Boa tarde, a Bolsa de Chicago segue em baixa com avanço do coronavírus. O governo chinês suspendeu as comemorações do Ano Novo Lunar e estendeu o feriado até o dia 2 de fevereiro para tentar conter a disseminação do vírus.


O número de mortos causados pelo novo coronavírus (2019-nCoV) subiu para 107 hoje, de 81 ontem, com mais de 4.470 casos confirmados em 16 países e territórios, sendo mais 4.400 casos somente na China continental. Até ontem haviam pouco mais de 2.800 casos confirmados.


https://gisanddata.maps.arcgis.com/apps/opsdashboard/index.html#/bda7594740fd40299423467b48e9ecf6

A balança comercial brasileira registrou déficit de US$ 561 milhões e corrente de comércio de US$ 5,693 bilhões na quarta semana de janeiro de 2020, resultado de exportações no valor de US$ 2,566 bilhões e importações de US$ 3,127 bilhões. No mês, as exportações somam US$ 11,397 bilhões e as importações, US$ 11,041 bilhões, com saldo positivo de US$ 356 milhões e corrente de comércio de US$ 22,437 bilhões.


As exportações brasileiras de soja somam 896 mil toneladas em janeiro, até a quarta semana, contra 3,44 milhões de todo o mês de dezembro de 2019 e 2,04 milhões de todo o mês de janeiro de 2019. As exportações de milho somam 1,95 milhão de toneladas em janeiro, contra 4,37 milhões de dezembro e 3,87 milhões de janeiro de 2019.


O dólar segue em alta frente a outras moedas com coronavírus. Começou hoje a reunião de dois dias do FOMC (Comitê Federal de Mercado Aberto) do Federal Reserve para a decisão dos juros nos EUA, com expectativa de manutenção dos juros no patamar atual, entre 1,50%-1,75% ao ano. A decisão será divulgada amanhã às 16 horas, horário de Brasília, seguido da coletiva de imprensa com o presidente da instituição, Jerome Powell.


Os pedidos de bens duráveis nos EUA subiram 2,4% em dezembro ante novembro, após recuo de 3,1% em novembro (revisado de recuo de 2%), segundo o Departamento de Comércio. A alta veio bem maior do que a esperada, que era de 0,5%. Excluindo o transporte, os novos pedidos diminuíram 0,1%. Excluindo defesa, as novas encomendas caíram 2,5%.


No Brasil o dólar opera próximo à estabilidade. Ontem a moeda subiu 0,6%, a R$4,2092, maior valor de fechamento desde 2 de dezembro. A confiança da construção subiu de 89,9 em dezembro a 91,9 pontos em janeiro, para o maior nível desde maio de 2014, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV). Segundo a FGV, “O primeiro mês do ano sinaliza o que deve ser a dinâmica dominante ao longo de 2020: o aumento do protagonismo do segmento de edificações, resultante da melhora do mercado imobiliário residencial no ano passado”


As bolsas globais operam majoritariamente em alta após baixas recentes. As bolsas asiáticas fecharam mais um dia em baixa. No Brasil o Ibovespa sobe após tombo de 3,29% no pregão de ontem.


Os futuros do petróleo operam com leve alta realizando as baixas recentes.


No Brasil, tempo chuvoso em boa parte do país amanhã.

Previsão de Precipitação Brasil, 7 dias, em milímetros.



Na Argentina, tempo chuvoso em boa parte do país amanhã.

Previsão de Precipitação Argentina, 24 horas, em milímetros.


Prêmios *referente ao dia anterior

Paranaguá

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Fev

58

65

Mar

50

60

Abr

42

49

Mai

46

55

FARELO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Fev

-2

1

Mar

-4

-1

Abr

-12

-10

Mai

-20

-16

ÓLEO DE SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Spot

300

370

Golfo do México – EUA

SOJA

COMPRADOR

VENDEDOR

Fev

63

68

Mar

61

67

Abr

55

63

MILHO

COMPRADOR

VENDEDOR

Fev

67

73

Mar

68

75

Abr

63

69

Bambu como substituto do aço, entenda

Por Ademilson Ramos, Engenharia É

Antes de começarmos a usar o aço para reforçar estruturas, o bambu continuava sendo o principal componente na construção de edifícios. Ainda hoje, você verá o uso de bambu na construção de casas e outras estruturas em áreas subdesenvolvidas.

No entanto, a maioria das pessoas tem uma opinião distorcida sobre o bambu. As pessoas tendem a associar o bambu a estruturas fracas. No entanto, esse não é o caso.

Como o bambu supera o aço?

Sim, o bambu é mais resistente que o aço no que diz respeito à resistência à tração. O aço tem uma resistência à tração de 23.000 libras por polegada quadrada.

https://www.youtube.com/watch?v=XSuZ6ukuz5s&feature=emb_logo

Mas o bambu supera o aço, com uma notável vantagem de 28.000 libras.

Isso ocorre porque, quando consideramos a força de um material, há variáveis a serem lembradas. A resistência à tração pode ser definida como a resistência oferecida por uma objeção à quebra ou divisão sob tensão.

E sim, neste caso, o bambu é mais resistente que o aço, pois possui uma estrutura molecular bem compactada se comparada ao aço.

O melhor do bambu é que podemos utilizar todas as partes da planta para uma variedade de finalidades, desde a construção até desodorantes e medicamentos.

Existem mais de 490 espécies de bambu disponíveis. Certas espécies de bambu também possuem um recorde da planta que mais cresce.

Chegam a dezenas de metros de altura, dependendo da espécie.

Um fato desconhecido sobre as plantas de bambu é que elas liberam 30% mais oxigênio para a atmosfera em comparação com outras plantas, o que por si só é uma razão suficientemente boa para cultivá-las quando o mundo está enfrentando um aumento da poluição do ar e da destruição do ozônio. A planta também ajuda a evitar a erosão do solo.

As plantas de bambu são usadas em uma variedade de aplicações:

É utilizado na construção de edifícios, móveis, quadros de bicicletas, etc;

As fibras de bambu são respiráveis e são usadas para vestuário devido às suas propriedades antibacterianas e de temperatura;

O carvão de bambu é um excelente desodorizante devido à sua capacidade de absorção;

Partes de bambu são usadas em alimentos e medicamentos;

O bambu também melhora o sabor do álcool;

Essas plantas podem crescer em qualquer lugar e não precisam do uso de fertilizantes para o seu crescimento. As folhas caídas da planta fornecem os nutrientes essenciais necessários.

Bambu como alternativa ao aço

O bambu é usado no campo da construção há muito tempo, mesmo antes de sua resistência à tração ser conhecida. As pessoas costumavam construir casas, móveis, cercas e demais coisas com bambu.

Nossos pesquisadores e engenheiros modernos estão ansiosos para substituir o aço pelo bambu devido às suas propriedades de tração.

O uso de aço no concreto é caro, e a produção de aço tem muitas desvantagens, como altos custos, poluição e degradação ambiental. O bambu, por outro lado, pode ser produzido a custos muito baixos e possui vários benefícios ambientais.

No entanto, não podemos usar o bambu para substituir o aço diretamente, pois a resistência à tração por si só não é suficiente, embora o bambu seja mais resistente e mais rígido do que outros materiais de construção.

A planta, no entanto, é propensa a ataques de insetos e pode se degradar na presença de água. A durabilidade e o encolhimento a longo prazo também são fatores a serem considerados.

Uma extensa pesquisa já está em andamento para eliminar todas essas deficiências e aumentar as propriedades existentes do bambu. Esses estudos enfocam as propriedades mecânicas e físicas da planta e encontram as espécies que são mais úteis.

O Instituto Federal Suíço de Tecnologia de Zurique está desenvolvendo um composto de bambu chamado BambooTECH, que eles acreditam que pode substituir o aço por sua resistência, alta versatilidade e durabilidade.

Os cientistas e arquitetos do MIT descobriram que a madeira de bambu é mais densa e mais resistente que as madeiras macias, como o pinheiro. Eles estão tentando explorar as propriedades do bambu para transformá-lo em um material de construção melhor, que pode ser usado para construir edifícios mais resilientes.

Engenharia usando bambu: o que o futuro nos reserva!

O uso de bambu, também conhecido como ‘madeira do pobre homem’, no campo da engenharia também é numeroso. As organizações ambientais estão promovendo o bambu devido à sua variedade de excelentes propriedades e capacidade de emissão de oxigênio.

Sua alta resistência à tração, capacidade de suportar a compressão e a propriedade de flexão o tornam um material muito promissor no campo da construção. Os projetistas veem o bambu como uma alternativa à madeira serrada.

Os painéis de madeira de bambu oferecem uma aparência e acabamento estéticos naturais. Pisos, armários e utensílios domésticos feitos de bambu são mais duráveis ​​e menos dispendiosos.

Quando os pesquisadores teceram bambu com epóxi, eles acabaram com um composto mais forte que a fibra de carbono. Isso nos dá esperança de que um dia o bambu possa ser usado para criar uma alternativa à fibra de carbono.

A maior de todas as vantagens é que é 100 vezes mais barata em comparação com a fibra de carbono.

O baixo custo, a ampla disponibilidade e a resistência do bambu tornaram possível o uso dessa planta na construção de abrigos e em grandes projetos de auxílio a desastres.

Alguns dos exemplos são:

Casas resistentes a inundações no Vietnã;

Habitação para vítimas do terremoto no Nepal;

Alojamento temporário na Tailândia para refugiados birmaneses;

Além do seu potencial para substituir o aço, os pesquisadores acreditam que o bambu também pode ser usado para substituir os tubos de plástico usados na construção.

https://www.youtube.com/watch?v=A3OBbGojx_k&feature=emb_logo

Conclusão

O uso de bambu na construção, automóvel e outros campos potenciais pode eliminar a necessidade de materiais como aço, plástico, fibra de carbono, etc.

O baixo custo do bambu reduz o custo total de construção e o torna acessível a todos.

Outro mérito significativo do cultivo de bambu é que nenhuma parte da planta é desperdiçada. Levando esses fatos em consideração, é uma boa idéia promover o crescimento e o uso do bambu para garantir menores custos de vida e um ambiente melhor para as gerações futuras.

TRADINCOM CONSULTORIA EM NEGÓCIOS AGROPECUÁRIOS LTDA.®

+55 (41) 3434-5757

Al Dr Carlos de Carvalho, Wall Street Center, 771, Curitiba PR – Brasil, CEP 80.430-180.

www.tradincom.com

Esse é apenas um resumo de várias informações que recebemos, oferecemos oportunidades estratégicas particulares a cada necessidade de empresas ou operadores de mercado. Fiquem à vontade para requisitar opiniões estratégicas em posições ou mesmo sobre o processo de abertura de contas em Chicago.

Negociar futuros e opções envolve riscos substanciais e não é adequado para todos os investidores. O desempenho passado não é indicativo de resultados futuros. A Tradincom não distribui relatórios de pesquisa, empregam analistas, ou mantêm um departamento de pesquisa, tal como definido no Regulamento da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) 1.71, e portanto, este material não deve ser interpretado como uma solicitação para entrar em uma transação de derivativos.

Esse material é somente como base de informações e deve ser considerado como um comentário de mercado, meramente uma observação do cenário econômico, politico e de notícias atuais e históricas. Não há nenhuma intenção de solicitação de compra ou venda de ativos de commodities, mas somente uma visão geral de possíveis estratégias de mercado. Não sendo responsável por qualquer resultado de decisões de trading, mas sendo apenas mais uma fonte de informações para aqueles que acreditam na fonte de informações.

Compartilhe nas redes sociais

Seja o primeiro à comentar.

Enviar comentário