Bom dia, a Bolsa de Chicago opera com leve baixa nos principais ativos. Nesta quinta-feira o USDA e a Conab atualizam as projeções de safra, trazendo mais volatilidade ao mercado. Os traders aguardam principalmente os números da safra de soja da Argentina e da área de plantio nos EUA.

Fundos compradores ontem estimados em: 6.000 contratos de soja e 4.000 contratos de óleo de soja. Fundos vendedores estimados em: 5.000 contatos de milho e 4.000 contratos de trigo.

O USDA divulgou ontem o relatório de embarques semanais de grãos dos EUA. Os embarques de soja foram de 1,635 milhão de toneladas, contra 1,636 milhão da semana anterior e 1,277 milhão do mesmo período do ano passado. Na temporada, os embarques de soja somam 40,43 milhões de toneladas, contra 34,26 milhões do mesmo período da temporada anterior. Os embarques de milho foram de 1,11 milhão de toneladas, contra 1,06 milhão da semana anterior e 458 mil do mesmo período do ano passado. Na temporada, os embarques de milho somam 22 milhões de toneladas, contra 12,42 milhões do mesmo período da temporada passada.

O dólar opera em alta frente a outras moedas. Hoje teremos a divulgação o relatório de ofertas de empregos JOLTs, divulgado pelo Departamento de Trabalho dos EUA.

No Brasil, a moeda abriu com leve alta e agora vale R$3,1284, +0,13% (10h40). O Banco Central segue sem intervir no mercado de câmbio. Na tarde de hoje Eduardo Cunha será interrogado por Sérgio Moro no processo da operação Lava Jato. Cunha é acusado de receber propina no valor de R$ 5 milhões e de usar contas na Suíça para lavar o dinheiro. Michel Temer recebe hoje o presidente da Argentina Maurício Macri no Palácio do Planalto para discutir sobre as barreiras econômicas entre os dois países. Ontem a moeda subiu 0,08%, a R$3,126.

O Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) avançou 0,43% em janeiro, após subir 0,83% em dezembro, segundo a FGV. O resultado veio abaixo do esperado pelos analistas. Com o resultado, o IGP-DI acumula alta de 6,02% em 12 meses.

As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em baixa hoje. As bolsas europeias e índices futuros dos EUA e Brasil operam em alta. Ontem o Ibovespa recuou 1,48%, aos 63.992 pontos.

Os futuros do petróleo operam em baixa, acompanhando outras commodities como o minério de ferro, que recuou pouco mais de 3%. O Instituto Americano de Petróleo divulga o relatório semanal de estoques no final da tarde de hoje.


CLIMA

 

No Brasil, chuvas no Centro-norte hoje e chuvas isoladas no Paraná.

Previsão de Precipitação Brasil, 24 horas, em milímetros.

Na Argentina, tempo seco no dia de hoje.

Previsão de Precipitação Argentina, 24 horas, em milímetros.

A chuva voltou às regiões produtoras de soja e milho da Argentina. Ontem foram registradas chuvas de até 70mm na província de Buenos Aires.

Precipitação Observada Argentina, 24 horas, em milímetros.


PRÊMIOS

 

Paranaguá

Golfo do México – EUA


MATÉRIA DO DIA

 

Este papel pode ser impresso com luz e reutilizado 80 vezes

Por Any Karolyne Galdino, Engenharia É

Crédito: Wang et al. ©2017 American Chemical Society

Para conter os impactos ambientais da produção de papel, os pesquisadores desenvolveram um papel imprimível que pode ser impresso com luz UV, apagado por aquecimento a 120° C e reescrito mais de 80 vezes. O segredo para a impressão com luz reside na química de mudança de cor das nanopartículas, um revestimento fino que pode ser facilmente aplicado ao papel convencional para transformá-lo na versão imprimível a luz.

Wenshou Wang da Universidade de Shandong na China; A Universidade da Califórnia; E Lawrence do laboratório nacional de Berkeley, publicaram um artigo sobre o papel regravável de impressão leve em uma edição recente da Nano Letters.

“O maior significado de nosso trabalho é o desenvolvimento de uma nova classe de sistema de comutação de cores foto reversível de estado sólido para produzir um papel regravável com impressão de luz livre de tinta que tem a mesma sensação e aparência do papel convencional, mas pode ser impresso e apagado repetidamente sem a necessidade de tinta adicional ”.

Yadong Yin, professor de Química da Universidade da Califórnia, disse ao Phys.org. “Acredita-se que nosso trabalho tenha enormes méritos econômicos e ambientais para a sociedade moderna”.

Atualmente, a produção e a eliminação de papel têm um grande impacto negativo no ambiente: a produção de papel é uma das principais fontes de poluição industrial, o papel descartado é um componente importante (cerca de 40%) dos aterros e mesmo o reciclagem de papel contribui para a poluição devido ao processo de remoção de tinta. Há também a questão do desmatamento: nos EUA, cerca de um terço de todas as árvores colhidas são usadas para a produção de papel e papelão.

Trabalhando para resolver esses problemas, os pesquisadores têm pesquisado alternativas ao papel descartável. Uma possibilidade é aproveitar a capacidade de mudança de cor de certos produtos químicos quando expostos à luz, embora no passado esta abordagem tenha enfrentado desafios em termos de estabilidade, reversibilidade limitada, alto custo, toxicidade e dificuldade em de aplicação.

O papel de impressão leve desenvolvido no novo estudo melhora em todas essas áreas, aproximando a tecnologia das aplicações, o que pode incluir qualquer meio em que as informações sejam impressas e necessárias por um curto período de tempo.

“Acreditamos que o papel regravável tem muitas aplicações práticas envolvendo a gravação e leitura de informações temporárias, como jornais, revistas, cartazes, blocos de notas, cavaletes de escrita, indicadores de vida do produto, sensores de oxigênio e etiquetas regraváveis para várias aplicações”.


Esse é apenas um resumo de várias informações que recebemos, oferecemos oportunidades estratégicas particulares a cada necessidade de empresas ou operadores de mercado. Fiquem à vontade para requisitar opiniões estratégicas em posições ou mesmo sobre o processo de abertura de contas em Chicago.
Negociar futuros e opções envolve riscos substanciais e não é adequado para todos os investidores. O desempenho passado não é indicativo de resultados futuros. A Tradincom não distribui relatórios de pesquisa, empregam analistas, ou mantêm um departamento de pesquisa, tal como definido no Regulamento da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) 1.71, e portanto, este material não deve ser interpretado como uma solicitação para entrar em uma transação de derivativos.
Esse material é somente como base de informações e deve ser considerado como um comentário de mercado, meramente uma observação do cenário econômico, politico e de notícias atuais e históricas. Não há nenhuma intenção de solicitação de compra ou venda de ativos de commodities, mas somente uma visão geral de possíveis estratégias de mercado. Não sendo responsável por qualquer resultado de decisões de trading, mas sendo apenas mais uma fonte de informações para aqueles que acreditam na fonte de informações.

Compartilhe nas redes sociais

Seja o primeiro à comentar.

Enviar comentário