O número de pacientes recuperados somam 1.071.229, de 978.615 até ontem.


O dólar opera com leve baixa frente a outras moedas. O número de contratações nos EUA aumentou 2,4 milhões em maio, chegando a 6,5 milhões, segundo o relatório JOLT’s do Departamento de Trabalho. Esse foi o maior aumento mensal de contratações desde o início da série. As separações totais diminuíram de 5,8 milhões a 4,1 milhões, a maior redução desde o início da série.


No Brasil a moeda opera com leve baixa acompanhando o exterior. Ontem a moeda subiu 0,62%, a R$5,3513. A balança comercial registrou superávit de US$ 1,38 bilhão e corrente de comércio de US$ 4,16 bilhões na 1ª semana de Julho de 2020, resultado de exportações no valor de US$ 2,77 bilhões e importações de US$ 1,39 bilhão. No ano, as exportações totalizam US$ 104,489 bilhões e as importações, US$ 80,786 bilhões, com saldo positivo de US$ 23,703 bilhões e corrente de comércio de US$ 185,276 bilhões.


As bolsas globais operam majoritariamente em baixa devolvendo parte dos ganhos de ontem.


Os futuros do petróleo operam com leve alta após operar parte da manhã em baixa. Logo mais o Instituto Americano de Petróleo (API) divulga dados os estoques semanais. Na última semana o API mostrou recuo de 8,156 milhões de barris nos estoques dos EUA.


No Brasil, tempo chuvoso no Sul amanhã.

Previsão de Precipitação Brasil, 24 horas, em milímetros.



Na Argentina, tempo predominantemente estável amanhã.

Previsão de Precipitação Argentina, 24 horas, em milímetros.


Nos EUA, tempo chuvoso em parte Meio-Oeste amanhã.

Previsão de Precipitação EUA, 24 horas, em polegadas.



Prêmios *referente ao dia anterior

Paranaguá

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Jul

100

118

Ago

110

120

Set

115

125

Out

116

127

FARELO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

-1

5

ÓLEO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

170

280

Golfo do México – EUA

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Jul

63

70

Ago

68

75

Set

68

74

MILHO

COMPRADOR

VENDEDOR

Jul

54

58

Ago

56

60

Set

58

62

Três missões rumo a Marte decolam neste mês; entenda

Rafael Rigues, Olhar Digital


Emirados Árabes Unidos, EUA e China enviarão satélites e veículos para explorar os mistérios do planeta vermelho.

Está aberta a temporada de caça aos marcianos! Neste mês de julho nada menos do que três missões de exploração, desenvolvidas por três países diferentes, serão lançadas rumo a Marte, com o objetivo de nos dar mais informações sobre o passado e o presente do planeta vermelho.

A concentração de missões ao redor da mesma data tem uma explicação: Marte chega neste mês à sua posição mais próxima da Terra, algo que ocorre a cada 780 dias. Missões lançadas agora podem chegar ao planeta gastando menos energia, o que significa menos combustível, menor peso e menor custo. Caso a “janela” de lançamento, que vai até meados de agosto, seja perdida, outra oportunidade similar só acontecerá em 2022.

Hope, Emirados Árabes Unidos

A primeira missão a decolar é a Hope, desenvolvida pelos Emirados Árabes Unidos. Ela vai partir da base espacial de Tanegashima, no Japão, às 17h51 (horário de Brasília) a bordo de um foguete H-2A desenvolvido pela Mitsubishi Heavy Industries sob contrato da agência espacial japonesa (JAXA)

O objetivo é colocar em órbita um satélite que vai estudar a atmosfera de Marte, gerando um mapa de seu sistema climático ao longo de um ano marciano, o equivalente a 1,8 anos terrestres. Assim como a Terra, Marte tem estações que influenciam ventos, temperatura, condensação e evaporação de gelo, etc.

É apenas o primeiro passo de um programa ambicioso. O país tem planos para colonizar o planeta nos próximos 100 anos, e já explora os primeiros planos para construção de uma cidade marciana.


Tianwen-1, China

No dia 23 de julho teremos a Tianwen-1, primeira missão Chinesa a Marte. Esta é a mais complexa entre as três, já que levará ao planeta um veículo orbital (orbiter) com seis instrumentos para observação do planeta, e um veículo de exploração (rover), com mais seis instrumentos para análise climática, geomagnética e do solo.

Será a primeira missão Chinesa a Marte, após a falha da missão Phobos-Grunt (em conjunto com a Rússia) em 2011. O país, que já mandou dois satélites e rovers à Lua, quer se estabelecer como uma potência espacial e tem planos para iniciar, no início de 2021, o lançamento dos primeiros componentes para a construção de uma estação espacial tripulada.

Perseverance, EUA

Por volta do dia 30 de julho (a data exata não foi definida), vem uma das missões mais aguardadas nos últimos anos: a Mars 2020, desenvolvida pela Nasa. Ela irá colocar na superfície marciana um novo veículo de exploração, o rover Perseverance (Perseverança), que vai buscar por evidências de vida passada em um antigo lago que existia dentro do que hoje é a Cratera Jezero.

O rover levará ao planeta uma lista com 10,9 milhões de nomes de entusiastas do espaço, coletados em um site da Nasa, e também uma homenagem aos profissionais de saúde que trabalham no combate à pandemia de Covid-19 que assola o planeta.

Também estará a bordo um pequeno helicóptero chamado Ingenuity (Engenhosidade), que realizará uma série de curtos voos de teste a alturas entre 3 e 10 metros, e distância de não mais que 300 metros, durante um período de 30 dias a partir de maio de 2021. O objetivo é validar o conceito de uma aeronave remotamente controlada, que poderá ser explorado novamente em missões futuras.

Enquanto isso, em Marte…

O outro rover da Nasa, Curiosity, começará em breve sua jornada rumo a um novo local de exploração, conhecido como “unidade contendo sulfatos”. Sulfatos são compostos químicos que só se formam na presença de água, o que pode dar pistas importantes sobre o passado marciano, uma época em que a superfície do planeta continha água líquida e, potencialmente, condições de abrigar vida.

O novo local fica a cerca de 1,6 quilômetros (uma milha) da localização atual do rover, na cratera Gale. Para chegar lá, o veículo usará seu sistema de navegação autônoma para desviar de um banco de areia, onde suas rodas poderiam ficar presas. Se tudo sair como esperado, o Curiosity deve chegar ao seu novo “lar” por volta de setembro.

TRADINCOM CONSULTORIA EM NEGÓCIOS AGROPECUÁRIOS LTDA.®

+55 (41) 3434-5757

Al Dr Carlos de Carvalho, Wall Street Center, 771, Curitiba PR – Brasil, CEP 80.430-180.

www.tradincom.com

Esse é apenas um resumo de várias informações que recebemos, oferecemos oportunidades estratégicas particulares a cada necessidade de empresas ou operadores de mercado. Fiquem à vontade para requisitar opiniões estratégicas em posições ou mesmo sobre o processo de abertura de contas em Chicago.

Negociar futuros e opções envolve riscos substanciais e não é adequado para todos os investidores. O desempenho passado não é indicativo de resultados futuros. A Tradincom não distribui relatórios de pesquisa, empregam analistas, ou mantêm um departamento de pesquisa, tal como definido no Regulamento da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) 1.71, e portanto, este material não deve ser interpretado como uma solicitação para entrar em uma transação de derivativos.

Esse material é somente como base de informações e deve ser considerado como um comentário de mercado, meramente uma observação do cenário econômico, politico e de notícias atuais e históricas. Não há nenhuma intenção de solicitação de compra ou venda de ativos de commodities, mas somente uma visão geral de possíveis estratégias de mercado. Não sendo responsável por qualquer resultado de decisões de trading, mas sendo apenas mais uma fonte de informações para aqueles que acreditam na fonte de informações.

Compartilhe nas redes sociais

Seja o primeiro à comentar.

Enviar comentário