Boa tarde, a Bolsa de Chicago opera entre ganhos e perdas, com a soja e trigo em baixa realizando parte das altas de ontem enquanto o milho sobe após a baixa de ontem.

O número de mortos causados pelo novo coronavírus (COVID-19) subiu para 15.436 hoje, de 15.436 até ontem, com 396.249 casos confirmados em 169 países e territórios. Desde ontem são pouco mais de 40.000 novos casos confirmados. O número de recuperados da pneumonia causada pelo vírus subiu para 103.317 hoje, de 100.462 até ontem.


No Brasil, o número de casos de COVID-19 subiu para 1.967 hoje, de 1.629 até ontem, em 26 estados e Distrito Federal, segundo as secretarias estaduais de Saúde. Último balanço oficial do Ministério da Saúde aponta 1.891 casos. O número de mortos chegou a 34 no Brasil, de 25 até ontem.

A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 1,402 bilhão e corrente de comércio de US$ 7,886 bilhões na terceira semana de março de 2020, resultado de exportações no valor de US$ 4,644 bilhões e importações de US$ 3,242 bilhões. No mês, as exportações somam US$ 13,257 bilhões e as importações, US$ 10,575 bilhões, com saldo positivo de US$ 2,683 bilhões e corrente de comércio de US$ 23,832 bilhões. No ano, as exportações totalizam US$ 44,114 bilhões e as importações US$ 40,009 bilhões, com saldo positivo de US$ 4,105 bilhões e corrente de comércio de US$ 84,123 bilhões.


As exportações brasileiras de soja somam 7,19 milhões de toneladas em março, até a terceira semana, contra 5,12 milhões de todo o mês de fevereiro e 8,46 milhões de todo o mês de março de 2019. As exportações de milho somam 406 mil toneladas, contra 346 mil de fevereiro e 827 mil de março de 2019.


O dólar opera em baixa frente a outras moedas realizando as altas recentes.


No Brasil o dólar recua acompanhando o exterior. Ontem a moeda subiu 2,17%, a R$5,1352. A confiança do consumidor do Brasil medido pelo Índice de Confiança do Consumidor caiu 7,6 pontos em março, para 80,2 pontos, o patamar mais baixo desde janeiro de 2017, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV). O Banco Central anunciou ontem um conjunto de medidas que podem liberar até R$ 1,21 trilhão em liquidez para a economia, com o objetivo de combater os efeitos do coronavírus, entre eles: Redução do compulsório de 25% para 17%; Uso de debêntures como garantia de empréstimos; Expansão de captação de recursos e crédito assegurados pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC); Redução do spread dos juros; Flexibilização nas regras da Letra de Crédito do Agronegócio (LCA). O presidente Jair Bolsonaro anunciou ontem um amplo pacote de ajuda a estados e municípios, com acesso a novos empréstimos, suspensão de dívidas e transferências adicionais de recursos, totalizando R$ 85,8 bilhões.

As vendas do varejo do Brasil recuaram 1% em janeiro ante dezembro, na série com ajuste sazonal, segundo o IBGE. A média móvel trimestral foi de -0,4% no trimestre encerrado em janeiro. Na série sem ajuste sazonal, no confronto com janeiro de 2019, o comércio varejista cresceu 1,3%, décima taxa positiva consecutiva. Já o acumulado nos últimos doze meses foi 1,8%. O resultado veio pior do que o esperado, que era de recuo de 0,6% na comparação mensal e de alta de 2,5% na comparação anual.


As bolsas globais operam com forte alta após anúncio de mais estímulos por parte dos Bancos Centrais pelo mundo.


No Brasil o Ibovespa também sobe forte. Ontem o Ibovespa recou 5,22%, aos 63.569 pontos.

Os futuros do petróleo também sobem recuperando parte das baixas recentes.


Os setores industrial e de serviços da zona do euro medido pelo PMI Composto preliminar do IHS Markit, despencou à mínima recorde de 31,4 em março ante 51,6 em fevereiro, a maior queda mensal desde que a pesquisa começou, em 1998.


No Brasil, tempo chuvoso em boa parte do país hoje.

Previsão de Precipitação Brasil, 24 horas, em milímetros.



Na Argentina, tempo chuvoso em parte do país nesta semana.

Previsão de Precipitação Argentina, 7 dias, em milímetros.

Prêmios *referente ao dia anterior

Paranaguá

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Abr

55

62

Mai

50

60

Jun

40

50

Jul

45

55

FARELO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Abr

0

5

Mai

-10

-5

Jun

-14

-10

Jul

-15

-11

ÓLEO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

50

120

Golfo do México – EUA

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Abr

53

60

Mai

53

59

Jun

55

61

MILHO

COMPRADOR

VENDEDOR

Abr

54

62

Mai

53

60

Jun

52

59

Turbinas eólicas sem pás’ produzem energia 30% mais barata que as turbinas convencionais

Por Ademilson Ramos, Engenharia É


A cada dia que passa, pesquisas são realizadas na busca por tecnologias para tornar a geração de energia limpa ainda mais vantajosa – e um projeto propõe, agora, a construção de turbinas eólicas sem pás.

O conceito pode parecer estranho em primeira vista, mas traz grandes vantagens em relação ao modelo de turbina convencional. Batizada de Vortex Bladeless, a estrutura é composta por cilindros oscilantes. Seu segredo reside na flexibilidade: esses postes, em vez de “coletarem” vento, vibram quando expostos aos mesmos.

A máquina não possui engrenagens, freios, rolamentos ou eixos. Não precisa de lubrificação e não possui peças que possam ser desgastadas pelo atrito. Por ser muito leve e ter o centro de gravidade próximo do solo, os requisitos de ancoragem ou fundação foram reduzidos significativamente em comparação com as turbinas comuns, facilitando a instalação e manutenção.

Cerca de 100 protótipos pré-comerciais, cada um com 85 centímetros de altura, já estão em funcionamento – e os testes são muito promissores: tudo indica que eles são capazes de produzir eletricidade 30% mais barata do que as turbinas com pás.

Engenheiros espanhóis foram os responsáveis pelo desenvolvimento da novidade. David Yáñez, coordenador do projeto financiado pela União Europeia, está otimista com os resultados e as possibilidades de aplicação no dia a dia até mesmo nos grandes centros.

Esperamos oferecer às pessoas a possibilidade de colher o vento que passa sobre seus telhados ou através de jardins e parques, com dispositivos mais baratos de instalar e mais fáceis de manter do que as turbinas eólicas convencionais”, afirma Yáñez .

Vortex Bladeless tem um desafio comum enfrentado por arquitetos e engenheiros, o derramamento de vórtice. Quando o ar passa pela estrutura, pode comprometer a estabilidade dessas construções, mas, no caso das turbinas, é a chave para a geração de energia. A oscilação causada pelo vento – um movimento mecânico – é convertida em eletricidade por um alternador localizado na base da estrutura.

Entre os materiais utilizados estão uma haste elástica, imãs e alternador. O cilindro em si é feito de fibra de vidro e também de carbono. Por haver poucas partes móveis, a manutenção é mínima. Entretanto, há mais benefícios: ocupa espaço menor para implementação, geração de pouco ou nenhum ruído e facilidade de instalação. Redução de impacto visual e menos efeitos sobre vida dos pássaros.

O coordenador Yáñez explica: “Embora, em teoria, as turbinas eólicas convencionais tenham desempenho aerodinâmico superior, as turbinas sem pás são capazes de se adaptar mais rapidamente às mudanças na direção do vento. Esta é uma característica exclusiva e interessante em ambientes urbanos com condições de vento turbulentas”.

Veja abaixo o vídeo divulgado pelos responsáveis:

https://www.youtube.com/watch?v=VgDF8jzc7TU&feature=emb_logo

TRADINCOM CONSULTORIA EM NEGÓCIOS AGROPECUÁRIOS LTDA.®

+55 (41) 3434-5757

Al Dr Carlos de Carvalho, Wall Street Center, 771, Curitiba PR – Brasil, CEP 80.430-180.

www.tradincom.com

Esse é apenas um resumo de várias informações que recebemos, oferecemos oportunidades estratégicas particulares a cada necessidade de empresas ou operadores de mercado. Fiquem à vontade para requisitar opiniões estratégicas em posições ou mesmo sobre o processo de abertura de contas em Chicago.

Negociar futuros e opções envolve riscos substanciais e não é adequado para todos os investidores. O desempenho passado não é indicativo de resultados futuros. A Tradincom não distribui relatórios de pesquisa, empregam analistas, ou mantêm um departamento de pesquisa, tal como definido no Regulamento da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) 1.71, e portanto, este material não deve ser interpretado como uma solicitação para entrar em uma transação de derivativos.

Esse material é somente como base de informações e deve ser considerado como um comentário de mercado, meramente uma observação do cenário econômico, politico e de notícias atuais e históricas. Não há nenhuma intenção de solicitação de compra ou venda de ativos de commodities, mas somente uma visão geral de possíveis estratégias de mercado. Não sendo responsável por qualquer resultado de decisões de trading, mas sendo apenas mais uma fonte de informações para aqueles que acreditam na fonte de informações.

Compartilhe nas redes sociais

Seja o primeiro à comentar.

Enviar comentário